Três sítios para comer cataplana

De peixe ou de carne, este instrumento português só nos dá alegrias. Eis três sítios para comer cataplana em Lisboa

Fotografia: Manuel MansoCataplana da Gina

Há pelo mundo muitos instrumentos para cozinhar lentamente e com poucos líquidos, mas nenhum é como esta caixa esférica nascida nas Beiras para cozinhar caça num buraco no chão. Punham-se as brasas, a cataplana com as carnes temperadas e não se abria o buraco até ao fim da cozedura. Da carne original ao peixe e marisco que deu fama à cataplana no Algarve, damos-lhe três sítios para comer cataplana em Lisboa.

Três sítios para comer cataplana

Cataplana da Gina

Na sua origem, a cataplana nascida nas Beiras era usada para cozinhar carnes em dias de caçadas e nesta casa em Campo de Ourique há lembranças desse tempo com a cataplana de coelho à antiga, feita com lombarda e chouriço. Com este utensílio no nome da casa, o leitor adivinhará já uma grande variedade de combinações feitas a vapor nesta nave da cozinha portuguesa. Adivinha bem: são pelo menos sete, da de tamboril ou garoupa à de marisco.

Preço: de 38€ a 68€

Ler mais
Campo de Ourique

Peixaria da Esquina

Há poucos pratos de carne
 na peixaria de Vítor Sobral e a cataplana não é um deles. Comem-se aqui cataplanas recheadas de quatro maneiras diferentes: com bacalhau, lavagante, camarão ou uma mistura de mariscos. Enquanto espera, peça o pica-pau, que não está na carta, mas é um petisco off-menu como deviam ser todos.

Preço: de 29,50€ a 89,85€

Ler mais
Campo de Ourique
Publicidade

Furnas do Guincho

Não será certamente o programa para uma cataplana na hora do almoço num dia de trabalho, mas anote esta sugestão para uma escapadela curta ao fim-de-semana: uma cataplana de polvo e batata-doce a olhar para o Atlântico no Furnas do Guincho. É uma das especialidades da casa, juntamente com o peixe ao sal ou a açorda de lagosta.

Preço: 18,50€

Ler mais
Cascais

Marisco lisboeta

Os três melhores sítios para comer bruxas

Com o bom tempo, chegam os petiscos ao fim do dia e as mariscadas com imperial fresquinha. Dê-se ao luxo de lhes juntar umas bruxas e se o sabor a mar não chegar, mergulhe-as em maionese. Estes são os três melhores sítios para comer bruxas em Lisboa.

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros
Publicidade

As melhores cervejarias em Lisboa

Cervejaria resulta da junção de cerveja com selvajaria. Fomos à procura das melhores casas da cidade onde o ringue está aberto para se chuparem cabeças de camarão, martelarem patas de sapateira e ainda que meter o dente num prego ao fim. Marisco, saladinhas, croquetes e bifes tenros é o que esta lista tem para lhe oferencer. E vai tudo escorregar lindamente com uma imperial fresquinha.

Ler mais
Por Catarina Moura

Comentários

0 comments