Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Cinco novos pratos que tem de provar no Izanagi

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Izanagi SushiCafé
©Manuel Manso

Cinco novos pratos que tem de provar no Izanagi

Depois da uma pausa, o Izanagi reabriu e mudou a carta. Conheça cinco pratos obrigatórios.

Por Tiago Neto
Publicidade

A aposta continua a trazer o Japão a Lisboa mas, desta feita, Nuno Sénica, José Barros e Daniel Rente, os nomes responsáveis pelo Izanagi, decidiram dinamizar ainda mais a oferta. Ao sushi, prata da casa, juntaram-se as especialidades da robata, o grelhado ao estilo japonês, com opções que vão do sashimi ao magret de pato, passando pelo miso cod ou pelo wakame, além de outras novidades como o menu de almoço, com pratos que variam todos os dias (10€). Mas os argumentos vão além da cozinha e estendem-se à esplanada, também ela renovada e com vista directa para o rio. Rume até ao Izanagi connosco e conheça cinco pratos obrigatórios.

Recomendado: Os melhores restaurantes japoneses em Lisboa 

Cinco novidades a provar no Izanagi

Izanagi – Fish Wakame
Izanagi – Fish Wakame
©Manuel Manso

Fish wakame

Para abrir, esta salada de peixes marinados em óleo de trufa, sementes de papoila e ovo de codorniz é uma das opções. Destaca-se o contraste entre o peixe e a trufa, ideal para preparar o palato para sabores mais fortes.

Preço: 10,25€

Usuzukuri Maguro – Izanagi
Usuzukuri Maguro – Izanagi
©Manuel Manso

Usuzukuri Maguro

O usuzukuri maguro – ou carpaccio de atum bluefin com lascas de parmesão, agrião e óleo de trufa –, é mais uma viagem pelas opções de entrada mas que já dá a entender o verdadeiro intuito de sabores que chegam à mesa. A combinação do atum com o queijo é intrigante mas funciona.

Preço: 11€

Publicidade
Izanagi Maki – Izanagi
Izanagi Maki – Izanagi
©Manuel Manso

Izanagi Maki

Quatro rolos de corvina marinados em D-ponzu braseado com abacate, sésamo e kabayaki, é assim o Izanagi maki, um dos pratos da lista de makis e temakis que aconselhamos à prova. A textura não é totalmente óbvia, em parte pela presença do abacate, mas compensa pelo interior, mais sólido e pela mistura de sabores.

Preço: 6,50€

Miso Cod – Izanagi
Miso Cod – Izanagi
©Manuel Manso

Miso Cod

Feito na robata, este bacalhau com twist japonês é generoso nas lascas, que se desprendem com facilidade, e o sabor acaba por ser uma surpresa, principalmente pela pele, tostada, que absorve todos os temperos.

Preço: 12€

Publicidade
Miso cheesecake – Izanagi
Miso cheesecake – Izanagi
©Manuel Manso

Miso cheesecake

Este cheesecake com caramelo de miso e maçã verde cozinhada em Favaios e noz é a forma mais doce – ainda que não demasiado, o que só pontua a favor – de fechar a refeição.

Preço: 4€

Prove também

Big Fish
©Inês Félix

Os melhores novos restaurantes em Lisboa

Restaurantes

Queremos toda a comida do mundo, chefs a abrir restaurantes de fine dining ou conceitos mais democráticos com caldinhos, restaurantes com muito peixe, japoneses a ensinarem-nos que esta gastronomia não é só peixe cru e sushi, boa comida portuguesa. Fizemos-lhe um guia com os melhores novos restaurantes em Lisboa abertos nos últimos meses. Não se sinta desactualizado e marque já mesa.

topo belém
©Manuel Manso

Os melhores restaurantes em Belém

Restaurantes

A fome arranja-se facilmente com uma corrida pelo passeio que acompanha a margem do rio, ou mesmo com umas pedaladas de bicicleta. Uma paragem talvez para a observação de turistas junto dos Jerónimos e dos Pastéis de Belém. Deixe as selfies com vista para a ponte 25 de Abril para depois e comece a pensar em talheres. Esta lista dos melhores restaurantes de Belém começa numa estrela Michelin e acaba numa tasca com a estrela benfiquista nas paredes.

Publicidade
Boa Bao - Mochis
©Manuel Manso

Três sítios para comer mochis

Restaurantes Asiático contemporâneo

Os mochis são pequenos bolos da pastelaria japonesa, feitos com arroz glutinoso moído em pasta e depois moldado tipicamente numa colorida bolinha (ou da maneira que a imaginação e criatividade permitir), que pode ser mini ou em formato XL. São depois recheados e nestas versões que aqui lhe apresentamos o interior é gelado e fresco: há de fruta exótica, chá verde matcha, pasta de sésamo para uma versão mais tradicional ou até de cheesecake. É uma sobremesa simples para terminar uma refeição japonesa de sushi, noodles ou depois de embarcar numa viagem pela Ásia toda à mesa.  

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade