A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Casa de Pedra
Fotografia: Mariana Valle Lima

Programação cultural da Casa de Pedra arranca com eventos gratuitos

A nova Casa de Pedra está prestes a transformar o Parque da Bela Vista numa espécie de centro cultural, com concertos, eventos literários e actividades para toda a família.

Por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

O novo restaurante Casa de Pedra, no Parque da Bela Vista, inaugurou na passada terça-feira, 4 de Maio. Agora, anuncia-se finalmente a sua agenda cultural, que arranca já a 22 de Maio, com Um/Quarto na Casa, dos produtores Guilherme Delarmelindo, Lucas Bicudo e Pedro Gonçalves Ribeiro. A entrada é livre, mas há mais propostas gratuitas e para toda a família.

“O projecto como um todo nasceu da vontade de dinamizar o Parque da Bela Vista e colocá-lo no mapa da cidade, de forma permanente. E foi com este objectivo em vista que começámos a desenhar uma agenda cultural capaz de elevar o potencial que o parque tem, com uma programação que acima de tudo respirasse diversidade: de linguagens, de estilos, de ritmos, de perfis, de artes”, diz à Time Out Lisboa Roberta Medina.

Entre 22 de Maio e 23 de Julho, são várias as iniciativas programadas, a começar pela iniciativa que nasceu em formato virtual durante a pandemia e vai apresentar-se ao vivo, pela primeira vez, no sábado, 22 de Maio, às 17.00. O objectivo é, a cada quinzena, sempre ao sábado, divulgar diferentes camadas da cena independente com vertentes electrónicas. A estreia faz-se com Cigarra, mas já há mais datas e nomes: Gadutra, a 5 de Junho; Antoine Gilleron, a 19 de Junho; e Bicudo, a 3 de Julho.

Casa de Pedra
Fotografia: Mariana Valle LimaEspaço interior da Casa de Pedra, com palco para apresentações

Com entrada livre, vão também realizar-se vários concertos promovidos pelo festival Brands Like Bands, que escolheu a Casa de Pedra como palco da sua 9.ª edição, marcada para Outubro. Até lá, poderá ouvir bandas de empresas como a Sabseg, Cofidis e Altice Labs (28 de Maio); Schneider Electric, Mercedes-Benz.io e Armis Group (11 de Junho); Vestas Portugal, Grupo RHmais e Cisco (25 de Junho); Super Bock Group, Critical Software e Bosch (9 de Julho); e Zurich, Siemens e Mercer (23 de Julho). Sempre às 18.00.

No final do mês de Maio, estreia o ciclo Meio Mundo, com curadoria de Luís Viegas, que promete “criações musicais que nos surpreendam”. Aponte as datas: 30 de Maio (Acácia Maior, com Cachupa Psicadélica e Eliane Rosa), 13 de Junho (Luca Argel) e 11 de Julho (Lavoisier). Nestes dias, a animação começa às 16.00 e a entrada é 5€. 

Em Junho, arranca o projecto Prata da Casa, que conta com curadoria especial do colectivo Chelas É o Sítio, que pretende dar palco aos talentos locais. “Para já, começaremos com música, mas como Chelas não vive só desta arte, outro tipo de talentos poderá ser partilhado no palco da Casa de Pedra”, revela Sam The Kid, um dos curadores desta proposta, que voltará a dar ar de sua graça nos dias 3 e 17 de Junho e 1 e 15 de Julho, sempre às 19.00, com concertos de Danny the Dawg, Lewis, Karma the only son e Pam Pam, respectivamente.

Casa de Pedra
Fotografia: Mariana Valle LimaEsplanada nas traseiras da Casa de Pedra

A programação não se faz só de música. Para fãs de literatura, Junho será o mês a estar atento, com eventos ao ar livre, junto à Casa de Pedra. No dia 23, a partir das 18.30, o clube de Leitura da Leya, o Próximo Capítulo, irá finalmente reunir-se offline. Para participar, inscreva-se através de e-mail (proximocapitulo@leya.com). No dia seguinte, 24 de Junho, à mesma hora, a autora e editora Catarina Raminhos, que lançou recentemente Catarina, uma incrível história banal, irá conduzir uma conversa informal entre mulheres, também conhecidas do grande público, sobre temas mais ou menos banais da vida.

Ainda no mês de Junho, irá realizar-se a primeira Feira do Livro da LeYa na esplanada da Casa de Pedra. A iniciativa, que se estreia às 10.00 de 26, irá repetir-se todos os penúltimos sábados de cada mês, com uma cuidada selecção de livros a preços acessíveis e vários momentos de animação para adultos e crianças, envolvendo autores, ilustradores e contadores de histórias.

Se prefere fazer desporto, alegre-se, porque a Casa de Pedra e a Jazzy Dance Studios vão promover várias actividades desportivas e de bem-estar já a partir de 22 de Maio. Desde aulas de dança todos os sábados, às 11.00, até aulas de yoga todos os domingos, às 10.00, há propostas para todos os tipos de desportistas, quer com entrada livre ou paga. Para crianças e famílias, estão também marcadas aulas de dança ao ar livre, nos dias 30 de Maio e 6 e 20 de Junho, às 11.00, bem como uma aula-concerto com o Quinteto de Sopros, da Orquestra Didáctica da Foco Musical, no dia 2 de Junho, às 18.00.

“Estas são ‘apenas’ as primeiras iniciativas”, avisa Roberta. “Neste momento estamos focados em dinamizar a agenda cultural durante todo o Verão e, por isso, pode esperar-se mais novidades para os próximos meses. Quanto aos restantes meses do ano, se a adesão for boa e o público quiser, quem sabe.” A programação completa, bem como informações de reservas e bilheteira, pode ser consultada tanto no site da Casa de Pedra como na página de Instagram.

+ As melhores coisas para fazer este fim-de-semana em Lisboa

+ Os melhores sítios para fazer piqueniques em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade