A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Chimera Brewpub
Fotografia: Manuel MansoQuimera Brewpub

Noite em Alcântara: da cerveja artesanal ao micro clube

Se nos anos 90, com o Alcântara-Mar, era a meca da movida alfacinha, a noite de Alcântara foi perdendo pontos para outros sítios da cidade. Mas ainda há roteiros que valem a pena

Escrito por
Clara Silva
Publicidade

Hoje em dia, tem alguns segredos bem guardados, do túnel do século XVIII com cervejas artesanais ao caldo de peixe de madrugada, passando pelo clube mais pequeno de Lisboa. Traçamos-lhe um roteiro para uma noite perfeita por estas bandas.

Noite em Alcântara

  • Bares
  • Pubs
  • Estrela/Lapa/Santos

Em Alcântara os melhores bares estão escondidos e o Quimera é prova disso, num túnel que no século XVIII servia de passagem da Cavalaria Real para o Palácio das Necessidades. O bar/restaurante com cervejas artesanais e sandes inspiradas nos delis de Nova Iorque tem half pints e pints de cerveja artesanal escolhidas a dedo e uma vasta selecção de cervejas locais. No Facebook costumam anunciar concertos.

Quimera Brewpub - Rua Prior do Crato, 6. Qua-Sáb 17.00-01.00, Dom 17.00-00.00.

  • Noite
  • Clubes
  • Alcântara

“Provavelmente somos o mais pequeno clube de Lisboa, mas não vamos ficar aqui a gabar-nos disso.” É assim que o Microclub se apresenta e ainda vai mais longe. Dizem que o amor à música (electrónica, claro) é talvez maior que noutros espaços da cidade, “por estar assim mais concentrado”.

Microclub - Rua de Cascais, 15. Ter-Qui 17.00-02.00, Sex-Sáb 17.00-03.00.

Publicidade
  • Noite
  • Alcântara

Há pouco menos de dois anos, esta espécie de bosque encantado abriu na Lx Factory com duas pistas de dança e festas que pelos vistos encantaram alguns. É o caso da I Love Baile Funk, que até teve direito a noite de passagem de ano, com música brasileira da mais brega à mais cool, e a sua própria legião de fãs. Depois de uma pausa para férias, o Bosq (que só funciona à sexta e ao sábado) regressa este mês, mas a programação ainda está por anunciar.

 

  • Restaurantes
  • Alcântara

Caldo de peixe e sopa de feijão à moda angolana são as sugestões da Casa da Morna & Semba para depois de uma noitada de fim-de- semana, entre as 5 e as 10
 da manhã. O restaurante fundado em 2004 pelo cantor cabo-verdiano Tito Paris (entretanto a gerência mudou) é um bom sítio para dançar música africana (há concertos aos fins-de-semana) enquanto digere um prato de cachupa.

Publicidade
  • Noite
  • Clubes
  • Estrela/Lapa/Santos

Já se sabe que as melhores decisões de vida surgem muitas vezes depois de uma noite de copos e a
 de comprar uma discoteca nesta zona pode ser uma delas. O Bolero, antigo Kings & Queens, pelos vistos está à venda e recomenda-se. Segundo o anúncio publicado no site Casa Sapo em Julho, a discoteca de 900 metros quadrados, com esplanada, restaurante e “afluência bastante preenchida”, dizem eles, custa 1190000 euros.

 

Ao virar da esquina

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade