Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Penha de França ensina fumadores a apagar cigarros no sítio certo
Notícias / Vida urbana

Penha de França ensina fumadores a apagar cigarros no sítio certo

papeleiras arte urbana
©Casa da Semente/ Bruna Buniotto

Na sexta-feira, 8 de Novembro, chegam à freguesia da Penha de França 15 papeleiras criativas. O objectivo é obrigar os fumadores a apagar os cigarros onde deve ser.

Depois dos cinzeiros ecológicos distribuídos pela freguesia de Santo António, é a vez de a Penha de França se juntar à luta contra as pontas de cigarro atiradas para o chão. A iniciativa “Beata é Plástico” partiu do Gabinete do Parlamento Europeu e da Representação da Comissão Europeia em Portugal, em co-organização com a Zero Waste Lab, associação que recentemente liderou o projecto de criação de uma peça de arte urbana que mora no Martim Moniz: um gigante peixe a vomitar lixo dos esgotos.

Esta acção de sensibilização para a correcta deposição de resíduos arranca na sexta-feira com um percurso pedestre que parte da Praça António Sardinha às 15.00, durante o qual serão recolhidas beatas espalhadas pelo espaço público. Segue-se uma conversa aberta com os cidadãos sobre questões ambientais na Biblioteca da Penha de França (Rua Francisco Pedro Curado, 6A), pelas 16.30.

©Geridades

As 15 papeleiras são também objecto de expressão artística, graças à colaboração do Atelier 3, a Casa Semente, o Geridades e os alunos do Curso de Arte Escola Secundária Dona Luísa de Gusmão. Cada uma delas terá ainda um código QR que dá acesso directo à página zerowastelab.pt, onde encontra os conteúdos da acção, bem como a apresentação de cada uma das obras.

+ Três dias para celebrar a sustentabilidade em Marvila

+ Eles criam bom ambiente: projectos sustentáveis em Lisboa

Publicidade
Publicidade