Alcântara: nove coisas que tem de fazer à beira-rio

Dizemos-lhe o que pode fazer nesta zona de Alcântara, sozinho ou em família e sempre com o Tejo à vista.
pilar 7
Fotografia: Arlindo Camacho
Por Cláudia Lima Carvalho |
Publicidade

O rio não é só para se ver, é para aproveitar também. Especialmente em Alcântara, onde o castiço convive com o trendy, o local abraça o forasteiro e a tradição tem uma vizinhança cool. Não é por acaso que as novidades por aqui se têm multiplicado nos útimos meses. Restaurantes, bares e esplanadas, museus e diversão para os miúdos. Durante a semana ou no fim-de-semana, há muito para fazer em Alcântara à beira-rio. Siga as nossas dicas e descubra as novidades da zona e outras coisas que talvez ainda não conheça.

Recomendado: Os melhores restaurantes em Alcântara

 

Aqui à beira, à beira-rio

pilar 7
Fotografia: Arlindo Camacho
Atracções

Suba à Ponte 25 de Abril

icon-location-pin Alcântara

A Ponte 25 de Abril já não serve apenas para ligar as duas margens. Desde 27 de Setembro que liga turistas e lisboetas à história da ponte, inaugurada em 1966, graças a um novo centro interpretativo com miradouro incluído. O pilar é o 7 (num grandioso total de 14), localizado na Avenida da Índia, mais ou menos colado aos contentores do Village Underground. É aí que encontra a porta de entrada para a nova atracção turística que leva os visitantes ao interior deste pilar para uma experiência sensorial sobre a história e a engenharia do monumento: sabia que em 1919 a empresa H. Burnay & Cia propôs um estudo sobre a construção de um túnel que ligasse as duas margens? E pela primeira vez, é possível ver bem de perto a maqueta original da ponte ou as principais amarrações dos cabos de sustentação, iluminadas em jeito de instalação artística. Mas o que mais tem dado que falar é o miradouro, mesmo ao lado do tabuleiro rodoviário da ponte, a 80 metros de altura e feito parcialmente em vidro. Oferece- -lhe a mesma perspectiva sobre Lisboa que tem ao atravessar a ponte, mas agora para ver sem aceleração. Antes de sair, passe pela experiência de realidade virtual que acompanha os técnicos de manutenção até ao ponto mais alto da Ponte 25 de Abril.

fun track
©DR
Coisas para fazer

Dê rédea larga aos miúdos enquanto come uma tosta

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

Bicicletas, skates, patins, trotinetes (normais ou eléctricas), karts (para miúdos ou graúdos e até familiares) e agora também um megatrampolim – é a novidade do mês. Quando não souber o que fazer com os miúdos lembre-se sempre do Fun Track na Doca de Alcântara Norte: não faltam opções (desde 3€ euros/ hora) e espaço para andar e correr. Quanto a si, deixe-se ficar pelo Box Café (pertence tudo ao mesmo). Tem umas tostas óptimas (cerca de 5€), uma imperial sempre fresca (1,5€) e sumos naturais (3€) que vão variando conforme a fruta da época.

Publicidade
cerveja
© dreamstime

Beba uma imperial na Roulote Alcântara

Também conhecida na zona por “roulote dos estivadores”, por serem estes os principais clientes. É um dos segredos da zona: no parque de estacionamento da Liscont (sim, falamos da empresa que gere o terminal de Contentores de Alcântara), esconde-se uma roulote onde pode beber um café por 0,60€ ou uma imperial por 1€. Também há bifanas e sopa, por exemplo. Não vale a pena procurar a roulote da rua porque não a vai ver, é entrar no parque sem medo. Com sorte, ainda apanha uma das três mesas.

Terminal de Contentores de Alcântara. Seg-Sex 07.00-18.00.

CAPA TOL 569 MARGINAL

Compre a Time Out

Enquanto os miúdos se divertem, sem olhar para trás, passe pela loja do Jornal Público e compre a Time Out. Há forma mais útil de passar o tempo? Poderá também comprar outras revistas, jornais e até aquele presente que ainda não comprou: há livros, filmes, música, etc.

Edifício Diogo Cão. Doca de Alcântara Norte. Seg-Sex 09.00-19.00, Sáb 11.00-17.00

Publicidade
Gelado de caramelo salgado da Artisani
Fotografia: Ana Luzia

Vá às docas comer um gelado na Artisani e beber um pint no Irish & Co.

As docas ainda são o que eram, talvez agora com um bocadinho menos de gente. Ainda assim continuam a ser um bom destino para um passeio de fim-de- -semana. Vale a pena parar na Artisani (Seg-Dom 13.00-19.00) para um gelado: prove o de salame de chocolate ou o de pastel de nata. O Irish & Co. (Dom-Quin 09.30-02.00. Sex-Sáb 09.30-03.00) também é uma aposta segura para uma pint (4€).

Museu do Oriente
©Museu do Oriente
Museus

Viaje ao Oriente

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

No fundo, fomentar as ligações entre Ocidente e Oriente, entre a Ásia e Portugal, é a missão do Museu do Oriente. Entre outras coisas, por agora, pode ver a exposição Ópera Chinesa, que nos aproxima dessa tradição. Há também um workshop de mandarim a decorrer até meio de Março. E aos sábados e domingos aconselha-se vivamente o belíssimo brunch que por ali se serve, a 20€ por cabeça.

Uma dica: não se esqueça de fazer reserva antecipadamente.

A Time Out diz
Publicidade
Zazah good view
©Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Conheça o LACS

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

Não é um centro de escritórios. Nem é só um espaço de cowork. O Lisbon Art Center & Studios (LACS) ultrapassa essa fronteira, é um novo pólo criativo com programação cultural e um rooftop com uma vista de 360 graus sobre Lisboa e o Tejo. No piso térreo tem uma Santini, mas suba ao terraço e conheça o Okah e o Zazah Good View onde poderá comer e beber até tarde.

Último Porto
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Português

Coma um belo peixinho

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

O Último Porto, com a sua esplanada, está na lista dos nossos restaurantes preferidos para comer peixe e não é por acaso. Pampos, chocos, douradas peixes-espada, o desfile que acontece na grelha é belíssimo. E quem a gere, sabe a sério da poda.

A Time Out diz
Publicidade
multibanco
© dreamstime

Esqueceu-se de levantar dinheiro? Tudo controlado

Tem nada mais, nada menos, que quatro caixas de multibanco aqui na zona, três delas meio escondidas. Na Doca de Alcântara Norte tem uma no edifício do Porto de Lisboa, quase em frente ao Fun Track, e não se preocupe porque é logo na entrada, pode ir à confiança. No Museu do Oriente, logo atrás, tem mais uma. O terceiro multibanco fica no edifício da Alfândega, ao lado do museu. Por fim, há um ATM na Doca de Santo Amaro.

Aproveitar o Tejo

Tejo Dreams
©DR
Coisas para fazer

Os melhores passeios de barco no rio Tejo

Podem meter copos e sushi, podem incluir DJs ou ser mais silenciosos, para observar passarinhos. Podem ser do género turístico, radical, romântico ou familiar. Podem ser quase tudo o que imaginar. Atire-se connosco ao rio e fique a conhecer os melhores passeios de barco no Tejo. 

Ponto Final
©Filipe Fortes
Coisas para fazer

Os melhores sítios para ver o pôr-do-sol

Ponto prévio: somos adeptos de pôr-do-sol na praia e o que não faltam são opções aqui ao lado, como Sintra, Cascais ou Costa da Caparica. Não podendo fugir para o mar, propomos seis sítios onde o pôr-do-sol não vai desiludir. Aliás, são sítios onde poderá fazer "aquela" foto do pôr-do-sol que é um sucesso garantido nas redes. Seja num terraço com vista para Lisboa, seja à beira rio ou rio adentro, o que importa é não perder o fenómeno. Ora imagine o seguinte: a luz de Lisboa, o Tejo e um cocktail na mão. Junte a isto um grupo de amigos e tem tudo o que precisa para aproveitar o fim do dia. Uma dica: por estes dias o sol põe-se por volta das 20.45. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com