A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Gerês
©João Saramago

Sete estradas cinematográficas para percorrer de carro

São percursos dignos de Óscar e nem precisa de sair do país. Pegue no carro e faça-se ao caminho nestas sete estradas

Escrito por
Tiago Neto
Publicidade

Desde sempre que o cinema nos empurrou o imaginário para viagens marcantes. No deserto, no campo, em falésias, em velocidade ou em passeio. Mas para isso, e mesmo que não nos tivéssemos apercebido, foi necessário escolher uma estrada, um troço de circulação que enchesse as medidas, que cativasse, que se tornasse inesquecível, como um pano de fundo perfeito para nos fazer ler a história. Felizmente, para si e para nós, Portugal não tem falta desse tipo de estradas; abertas, em altitude, semi-desertas, costeiras, as opções multiplicam-se e a vontade é de nos fazermos à pista. Como Jack Kerouac disse, "nada atrás de mim, tudo à minha frente, tal como na estrada", e este é o mote para que parta em busca destas sete.

Recomendado: 12 eco resorts em Portugal para umas férias mais verdes

Sete estradas cinematográficas para percorrer de carro

Avenida Marginal, de Cascais até Belém
©GoogleMaps

Avenida Marginal, de Cascais até Belém

São pouco mais de vinte quilómetros que separam a vila de Cascais e a Torre de Belém, em Lisboa, e todos esses metros podem ser percorridos com o Tejo e o Atlântico à vista. A Avenida Marginal, bem conhecida de todos os que fazem da Grande Lisboa casa, pode não ser o cenário perfeito em hora de ponta mas, naqueles dias milagrosos em que o trânsito é pouco, e em que o sol ajuda, é um passeio digno. Se a meteorologia ajudar, faça uma pausa para gelado na Capricciosa, a meio do caminho, e ponha os olhos nos muitos fortes militares construídos ao longo da linha costeira.

20.7km. 26 minutos.

Da Ericeira a Cascais com o mar à vista
©GoogleMaps

Da Ericeira a Cascais com o mar à vista

É o tipo de percurso que já requer um bocadinho mais de paciência mas, no final, dificilmente se vai arrepender. Isto porque, a começar na Ericeira, os primeiros quilómetros são banhados a oceano, e a vista na chegada à zona da Foz do Lizandro é qualquer coisa. Já para não dizer que pode encostar em inúmeros pontos para absorver melhor a vista. Depois porque, além de mar, vai cruzar povoações, estrada aberta, falésias, pode dar um salto ao Cabo da Roca, ao Santuário da Peninha, ou parar nas Azenhas do Mar para mais uma lavagem de vistas. Siga depois caminho pelo Guincho até à entrada em Cascais.

 

52.1km. 1h16 minutos.

Publicidade
Serra e mar, de Sesimbra a Setúbal
©GoogleMaps

Serra e mar, de Sesimbra a Setúbal

Saindo de Sesimbra, o que o espera é um longo caminho de montanha, que rasga a Arrábida de cima a baixo, mas não sem antes atravessar quintas e povoações. Depois, já nas alturas, é tentar manter os olhos na estrada, tarefa difícil, quando se tem uma vista destas. Pelo caminho, tem miradouros como o do Portinho da Arrábida, miradouro do Norte, a base militar do Regimento de Artilharia de Costa – 7.ª bataria de Outão, acessível, e um óptimo miradouro sobre toda a zona de Tróia – e o parque de merendas da Comenda. Depois é entrar em Setúbal e procurar aquele choco frito.

33.7km. 54 minutos.

De Sines a Vila Nova de Milfontes
©GoogleMaps

De Sines a Vila Nova de Milfontes

Outro percurso idílico, com direito a paragem numa praia de água ocasionalmente quente (São Torpes), é o troço que liga a cidade de Sines a Vila Nova de Milfontes, preferencialmente se o fizer junto à costa. É certo que não apanha grande coisa de montanha, se isso for a sua preferência – e já lá vamos –, mas apanha rectas de quilómetros, ladeadas ora por mar ora por vegetação costeira ou campos agrícolas e tem Porto Côvo pelo meio para fazer uma pausa para almoço. Depois é seguir pela CM1072 até cruzar com a N390 em Brunheiras, já à entrada de Vila Nova de Milfontes.

36.9km. 44 minutos.

Publicidade
Pela estrada fora, de Beja a Mértola
©GoogleMaps

Pela estrada fora, de Beja a Mértola

Lembra-se daquelas cenas de filmes clássicos em que a estrada parecia durar o tempo da conversa dos passageiros do carro? Ou daquelas que são filmadas de helicóptero porque a fotografia é digna de Óscar? O percurso que vai fazer de Beja a Mértola é mais ou menos isso. Estrada aberta em grande parte do percurso, e tudo o que tem à vista são sobreiros e oliveiras. Entretanto, à medida que se vai aproximando do final, entra em território do lince ibérico, portanto tenha atenção redobrada até chegar ao Brasileiro, o restaurante em Mértola que faz valer a viagem. De seguida, já recomposto, é tempo de espreitar o castelo da vila. Por último, se só o percurso não lhe chegar, temos um bónus: antes de dar a viagem por terminada, passe no Pulo do Lobo.

52.6km. 46 minutos.

Serra acima, da vila do Gerês à Portela do Homem
©GoogleMaps

Serra acima, da vila do Gerês à Portela do Homem

Provavelmente já sabe que o Gerês é uma das zonas mais bonitas de todo o território português. E que a abundância de relíquias naturais contribui ainda mais para esse título. Pois bem, o roteiro que o leva da vila até à Portela do Homem, se ainda não é, devia passar a património da humanidade. Prepare o estômago porque a emoção é muita: estrada apertada, curvas com pouca visibilidade, piso escorregadio (se o dia não ajudar), natureza com fartura, cascatas como a da Laja, de Leonte ou a da Portela do Homem e miradouros como o da Preguiça fazem desta uma estrada obrigatória.

13.7km. 24 minutos. 

Publicidade
Entre dois Pedrógãos
©GoogleMaps

Entre dois Pedrógãos

O troço que liga Pedrógão Grande e Pedrógão Pequeno também não fica nada atrás do nortenho Gerês, ainda que a contagem de cascatas neste seja praticamente nula. Contudo, importa reter duas coisas: vai passar por cima da comporta da barragem do Cabril (que é toda uma experiência) e, claro está, pode aproveitar para pôr o corpo de molho na praia fluvial da barragem. A distância não é grande, mas o facto de ter de atravessar um vale, faz com que tenha sempre uma vista privilegiada. Se por lá parar, espere pelo pôr-do-sol e suba ao Monte da Senhora da Confiança, que tem esta panorâmica. De nada.

5.5km. 8 minutos.

Depois da estrada

  • Filmes

É certo que "um filme de carros" pode querer dizer muita coisa, e que o chapéu sob o tema é extenso, mas nesta lista dos melhores filmes de carros que o cinema nos deu mostramos-lhe o que de melhor foi feito, em jeito de homenagem, a esse quase-adereço fundamental a tantos.

  • Filmes

Filmes, séries, documentários, docusséries, há muito material para ver e fazer verdadeiras maratonas visuais sem sair de casa (e mesmo se o quiser fazer, é só levá-la no telefone). Junte-se à febre do streaming e conheça as melhores séries para ver na Netflix.

Publicidade
  • Filmes

Desde que chegou a HBO (para não falar nos outros serviços de streaming que apareceram entretanto) ficou ainda mais complicado gerir a agenda – e não falamos apenas da vida social, mas do calendário de estreias de séries. A pensar nisso, fizemos-lhe uma selecção das séries na HBO que vale a pena ver e que nunca o farão perder tempo.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade