Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Estas exposições gratuitas em Lisboa valem a visita

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Happy Endings
Crack Kids

Estas exposições gratuitas em Lisboa valem a visita

Não precisa de gastar um tostão para entrar nestas exposições gratuitas em Lisboa e admirar o melhor da arte da cidade.

Por Francisca Dias Real
Publicidade

Preza a arte mas custa-lhe dar dinheiro por ela? Aliás, custa-lhe dar dinheiro para a poder ver? Uma entrada num museu ou numa galeria sai-lhe quase sempre dos bolsos (ainda que não se possa queixar, que por cá os valores são baixos), mas ainda há exposições gratuitas em Lisboa para quem anda sempre à procura de uma borla. Das duas uma: ou aproveita aqueles dias em que os museus promovem entradas gratuitas ou segue estas nossas sugestões de exposições gratuitas em Lisboa onde não pagará nem um cêntimo para apreciar uma obra de arte – o mais provável é acabar o dia a descobrir novos artistas. 

Recomendado: Conheça estes museus grátis em Lisboa e arredores

Visite estas exposições gratuitas em Lisboa

Add Fuel - Underdogs
Add Fuel - Underdogs
©Bruno Lopes

1. Chronos Redux

Arte Galeria Underdogs, Marvila

Finalmente de portas abertas, a galeria de Marvila inaugura no dia 9 de Abril “Chronos Redux”, uma exposição individual de Add Fuel que passa em revista grande parte do seu trabalho e percurso ao longo do tempo – uma relação também com o compasso que 2020 impôs a todos, obrigando a pausas forçadas e a uma imprevisibilidade desmesurada. O artista procura reflectir sobre a passagem do tempo no contexto de uma obra e na própria técnica da azulejaria tradicional – pela qual Add Fuel é conhecido reinterpretando-a noutros suportes. As peças estão dispostas ao longo de um percurso fixo na galeria, assumidamente temporal, e que mostra essa evolução tanto de técnicas como de cores, numa reapreciação do passado com olho nos itinerários futuros. 

Happy Endings
Happy Endings
Crack Kids

2. Happy Endings

Arte Crack Kids Lisboa, Cais do Sodré

O que fazem Adamastor, Colombus3, Chure, Fedor, Fiumani, Gonçalo Mar, Margarida Fleming, Mariana Malhão, Mariana a Miserável, Nuno Alecrim, Ruído, Sepher Smile e Teresa Rego no mesmo espaço? Uma exposição, e das boas, daquelas que vêm colorir os dias primaveris e a escuridão dos tempos incertos que se vivem. “Happy Endings” inaugura na zona de galeria da Crack Kids, no Cais do Sodré, onde habitualmente a loja recebe várias mostras ao longo do ano, sempre rotativas e gratuitas. Nesta exposição os 14 artistas vão mostrar o melhor lado de qualquer história, o lado que alimenta a esperança de um final feliz – todos eles com estilos e técnicas diferentes. E não diríamos melhor, a exposição é, “mais que um final feliz, um início radiante”. 

Publicidade
Halfstudio
Halfstudio
Halfstudio

3. We Still Have a Dream

Arte Galeria Underdogs, Marvila

Na Underdogs Capsule é a dupla Halfstudio a tomar conta do espaço com “We Still Have a Dream”, que parte da reutilização de materiais descartados como serrotes, serras circulares, quadros ou letreiros, tudo recuperado de forma a ser utilizado em exposição. A mostra assenta na ideia de segundas oportunidades, no facto de haver necessidade de olhar para as coisas que nos rodeiam e conseguir dar-lhes outra vida, não assumindo que o lixo é o destino final. É também uma analogia com a segunda oportunidade que todos nós, humanos, merecemos. Para os artistas, a exposição serve assim de escape a um mundo inundado por desafios, notícias falsas, maus presságios e restrições à liberdade de cada um. “Acreditamos que a positividade, o amor, as palavras de esperança e de afecto que dão forma e cor a esta exposição são um ponto de partida para melhorar aquilo que precisa de ser melhorado”, explicam os artistas que continuam a sonhar. 

Mais arte em Lisboa

Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian
©Ricardo Oliveira Alves

Guia para não pagar entrada nos museus em Lisboa

Museus

Há museus completamente gratuitos em Lisboa (já os listámos) e depois há outros que não dão o braço a torcer e onde vai ter sempre de se chegar à frente e abrir a carteira. Mas ainda há um meio termo, aqueles que dão tréguas em pelo menos um dos dias da semana ou do mês, para que possa entrar sem gastar dinheiro. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade