Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores troncos de Natal em Lisboa

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Dacquoise
©DR Tronco de Natal da Dacquoise

Os melhores troncos de Natal em Lisboa

Estes bolos não são tradição portuguesa mas juntam-se aos clássicos da época. Eis os melhores troncos de Natal em Lisboa para adoçar ainda mais a sua mesa

Por Inês Garcia
Publicidade

Os troncos de Natal não são tradição portuguesa. É uma sobremesa típica em França ou na Bélgica nesta altura do ano e, na sua versão mais tradicional, a sua aparência é o mais próxima possível de um tronco de lenha (afinal, representa um hábito da quadra, em que as famílias se reuniam em volta da lareira para ouvir histórias e entoar cânticos de Natal enquanto um enorme tronco queimava). Mas por cá os troncos de Natal já se juntaram às rabanadas, azevias, sonhos, fatias douradas, coscorões e bolos-reis para agradar aos mais esquisitos ou adoçar ainda mais a quadra com novos sabores. Provámos e aprovámos estes sete troncos. Trate já das encomendas para a sua mesa de Natal nestes cafés e pastelarias com os melhores troncos de Natal em Lisboa.

Recomendado: Doces de Natal que não podem faltar na sua mesa

Os melhores troncos de Natal em Lisboa

Salamaria
Salamaria
©Inês Félix

1. Salamaria

Restaurantes Pastelarias Alcântara

Não se deixe enganar pela montra – os salames que estão presos não são salgados, são bem doces. A Salamaria abriu no Verão e assume-se como uma “charcutaria doce”. Parte do tradicional salame, feito com bolacha Maria e chocolate belga Callebaut, e cria outros sabores, como o de figo ou vinho do Porto, com recheio de doce de ovos, de coco e lima, de goiabada e até de red velvet. Tirando partido da forma do salame, dão belos troncos para a mesa de Natal: basta escolher o sabor que mais gosta (19,99€/kg o tradicional, 24,99€/kg os restantes). Há opções vegan e sem glúten.

troncos de natal
troncos de natal
©Inês Félix

2. Ritz Delicatessen

Hotéis São Sebastião

Este Natal, o hotel Ritz pediu à artista gráfica Vanessa Teodoro para tratar das decorações do hall. O preto e o branco habitual das suas obras, bem como as formas geométricas, estão na árvore de Natal – e também no tronco de Natal especial deste ano, feito com mousse de chocolate negro, brigadeiro de chocolate, feuilletine de chocolate de leite e nozes pecan, mousse de praliné, merengue de coco e folha de ouro para rematar (50€). Serve cerca de oito pessoas e as encomendas são feitas online, através do site ritzdelicatessen.com

Publicidade

3. L'Éclair

Restaurantes Francês Avenidas Novas

Os éclairs continuam a conquistar-nos à primeira vista, mas a pastelaria francesa de Matthieu Croiger tem mais do que estas pequenas obras-primas. Há três troncos de Natal à escolha, primeiro para comer com os olhos, depois para atacar sem medos – o de framboesa e limão tem no interior mousse do fruto vermelho e mousse de lima, doce de framboesa e sablé Breton de lima (39€); há um dourado, imponente, com um interior de crème brûlée com baunilha bourbon de Madagáscar, ganache de Bailey’s, café e cobertura rocher (39€). Aquele que tem a aparência de tronco mais tradicional é o de pêra e chocolate negro, com torta de biscuit chiffon de cacau com ganache de chocolate negro 70% um centro de pêras caramelizadas e lascas de chocolate (42€). Todos servem 10 a 12 pessoas.

4. Dacquoise

Restaurantes Pastelarias Campo de Ourique

Na Dacquoise, em Campo de Ourique, a pastelaria fina francesa tem preços mais acessíveis para se tornar numa pastelaria do bairro, para todas as horas do dia. Aos clássicos franceses e ao super completo menu de brunch dos fins-de-semana acrescenta, nesta quadra, os doces de Natal. Os bûche de Noël aqui são à grande e à francesa. Há sempre dois tamanhos – um que serve quatro a seis pessoas (19,90€), outro que chega até às dez (34,90€). E há cinco diferentes: um com mousse de cassis, compota de mirtilo e biscoito de pistáchio; outro com mousse de chocolate 70%, compota de framboesa e biscoito de chocolate; o terceiro é com mousse de manga e compota de frutos vermelhos; o praliné-noisette e ainda um cítrico, com yuzu. Sempre impecavelmente decorados. 

Publicidade
O Bolo da Marta
O Bolo da Marta
©Inês Félix

5. O Bolo da Marta

Restaurantes Pastelarias Grande Lisboa

Os bolos de suspiro de Marta Viegas tornaram- -se famosos no primeiro piso da livraria Ler Devagar, na Lx Factory, mas entretanto ganharam um espaço próprio no Chiado. Além dos habituais bolos de um ou dois andares, este Natal há um tronco de suspiro de chocolate, recheado com mousse de chocolate negro e coberto com natas, framboesas e groselhas, tudo polvilhado com um glitter dourado comestível para garantir a aura da época. Se não for tanto de chocolates, há um segundo tronco com lemon curd e coberto com amoras e mirtilos. As encomendas podem ser feitas através do Instagram (43€). 

Receitas com segredo
Receitas com segredo
©Manuel Manso

6. Receitas com Segredo

Restaurantes Pastelarias Carnide/Colégio Militar

Marco Costa abriu uma pastelaria de rua em Telheiras, a primeira depois de tornar a sua torta de laranja famosa no reality show Casa dos Segredos. E nesta casa mostra um pouco mais das suas habilidades como pasteleiro, com opções dos croissants aos bombons. Para a quadra, além de bolos-reis de Nutella e maçã e canela, tem a sua versão de um tronco de Natal, que à primeira vista parece só um bolo desconstruído. É de Ferrero Rocher, o bombom icónico da época, e tem uma cobertura cremosa (20€).

Publicidade
Brigadeirando
Brigadeirando
©Inês Félix

7. Brigadeirando

Restaurantes Pastelarias Alcântara

O tradicional é só o ponto de partida para Carolina Henke, a brasileira que nos pôs a comer os seus brigadeiros artesanais na Lx Factory. Para este Natal alargou o leque de opções especiais e o mais difícil vai ser escolher qual quer na sua mesa. Comecemos pelo tronco: um salame de brigadeiro cremoso com bocadinhos de pistáchio e framboesa desidratada pelo meio para desenjoar (35€). As fatias são densas (e aconselhamos que sejam fininhas) mas perfeitas para fazer uma pausa nos fritos. Como se não bastasse, Carolina pôs as mãos na massa e alargou a família de brigadeiros natalícios: tem também uma pavlova recheada de brigadeiro (45€), um minibolo de brigadeiro (25€), um bolo-estrela de Natal (50€) e um gigante Árvore de Natal (115€). Pode tratar das encomendas todas online. 

Natal em Lisboa

Wonderland 2018
Duarte Drago

Os melhores mercados de Natal em Lisboa

Coisas para fazer

Começou a contagem decrescente para o Natal e, por esta altura, os mercados na cidade começam a multiplicar-se que nem fatias de bolo-rei na hora do lanche. São mercados que assentam que nem uma luva a quem quer fugir da confusão da quadra nos centros comerciais ou mesmo para aqueles que deixam tudo para a última (há datas para compras tardias a pensar nos esquecidos). Para o menino, para a menina, novinho em folha ou à espera de uma segunda vida, enfim, há de tudo por estas bandas. Anote as melhores sugestões de mercados de Natal em Lisboa e divirta-se. 

Wonderland
Fotografia: Duarte Drago

Pistas de gelo em Lisboa para deslizar no Inverno

Coisas para fazer

Tem queda para a patinagem? Na verdade, não precisamos de saber, porque estas pistas de gelo espalhadas pela cidade e arredores estão preparadas para todos — profissionais e amadores, crianças e adultos. O objectivo é esquecer durante uns instantes (o suficiente para um trambolhão ou uma pirueta) a azáfama dos presentes de Natal e a confusão das lojas. O programa é, aliás, muito simples: passar uma tarde diferente de patins calçados e tentar não cair nos primeiros minutos. Por isso junte os amigos ou a família (quem sabe não tem em casa um patinador artístico escondido) e aventure-se nestas pistas de gelo em Lisboa que lhe sugerimos. 

Publicidade
Terreiro do Paço - Luzes de Natal
©Inês Félix

As coisas mais natalícias para fazer em Lisboa

Coisas para fazer

Estamos naquela altura do ano em que toda a gente volta a adicionar Mariah Carey às playlists diárias, sem vergonha de voltar a colocar na órbita dos mais ouvidos do ano o “All I want for Christmas is you”. E se há altura em que Lisboa fica ainda mais iluminada do que o habitual é no Natal – as iluminações especiais abrem caminho nos bairros da cidade e os passeios longos na rua (à procura deste ou daquele presente) começam a parecer menos dolorosos, mesmo com o frio a bater na cara. E se a nossa cidade ainda tem um longo caminho pela frente até parecer uma Lapónia urbana – como Londres ou Nova Iorque já o fazem –, tome nota dos melhores eventos da época e descubra as coisas mais natalícias para fazer em Lisboa, dos mercados às pistas de gelo. Faça-se ao piso, mas vá agasalhado. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade