Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Mastros e Pescadores: mais duas ruas onde as esplanadas substituíram os carros
Esplanada na Travessa dos Pescadores
©Ton Campi Esplanada na Travessa dos Pescadores

Mastros e Pescadores: mais duas ruas onde as esplanadas substituíram os carros

A Travessa dos Mastros e a Travessa dos Pescadores são oficialmente (e temporariamente) pedonais desde esta segunda-feira.

Publicidade

São mais duas (pequenas) artérias de Lisboa que se juntam ao Rua é Sua, o programa municipal que tem por missão devolver o espaço público ao peão, com a pedonalização parcial ou total de ruas da cidade, aumento de passeios e de espaço para esplanadas. Um programa que já existia na cidade, mas que no pós-quarentena ganhou uma nova urgência.

Depois de a Rua dos Bacalhoeiros, a Rua Nova da Trindade ou a Rua Cláudio Nunes (em Benfica) terem mudado de cor, para azul ou verde, são duas estreitas travessas no Poço dos Negros que se tornaram pedonais. Uma conversão que já está em vigor desde esta segunda-feira e que já deu frutos, ou seja, lugares sentados na Travessa dos Pescadores. Tal como as outras ruas incluídas no A Rua é Sua, a pedonalização é temporária e será reavaliada após 31 de Dezembro deste ano.

Quem nos conta a história é Ana Borba, dona do Pastanaga, um restaurante de comida do mundo com nome catalão (significa cenoura), que mora na Travessa dos Pescadores há cerca de dois anos. E em 2018 e 2019, foi um dos premiados no concurso Lisboa à Prova. Ana tem acompanhado o processo e diz estar agradecida à Câmara Municipal de Lisboa pela inclusão destas artérias no actual projecto de pedonalização municipal, aqui implementado com a ajuda da Junta de Freguesia da Misericórdia. Até porque a travessa, explica, já estava cortada ao trânsito por motivos de obras. Primeiro num hotel e depois numa habitação, mais ao fundo da rua, transformando a rua numa espécie de parque de estacionamento. “O difícil foi fazer com que os carros saíssem”, lamenta Ana Borba.

Mas saíram. Agora a Travessa dos Pescadores tem uma nova vida e, num futuro próximo, eventos para acompanhar comidas e bebidas. A lista de esplanadas autorizadas a expandir o negócio para o meio da rua inclui espaços de restauração como o Planeta dos Temperos, o Paráguas – Tapas e Petiscos, a Adega dos Arcos (aqui há mais de 60 anos) ou o Acaso. Já a Travessa dos Mastros vai ter quatro esplanadas, entre elas a da petiscaria Olhó Bacalhau.

Do Poço dos Negros para a Travessa

Não são apenas os negócios que têm morada na Travessa dos Pescadores que vão ter direito a duas ou três mesas nesta artéria. Há alguns espaços da zona mais próxima da Rua do Poço dos Negros que vão ter de fazer algumas (embora pequenas) piscinas. É o caso do restaurante Santelmo, que já instalou uma esplanada à experiência esta segunda-feira. “Tínhamos sempre a casa cheia e agora estamos a 50%. Foi uma óptima ideia”, defende Pedro Pedrosa Santos, o dono deste restaurante de comida tradicional portuguesa. Da Poço dos Negros para a Travessa dos Pescadores seguem também a esplanada do Peregrina Lx – Wine and Food.

Embora as esplanadas dos comerciantes locais já estejam a ocupar a via, ainda não se sabe que cor virá a ser instalada no piso das duas vias da zona do Poço dos Negros. “O pedido é para pintar de verde”, explica a proprietária do Pastanaga, que lembra a Rua Verde, ali mesmo ao lado. Refere-se à Rua da Silva, que há uns anos tem vindo a ficar cada vez mais verde e respirável, com plantas instaladas na rua, janelas e varandas. Um jardim na cidade e uma iniciativa de vizinhos, moradores e comerciantes que já estão a pôr flores noutras ruas do bairro, Travessa dos Pescadores incluída. “Transformar aquilo tudo numa zona verde” é o desejo de Ana Borba, que já tem planos para dinamizar a esplanada do Pastanaga. Não só vai começar a servir pequenos-almoços, como já tem uma série de ideias de eventos para os próximos tempos.

+ POSTER vai continuar a encher as ruas de Marvila de arte até Setembro

+ Cascais quer dinamizar comércio com isenção de taxas para street food

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade