Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Sítios para beber um copo na Margem Sul
Leblon
©Manuel Manso

Sítios para beber um copo na Margem Sul

Vire as costas a Lisboa para uma noite. Estes são os sítios para beber um copo na Margem Sul.

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Muitos lisboetas acham que fazer a travessia do Tejo é quase uma odisseia à lá Homero. Mas se desatarmos a fazer contas percebemos que em dez minutos de barco estamos em Cacilhas (ou no Cais do Sodré, claro). Ora, isto é seguramente mais rápido do que ir de Benfica à Baixa Pombalina. E isto seguramente também é só um exemplo. Sim, se optar pelo carro pode apanhar trânsito, mas a não ser que um camião TIR tenha uma avaria (ou que esteja a chover a potes) não vai haver grande drama. Dito isto, a escolha é sua. O que aqui lhe sugerimos é que se perca por um destes bares além-rio. Descubra estes seis sítios para beber um copo na Margem Sul.

Recomendado: As melhores coisas para fazer à beira-rio

Uma foto da Time Out Magazine

A Time In Portugal já está disponível

Pode ler a última edição no conforto do seu sofá

Ler a revista

Sítios para beber um copo na Margem Sul

Ginjal Terrasse
Ginjal Terrasse
©DR

Ginjal Terrasse

Noite Cafés/bares Grande Lisboa

Apanhe o barco para Cacilhas e em menos de 15 minutos está no Cais do Ginjal, a dançar com a melhor vista, de frente para Lisboa. O Ginjal Terrasse abriu em Fevereiro de 2015 no edifício onde ficava o restaurante Floresta do Ginjal, uma referência em Cacilhas, e a entrada é feita por uma escadaria repleta de conchas. Lá em cima conte com concertos, DJ sets e um dos melhores sítios da Margem Sul para beber copos.

A Cerca
A Cerca
©José Frade

A Cerca

Noite Cafés/bares Grande Lisboa

Em Almada Velha, perto da Casa da Cerca, A Cerca é um bar acolhedor que se auto-intitula como o "bar mais típico de Almada Velha", mas as actividades que promove são pouco tradicionais: graffiti, concertos, workshops, DJs a animar as sextas e sábados e lançamentos de livros.

Publicidade
Meia Volta de Úrano
Meia Volta de Úrano
©DR

Meia Volta de Úrano

Arte Centros de artes Grande Lisboa

Abriu em Julho de 2016 e vem acrescentar livros à Rua Cândido dos Reis, que bem precisa de leitura. O nome é bonito para entoar antes das 02.00, hora pela qual fecha a Meia Volta de Úrano. É um bar, livraria, galeria de arte, tem um palco para mini-concertos e jam sessions, tem jogos de tabuleiros. É um fartote. Imaginemos se fosse uma volta completa.

Desassossego Vintage Caffé
Desassossego Vintage Caffé
©FacebookDVC

Desassossego Vintage Caffé

Bares Cafés/bares Grande Lisboa

Neste canto em Corroios o tema é bastante perceptível: vintage. O espaço é preenchido por mobiliário que nos transporta a outras décadas mas a carta não precisa necessariamente de o fazer. Conte com gin, cerveja e música ao vivo para entrar no mood.

Publicidade
Boca do Vento – Cocktail Bar & Tapas
Boca do Vento – Cocktail Bar & Tapas
©FacebookBocadoVento

Boca do Vento – Cocktail Bar & Tapas

Bares Cafés/bares Grande Lisboa

Se quiser rumar às alturas e aproveitar o elevador da Boca do Vento, lembre-se que logo ao lado está o bar de cocktails e tapas que partilha o nome. De fazer inveja a muito miradouro da capital no que toca a vista, aqui já sabe como é: copo na mão, Tejo de frente, sol na cara. Cerveja, gin – nacionais incluídos – vodka, rum, enfim, tudo certo.

Leblon
Leblon
©Manuel Manso

Leblon

Restaurantes Grande Lisboa

Pede emprestado o nome ao bairro do Rio de Janeiro e traz o ambiente carioca para a esplanada, com chapéus de palha e palmeiras a emoldurar a praia. As tostas, saladas e petiscos, do pica-pau às gambas na frigideira, também lá estão, e melhor, só fecha em Janeiro. Nas bebidas, o menu do Leblon é de uma riqueza enorme, há vinho a copo, limonadas, espumantes, ginja, aguardentes velhas e uma série de outras bebidas que podem ser pedidas a copo, em jarros de um litro ou de dois. Cuidado. 

Siga outros roteiros

tavira
Fotografia: Paolo Querci

Roteiro perfeito em Tavira: relaxar, comer, visitar, repetir

Coisas para fazer

Tavira estende-se ao longo do rio Gilão, que chega ao mar através das entradas das lagoas do Parque Natural da Ria Formosa, onde se incluem todas as praias do concelho. Encantadora, esta cidade-postal distingue-se de outros destinos no Algarve pelas ruas estreitas, casas tradicionais caiadas de branco e um céu onde raramente aparecem nuvens. 

Cacilhas
©Duarte Drago

Um roteiro por Cacilhas

Coisas para fazer

Já houve planos para lhe trazer uma Manhattan, mas o projecto  havia de cair por terra. Anos mais tarde, encaixou numa “Lisbon South Bay”, sem nunca se render, e foi seguindo à sua própria pulsação. A ex-freguesia a sul do Tejo está de pé e vibra muito para além dos cacilheiros e gaivotas. Tudo a dez minutos do centro, e sempre com a vantagem de o passe metropolitano já lá chegar. Este é o roteiro obrigatório por Cacilhas.

Publicidade
Mural de André Saraiva
©Ana Luzia

Roteiro de arte grátis em Lisboa

Coisas para fazer

Lisboa é fértil nas mais variadas manifestações artísticas, fora e dentro de portas. São murais, fachadas, esculturas em jardins, intervenções em lojas, paredes de hotéis ou monumentos históricos. Da próxima vez que passear por um jardim, que entrar numa loja de roupa ou que se sentar à mesa para jantar, olhe bem à sua volta. As manifestações de arte estão um pouco por todo o lado em Lisboa e estas têm entrada livre.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade