Os três melhores sítios para comer bife tártaro em Lisboa

Os tártaros invadiram a cidade, mas o prato que os inspirou não é fácil de encontrar. Confie em nós: estes são os três melhores sítios para comer bife tártaro em Lisboa
tártaro do talho
Fotografia: Ana Luzia Tártaro do O Talho
Por Mariana Correia de Barros |
Publicidade

Carne de vaca picada e crua, gema de ovo, pickles e um sem número de ingredientes que variam de acordo com a mão do chef. Assim é o verdadeiro bife tártaro, o prato clássico que voltou a estar na moda depois de fazer sucesso no final do século XIX. Em Lisboa, não é fácil encontrar bons exemplares. Mas que os há, há. Aqui tem os três melhores sítios para comer bife tártaro em Lisboa.  

Os três melhores sítios para comer bife tártaro em Lisboa

o talho
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Restaurantes

O Talho

icon-location-pin São Sebastião

É um dos pratos que há mais anos se aguenta na ementa d’O Talho e, além da carne, picada à faca, tem dois elementos que o distinguem de todos os congéneres da cidade: alga para enrolar a carne (quem quiser) e um shot de vodka para beber ou temperar a carne (idem). Isto apesar de o novilho já vir da cozinha com cebola roxa, alcaparras, cornichons, molho inglês, tabasco, compota de tomate, ovo e maionese de rábano.

Preço: 24,90€

cervejaria liberdade
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Cervejarias

Cervejaria Liberdade

icon-location-pin Avenida da Liberdade

A morte da Brasserie Flo, chorada por muitos (esta escriba incluída), não significou, felizmente, o enterro de um dos melhores bifes tártaros de Lisboa. A mistura é feita em frente ao cliente, sempre com o mesmo preceito: primeiro a mostarda Dijon e a gema de ovo, depois o azeite, o molho inglês, o tabasco, o sal e a pimenta, em seguida a salsa, os cornichons, as alcaparras e a cebola. Vem com batatas fritas e alfaces.

Preço: 24,50€

Publicidade
Páteo do Bairro do Avillez
©Paulo Barata
Restaurantes, Português

Bairro do Avillez

icon-location-pin Chiado

José Avillez já tinha um óptimo bife tártaro no seu Cantinho. O do novo restaurante, chamado “à moda do bairro”, tem algumas semelhanças e é igualmente bom. A carne é misturada com rabanetes, chalotas, alcaparras, cornichons e emulsão de mostarda e, para acompanhar, recomendam-se as batatas fritas.

Preço: 20€

Os três melhores sítios para comer...

Terraço Memmo Príncipe Real - Escabeche de Perdiz
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Escabeche de perdiz

Por uns minutos, esqueça os carapauzinhos fritos com molho de escabeche e dê uma oportunidade a esta carne de caça temperada com um travo avinagrado. Escolhemos três sítios em Lisboa onde o escabeche acontece à sua frente, sem enervações.

Sem Palavras - Salada de Polvo
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Salada de polvo

É uma entrada típica portuguesa em cervejarias, marisqueiras, restaurantes tradicionais... e não só. É petisco caseiro sempre que sobram uns tentáculos de polvo dos mais nobres pratos ora de polvo à lagareiro, ora de arroz de polvo. A salada de polvo fria deve ter os tentáculos do molusco cortados todos mais ou menos do mesmo tamanho, azeite e vinagre que baste, e coentros misturados. Sendo tenrinha e fresca, esta salada, a par de outras frias como a de ovas, é perfeita para começar um final de tarde ou noite antes de uma mariscada daquelas. Atire-se a estas três. 

Publicidade
Muito Bey - Falafel
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Árabe e Médio Oriente

Falafel

Se não resiste a um salgadinho e já sabe de cor o roteiro para comer os melhores croquetes, os melhores rissóis ou as melhores chamuças da cidade, chegou a hora de se atirar aos mais dignos exemplares de falafel, os croquetes de grão fritos típicos do Médio Oriente. Bem condimentados, sozinhos ou acompanhados de pão pita, húmus, tahine e salada de tomate, pepino e cebola, são o sonho de qualquer vegetariano, mas não só: os carnívoros também são muito bem-vindos nestes três restaurantes do mundo em Lisboa: Muito Bey, Ink Farm Food e Mezze.  

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com