Os três melhores sítios para comer línguas de bacalhau

Já sabemos do lombo, do rabo e da asa, mas Lisboa anda escassa de línguas de bacalhau. As poucas, mas boas, que existem é aqui que estão
linguas de bacalhau da casa do bacalhau
Fotografia: Francisco Santos Linguas de bacalhau da Casa do Bacalhau
Por Catarina Moura |
Publicidade

Assado, com todos e com broa encontra-se com facilidade. Não há bairro em Lisboa onde não se coma bacalhau com alguma decência. O pior é quando nos dá a fome de sermos específicos. É difícil encontrar sítio onde se comam línguas de bacalhau, mas calcorreámos a capital à procura destas miudezas panadas, em arrozinho malandro ou numa massada. Prometemos para breve as caras de bacalhau, quando estivermos recuperados dos quilómetros que percorridos.

Os três melhores sítios para comer línguas de bacalhau

casa do bacalhau
Fotografia: Francisco Santos
Restaurantes, Português

A Casa do Bacalhau

icon-location-pin Alfama

Há casas em Lisboa que têm bacalhau no nome mas que não mantêm as expectativas na ementa. Na Casa do Bacalhau não é esse o caso: não há só o Bacalhau à Brás e com broa; comem-se aqui as caras (32€), os sames, numa feijoada (32€), e as línguas, num arroz ou panadas com molho tártaro.

Preço: arroz de línguas, 32€; línguas panadas, 12€.

restaurante na cova da piedade
©DR
Restaurantes, Português

Galeria

icon-location-pin Grande Lisboa

Na Cova da Piedade, o restaurante Galeria tanto põe na mesa peixes vindos da Costa da Caparica e de Sesimbra como se esforça por resgatar pratos tradicionais de que quase nos esquecemos. Servem-se sames de bacalhau, polvo com vinho tinto e batata doce e massada de línguas de bacalhau.


Preço: 16€.

Publicidade
O poleiro
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Português

O Poleiro

Manuel Martins abriu o Poleiro há 32 anos e começou logo a servir as pataniscas de bacalhau que ganharam o segundo lugar no concurso da melhor patanisca de Lisboa, em Março. O bacalhau nesta casa não se fica por aí: não feche os olhos ao arroz de línguas de bacalhau com coentros.

Preço: 16,90€.

Outros petiscos tradicionais

peixinhos da horta do papa açorda
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Os três melhores sítios para comer peixinhos da horta

Um feijão verde envolto numa fritura no ponto é capaz de levar um alfacinha ao céu. Como entrada ou prato principal, com ou sem maionese para dar uns mergulhos, estes são os três melhores sítios para comer peixinhos da horta em Lisboa. 

Publicidade
Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com