Os três melhores sítios para comer bruxas

Com o bom tempo, chegam os petiscos ao fim do dia e as mariscadas com imperial fresquinha. Dê-se ao luxo de lhes juntar umas bruxas e se o sabor a mar não chegar, mergulhe-as em maionese. Estes são os três melhores sítios para comer bruxas em Lisboa

Fotografia: Ana LuziaBruxas do Mar do Inferno

Os três melhores sítios para comer bruxas

Mar do Inferno

4 /5 estrelas

É quase um pedido obrigatório para quem vai ao Mar do Inferno. As bruxas têm o apelido da zona – chamam-se mesmo bruxas de Cascais – são apanhadas ali na costa, por mariscadores experientes, mas como a tarefa não é fácil, nem sempre se encontram à venda. Vêm já abertas a meio e podem ser mergulhadas em maionese caseira.

Preço: 95€/kg.

Ler mais
Cascais

Nune's Real Marisqueira

3 /5 estrelas

Nome científico: Scyllarus arctus. Nome por que é conhecido nos Açores: cavaco-anão – não confundir com as cavacas, maiores e com uma crosta diferente. Nome pelo qual responde na marisqueira de Belém: bruxa. É cozido, também vem para a mesa aberto a meio e casa bem com as imperiais geladas, servidas nas canecas de metal.

Preço: 95€/kg.

Reservar agora Ler mais
Belém
Publicidade

Ramiro

4 /5 estrelas

E como não podia deixar de ser, no Ramiro comem-se muito boas bruxas. Ou seja, o selo de qualidade do marisco da casa também assenta neste caso. Nem sempre há na vitrine, mas tem tempo para saber enquanto espera por mesa.

Preço: 91,04€/kg.

Ler mais
Intendente

Três sítios para comer...

Peixinhos da horta

Um feijão verde envolto numa fritura no ponto é capaz de levar um alfacinha ao céu. Como entrada ou prato principal, com ou sem maionese para dar uns mergulhos, estes são os três melhores sítios para comer peixinhos da horta em Lisboa. 

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros

Pica-pau

Pedaços pequenos de carne convivem com pickles mergulhados num molho intenso, que pede pão, pão até se ver a base da frigideira. Só de pensar, já está a salivar por um bom pica-pau? Estes são os três melhores sítios para comer o petisco em Lisboa.   

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros
Publicidade

Bife tártaro

Carne de vaca picada e crua, gema de ovo, pickles e um sem número de ingredientes que variam de acordo com a mão do chef. Assim é o verdadeiro bife tártaro, o prato clássico que voltou a estar na moda depois de fazer sucesso no final do século XIX. Em Lisboa, não é fácil encontrar bons exemplares. Mas que os há, há. Aqui tem os três melhores sítios para comer bife tártaro em Lisboa.  

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros

Comentários

0 comments