A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Vegetais
©DRVegetais

Faz bem só de ler: cinco livros com dicas e receitas saudáveis

Quer aprender a comer e cozinhar de forma mais saudável? Sugerimos cinco livros portugueses, para todos os gostos e regimes alimentares.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Confinamento pede leituras e refeições leves (nós sabemos: com tanta comida à mão, é difícil não passar o dia a assaltar a despensa). E pede também mais stock para a biblioteca de casa. Estes livros de cozinha saudável, todos com receitas, são uma ajuda para a temporada, para ler onde quiser, na cama, no sofá ou até à mesa, enquanto pensa na sua próxima refeição. De certeza que já ouviu falar de cozinha 100% vegetal ou da dieta macrobiótica – é a altura de ler mais sobre o assunto e perceber vantagens e desvantagens. É tempo também de se dedicar aos pratos saudáveis, que pesam menos no estômago, mas que ainda assim são bem gostosos. Desmistifique ideias, cozinhe mais e coma melhor.

Recomendado: Onde encomendar granola online para iogurtes ou panquecas

Livros com dicas e receitas saudáveis

Vencedor dos Gourmand World Cookbook Awards 2020, na categoria de Lifestyle/Waste Food, este livro não só ajuda a comer melhor, como a praticar uma cozinha mais sustentável e com menos lixo. As dicas são de Sara Oliveira, autora do blogue Nem acredito que é saudável, que reforça o compromisso com a filosofia do “zero desperdício” através de receitas com sobras, cascas e talos. As propostas são para várias alturas do dia, dispensam açúcares refinados e privilegiam ingredientes integrais.

Casa das Letras. 248 pp. 17,90€.

A filha dos fundadores do Instituto Macrobiótico de Portugal é uma cozinheira apaixonada que quer mostrar ao mundo o que anda a aprender desde que se lembra: formas de melhorar a qualidade de vida com pequenas mudanças no dia-a-dia. A promessa? Informação sobre os principais benefícios dos alimentos, sugestões de menus e alguns truques e dicas culinárias que irão transformar a sua cozinha no lugar mais popular e saudável da casa.

Marcador. 280 pp. 21,95€.

Publicidade

Depois da filha vem a mãe: Geninha Horta Varatojo é mãe de Marta Horta Varatojo, a autora do livro ali em cima. Mas mais: é uma das principais professoras de macrobiótica do país e lançou este livro, que é uma referência desse tipo de cozinha. Para quem quer iniciar-se ou para quem já conhece mas quer saber mais, o que não vai faltar são receitas deliciosas com base em cereais integrais, vegetais, leguminosas, algas, sementes, oleaginosas e fruta da época. Das sopas às sobremesas, as emoções agradecem e a saúde também.

Lua de Papel. 384 pp. 22€.

Ser saudável não significa abdicar dos simples prazeres da vida (que é como quem diz de uma generosa fatia de bolo): há receitas fáceis e rápidas de preparar, com ingredientes saudáveis, menos gorduras e pouco ou nenhum açúcar. Se não acredita, espreite este livro de Gabriela Oliveira, fundadora da Academia Vegan, que prova como é possível ser guloso sem peso na consciência, com mais de uma centena de doces e sobremesas 100% vegetais, como uma mousse de manteiga de amendoim ou brigadeiros de chocolate.

Arte Plural. 224 pp. 18,80€.

Publicidade

Se ter saúde depende, em grande medida, daquilo que se come, está nas mãos de cada um escolher em que condições quer viver o tempo que tem pela frente. Neste compêndio da alimentação saudável, a nutricionista Ágata Roquette, que dá consultas na Go Clinic do Atrium Saldanha desde 2005, diz-lhe como comer de forma equilibrada, combater vícios antigos e criar novos hábitos, incluindo como fazer transição para o vegetarianismo sem prejudicar a saúde. Como bónus, ainda leva 50 receitas, de fácil preparação.

Contraponto. 312 pp. 18,80€.

Passo a Passo
©DR

6. Passo a Passo

Uma receita saudável para experimentar enquanto não pode sair de casa.

Bolinhas energéticas

"As bolas energéticas são uma alternativa saudável às barrinhas de cereais de supermercados, já que não contêm açúres adicionados. A composição variará consoante o seu gosto pessoal, basta-lhe jogar com as quantidades.

Numa taça, misture um pouco de flocos de aveia ou de granola caseira com tâmaras, amêndoas, avelãs ou nozes trituradas. Caso goste, pode juntar ainda cacau em pó magro ou coco ralado.

Estas são as que costumo fazer em casa:
Junte 5-6 tâmaras sem caroço, 2 c. sopa de amêndoas laminadas, 2 c. sopa de cacau em pó magro e 2 c. sopa de aveia ou granola caseira baixa em açúcares. Triture tudo muito bem e forme bolinhas com o preparado.

Grande Livro da Alimentação, de Ágata Roquette.

Ser saudável

  • Compras
  • Mercearias

Os melhores cabazes de frutas e legumes de Lisboa fazem-lhe a papinha toda. Quer dizer, a sopa não aparece cozinhada, nem a salada preparada, mas as idas ao supermercado ou à feira passam a ser quase desnecessárias. E estes cestinhos cheios de verduras e frutas frescas estão à distância de um clique da porta da sua casa.

  • Restaurantes

Muitas horas em frente ao computador, em casa ou no escritório, significam assaltos constantes ao frigorífico e à gaveta da secretária. E isso normalmente não dá bom resultado. A pensar na sua rica saúde, e para evitar que devore todas as embalagens de bolachas e tabletes de chocolate, damos-lhe a conhecer cinco marcas portuguesas de snacks saudáveis.

Publicidade
  • Coisas para fazer

Uma boa forma de começar a ficar em forma pode ser através de uma aplicação que o vai obrigando a fazer certos exercícios, até porque o telemóvel já quase que se tornou numa extensão do nosso próprio corpo. E não, não precisa de sair de casa para ser um aluno exemplar. O que também não precisa (nem pode) é de inventar a desculpa de que não tem tempo ou que não gosta de treinar com outras pessoas à sua volta – nada serve desta vez.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade