Sete bares para fugir ao frio e à chuva

Damos-lhe sete sugestões de bares para se refugiar neste Outono/Inverno.
Cocktail Cinco Lounge
Duarte Drago
Por Clara Silva |
Publicidade

Dias de neura e de chuva pedem bares quentinhos e cocktails que aquecem a alma e felizmente, em Lisboa, há cada vez mais opções. Nos últimos meses têm surgido novos bares a juntar-se à lista dos já clássicos onde vale a pena passar um bom bocado a descobrir um cocktail. Puré de ananás, sumo de laranja queimada, infusão de chocolate, pimentos Padrón, cacau ou banana pão são alguns dos ingredientes dos copos que aqui lhe sugerimos. Não desconfie já, vai ver que é bom e que no final até vai querer voltar. Nem se vai lembrar mais do frio que deixou na rua.

Recomendado: Restaurantes em Lisboa que parecem um jardim

Sete bares para fugir ao frio e à chuva

Frida
Manuel Manso
Bares

Frida

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

O restaurante El Clandestino ganhou este mês um bar na mezzanine. Chama-se Frida e é ideal para fazer tempo no quentinho, enquanto espera por mesa para jantar. Duarte Cardeira criou a carta de cocktails com referências a pintores mexicanos. Um dos melhores é o Leonora (8,5€), com gin, licor de pêssego, manjericão, puré de ananás e sumo de lima e uma bolacha de banana e ananás com toffee de cacau e mezcal.

Toca da Raposa
©Arlindo Camacho
Bares

Toca da Raposa

icon-location-pin Chiado

O bar de Constança Cordeiro abriu em Junho perto do Largo do Carmo e trabalha com produtos da época. A partir de 1 de Dezembro celebra a quadra com um “Natal Psicadélico”, com música, decoração e cocktails natalícios. Até lá, a bebida mais invernal é A Gata Borralheira (11€), com rum de batata doce, sumo de laranja queimada e leite de sementes de abóbora tostadas.

Publicidade
Cinco Lounge
© Lydia Evans / Time Out
Bares

Cinco Lounge

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

O conforto do Cinco Lounge, pioneiro nas andanças dos cocktails da cidade, faz mais sentido nesta altura do ano onde em vez de tomar o chá das cinco, pode começar este novo ritual do chá do Cinco. Os cocktails de Dave Palethorpe, que costuma ajudar outros bares a elaborarem a sua própria carta, são sempre uma surpresa e nunca se sabe como chegam à mesa, se em bules com vacas (como o Utterly Butterfly), se dentro de latas por abrir (como o Shake Your Money Maker).

A Time Out diz
Café Klandestino
Fotografia: Duarte Drago
Bares

Klandestino

icon-location-pin Intendente

O café é o ingrediente principal da carta de cocktails do mais recente bar do Intendente, que nas noites mais frias se tornam ainda mais apetecíveis. É aqui que o “café da manhã” pode muito bem transformar-se no café da noite ou do fim do dia. Se não está interessado em cafeína, João Resende tem outro trunfo na manga: uma margarita de pimento Padrón (10€).

Publicidade
Monte Cristo Caffé Lounge
Duarte Drago
Noite

MonteCristo Caffe Lounge

icon-location-pin Grande Lisboa

Abriu no fim de Setembro na Avenida da República, mas a inauguração oficial está marcada apenas para o próximo mês. Com uma garrafeira recheada e com várias relíquias nas prateleiras, é o bar perfeito para os amantes de conhaque – aliás, uma das bebidas mais populares é o french mojito, com conhaque em vez de rum. Os cocktails são criações de Vítor Rodrigues, mais conhecido por El Bigodes, que até criou o seu próprio negroni (13€), com infusão de chocolate vindo da fábrica do pai.

Cocktail Red Frog
Duarte Drago
Noite, Bares abertos de madrugada

Red Frog

icon-location-pin Avenida da Liberdade

Está na lista dos 100 melhores bares do mundo e já se tornou um ponto obrigatório para os turistas de visita à cidade. Aliás, em noites frias, quando sabe melhor tocar à campainha do bar do sapo vermelho, é melhor reservar mesa. Os cocktails que saem do laboratório de Paulo Gomes são verdadeiras experiências, como este Light Sleeper (11,5€) da carta “The Modern Speakeasy vol.1.5”, com ingredientes como whisky, Milk Punch de cereais, avelã e banana pão.

Publicidade
musa
Fotografia: Francisco Santos
Coisas para fazer

Musa

icon-location-pin Marvila

Para ajudar a lidar com a neura, a Musa criou uma combinação que à primeira vista podia dar a volta à barriga a muita gente, mas que acaba por ser um sonho de uma noite de Inverno. Juntaram- -se a Bettina & Niccolò Corallo, conhecidos pelos chocolates de São Tomé no Príncipe Real, para criar esta Ale is Love (3€), uma Cocoa Milk Porter que une duas das melhores coisas de sempre: cerveja e cacau.

Outras paragens à noite

Camones
Duarte Drago
Noite

Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Juntamos a sede de conhecer novidades à vontade de beber cocktails e deixamos-lhe uma lista (em constante actualização) dos novos bares que abriram em Lisboa nos últimos meses. A noite lisboeta está bem viva e a prova disso são os novos hóspedes que vão aparecendo – e ainda bem. As novidades são das mais diversas espécies, dos cocktails e seus derivados à cerveja artesanal. Nesta página espere sempre isto: os bares mais frescos da cidade. Por agora, estes são os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer. E se lhe dizemos isto é porque fomos lá, experimentámos e aconselhamos vivamente. Já decidiu onde é que vai beber um copo?

Incógnito
Fotografia: Ana Luzia
Noite

Discotecas em Lisboa. Quando cai a madrugada na cidade

Instituições lendárias que já conheceram diferentes encarnações e formatos, em busca de um lugar ao sol (ou ao luar, para sermos mais rigorosos). Quando cai a noite na cidade, e a jornada nocturna se arrasta como manda o figurino, a peregrinação de foliões passa necessariamente por aqui. E é por isso que não o queremos por aí à deriva, inquieto sobre onde deve rumar. Do epicentro da agitação aos redutos em zonas mais periféricas da cidade, eis uma mão cheia de destinos cada vez mais centrais na agenda de qualquer alfacinha que só vai para a cama depois do sol romper. Grandes salões de festa e discretos endereços para quase passar despercebido, temos de tudo e para todos. Os meninos dançam nestas discotecas de Lisboa? 

Publicidade