A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Telheiras
DR

Nem só de cafés se faz um bairro. Dez restaurantes em Telheiras

Estes restaurantes em Telheiras valem a viagem de metro. Italianos, asiáticos, tipicamente portugueses. Não faltam opções para almoçar e jantar em Telheiras.

Teresa David
Escrito por
Teresa David
Publicidade

Já se sabe que um dos maiores ex-libris de Telheiras, a par dos simpáticos jardins e de uma generosa ciclovia, são os cafés. Ocupam uma rua inteira (a rua Professor João Barreira), com as suas esplanadas cheias de jovens que ali aterram a beber cervejas e a conviver. Mas a verdade é que o bairro tem muito mais para oferecer. Também há restaurantes de todos os géneros e feitios — da comida tradicional portuguesa aos sabores do mundo, dos simples aos refinados, dos mais baratos aos mais caros. Opções não faltam. Eis dez restaurantes em Telheiras. 

Recomendado: Os melhores novos restaurantes em Lisboa

Restaurantes em Telheiras que merecem uma visita

  • Restaurantes
  • Lumiar

Desde 1971 que o tranquilo e recatado Jacinto existe na zona antiga de Telheiras. Fica numa vivenda e é conhecido pela sua gastronomia, típica portuguesa, e pela diversidade da carta de vinhos. Entre as especialidades estão o bacalhau à brás, o cozido à portuguesa, o cabrito assado à padeiro e o arroz de lavagante. É um clássico da zona, embora o crítico da Time Out, Alfredo Lacerda, não tenha ficado impressionado na sua última visita. "Carta com os clássicos do restaurante tradicional carote, de Lisboa. Estamos no campeonato do Solar dos Presuntos, do Pabe, mas com menos oferta e menos matéria-prima de luxo", disse.

  • Restaurantes
  • Lumiar

A Tapiscaria do Bairro abriu em Setembro de 2021 às mãos dos amigos Rafael Pinto e André Mendonça. Nas propostas deste restaurante, em Telheiras, vai encontrar pratos que têm como base a cozinha mediterrânica, como choco frito, ovos rotos, francesinha, entre outras opções. Não se assuste com as filas à porta porque esta Tapiscaria é já um sucesso no bairro. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Japonês
  • Lumiar

No Chirashi Ramen, em Telheiras, vai encontrar mais de uma dezena de variedades de ramen japonês para desfrutar em ambiente descontraído e minimalista. As receitas foram desenvolvidas pelo chef e sushiman Miguel Bértolo, que além do ramen é especialista em chirashi — o prato tradicional japonês que representa sushi solto e que dá nome ao restaurante. Na verdade, na porta ao lado do Chirashi Ramen fica o Chirashi Sushi, com especialidades diferentes. 

  • Restaurantes
  • Carnide/Colégio Militar
Xinle Zhu abriu este restaurante depois de ter trabalhado e aprendido a técnica no Grande Palácio Hong Kong, em Arroios. A especialidade é, claro, o dim sum, com muitas variedades à escolha, mas também outros pratos típicos da região de Cantão, no sul da China. Este Dim Sum Park fica localizado na Alameda Roentgen, onde os miúdos aproveitam para conviver e andar de skate.
Publicidade
  • Restaurantes
  • Italiano
  • Lumiar

Massas, calzones, pizzas... O Kasa Mia, em Telheiras, oferece o conforto de que precisamos sempre. É aqui que os telheirenses dizem "ciao" à gastronomia italiana, em ambiente descontraído, com um interior amplo e uma esplanada preparada para o frio. 

  • Restaurantes
  • Indiano
  • Lumiar

Comer bem por pouco. A cantina do Templo Hindu segue esta máxima com um regime buffet de gastronomia indiana. Os pratos mudam todos os dias e não há ementa que lhe dê espaço para indecisões. Nesta cozinha não entra carne, peixe nem ovos – alegria para os vegetarianos.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Grande Lisboa

Neste restaurante bem escondido do bairro de Telheiras, acolhedor e familiar, come-se o melhor da comida portuguesa. Aqui não faltam os pratos tradicionais, peixe fresco, e grelhados na brasa. O menu vai variando todos os dias (fique atento à página de Facebook), mas pode contar com iguarias como carapaus, arroz de cabidela, bitoques, etc. 

  • Restaurantes
  • Carnide/Colégio Militar

Na morada do antigo Lizarran, em Telheiras, vive agora o Best of CCBC, que à boa maneira bairrista convida a uma estadia prolongada e descontraída, seja para uma refeição, para um copo, para uma boa conversa ou até para ver um jogo de futebol ou ouvir música ao vivo. A cozinha funciona desde o final da manhã à ceia e além de servir opções típicas de almoço e jantar, inclui uma carta de petiscos, outra de snacks e outra de bebidas. Tudo pode ser pedido a qualquer altura do dia. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Lumiar

rua Professor João Barreira, em Telheiras, também apelidada "rua dos cafés", pelas suas inúmeras esplanadas, é agora paragem para mais do que bicas e cervejas à pressão. Com a chegada da Gleba, em Dezembro, a zona ganhou uma padaria de fermentação lenta. Um ano depois, a loja ganhou um espaço (com esplanada e tudo) onde se pode também estar do pequeno-almoço, ao brunch, ao almoço e ao lanche, fruto da parceria com a cafetaria Milkees, já com provas dadas na Gleba de Cascais. Não existe um menu fixo, é o cliente que escolhe à carta entre opções tradicionais de pequeno-almoço, como croissants (1,80€-4€, dependendo do recheio), torradas (3€) e iogurte com granola da casa e fruta (4,9€); ou iguarias mais pesadas, entre elas sandes e tostas gulosas. 

  • Restaurantes
  • Lumiar

Depois dos espaços em São Bento, no Edifício Ageas Seguros Portugal, e em Cascais, Café Joyeux instalou-se no edifício Natura Towers, sede da Cofidis, perto de Telheiras. A missão é a mesma: empregar pessoas com dificuldades intelectuais e de desenvolvimento. Aqui, como nas outras moradas, são garantidos o pequeno-almoço, almoço e lanche. 

Comer em cada bairro

  • Restaurantes

Não é dos maiores bairros da cidade, mas nem por isso faltam opções para comer. Talvez não seja a escolha mais óbvia na altura de decidir onde reservar mesa, porém poderá sair surpreendido – nem boas esplanadas faltam por aqui. Campolide é casa de comida tradicional portuguesa, mas também há boas carnes e até aos pratos mais frescos e contemporâneos, sem nunca esquecer, obviamente, o frango assado (olá Valenciana!). Nestes cinco restaurantes em Campolide não vai sair desiludido. E o mais certo é querer voltar. Não se esqueça é de reservar. Sendo uma zona tão bem servida de transportes, o mais seguro é deixar o carro em casa.

  • Restaurantes

A mesa é das desculpas mais sólidas para rumar a Oriente e aqui tem garantidas muitas viagens, da China a Itália, de Portugal ao Japão. O Parque das Nações tem crescido muito graças à quantidade de empresas que poisaram por ali – são assim os lisboetas que ganham com novos e espaçosos restaurantes a nascer no lugar a que já chamámos Expo. Bons velhos tempos. Actualize-se no nome da zona e na restauração, que está a ganhar moradas e qualidade a olhos vistos, e siga este roteiro. Nestes restaurantes no Parque das Nações não se vai arrepender de marcar mesa.

Recomendado: Os melhores novos restaurantes em Lisboa

Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade