10 sítios para celebrar a hora extra de luz

É a hora mais aguardada durante os meses de Inverno e a desculpa por que todos esperam para começar a vadiar. Siga este roteiro

Fotografia: Arlindo Camacho

Declaramos oficialmente aberta a gloriosa época do copo ao fim do dia. Conheça estas novidades e pique o ponto nos clássicos de sempre. 

As novidades

Mercearia -1

Dia 2 de Março, a página de Facebook da Mercearia do Campo, em Campo de Ourique, anunciava, “A Mercearia -1 já abriu! Bar com cocktails, snooker, Sport TV…” O sonho antigo dos dois sócios tornava-se realidade e, em boa verdade, o desejo dos habitantes do badalado bairro, também. Ter um bar aberto até mais tarde, com vinhos, cocktails e cervejas artesanais – Dois Corvos, Bolina e D’Ourique, por exemplo.

Ler mais
Estrela/Lapa/Santos

Heterónimo Baar

Chakall descobriu aquilo que os lisboetas estão a descobrir agora: os encantos de Marvila. Ao seu El Bulo, juntou recentemente a pizzaria Refeitório do Senhor Abel, sítio que ganhou em Dezembro um belíssimo complemento: um bar de cocktails cujo nome é inspirado nos vários heterónimos de Fernando Pessoa, acessível por uma passagem semi-secreta. Agora imagine o cenário: sair do trabalho às seis, beber um Johnnie, Make My Day, com Johnny Walker, pêra, louro, limão e espuma de cerveja IPA, comer uma pizza e ainda sair dali de dia.

Ler mais
Marvila
Publicidade

Prova - Enoteca

É um bar? É. É uma mercearia? É. É um restaurante? É. A Prova- -Enoteca, vizinha do Careca, no Restelo, abriu as portas no fim de Novembro passado e é o sítio certo para combinar aquele programa de fim de tarde à espanhola, que é como quem diz, beber uns copos e dividir uns pratos. Tem mais de 80 referências de vinhos, escolhidas com ajuda do escanção Manuel Moreira (dirige um workshop de vinhos dia 7 de Abril) que pode beber a copo e tem petiscos como tábuas de queijos e enchidos ou tibornas para dividir.

Ler mais
Belém

Musa

Desde o Outono que nenhuma visita a Marvila fica completa sem picar o ponto na Musa, a fábrica de cerveja artesanal que inaugurou uma tap room e instalou várias mesas e cadeiras para apreciar os vários exemplares com tempo. Têm uma dúzia de torneiras de cerveja feita no local, a que deram nomes como Red Zeppelin Ale ou Mick Lager, e estão prontos a explicar aos clientes o que distingue uma IPA de uma Stout.

Ler mais
Marvila
Publicidade

Crafty Corner

Dúvidas houvesse que a cerveja artesanal ainda tem lugar nos boletins de tendências anuais lisboetas e a abertura de mais um bar dedicado à especialidade, na última semana de Janeiro, ajudou a dissipá-las. O Crafty Corner fica no Cais do Sodré, tem 12 torneiras de cerveja à pressão, toda nacional, e dois andares com mesas, cadeiras e sofás para a degustar.

Ler mais
Cais do Sodré

Flor de Lúpulo

Mais uma voltinha, mais um bar de cerveja artesanal, desta feita em Arroios e com uma pinta de rock’n roller. Há dez torneiras com referências portuguesas e estrangeiras, há petiscos que mudando ao longo da semana e ainda televisão sintonizada nos canais de desporto. É um bom sítio para ver quem vai ganhar o campeonato, portanto.

Ler mais
Beato
Publicidade

Os clássicos

Park

Todos os anos juntamos as mãos em oração para que o Park saia só por umas semanas do radar da moda e deixe alguns lugares vagos para os lisboetas poderem beber um copo depois do trabalho sem andar aos empurrões. Ainda assim não conseguimos deixar de o incluir na lista dos melhores sítios para um copo ao fim do dia. Um tiro no próprio pé, não acham?

Ler mais
Chiado/Cais do Sodré

Esplanada Ribeira das Naus

4 /5 estrelas

Aquelas espreguiçadeiras em frente ao rio são a inveja de qualquer trabalhador que entra às dez e sai às seis (sabendo sempre que o dia se arrasta um bocadinho…). A boa notícia é que com uma hora a mais elas podem ser suas, pela módica quantia de uma corridinha até à Ribeira das Naus, podendo usufruir delas até ao sol se pôr – um belíssimo cenário. Mais: dias 20 de Abril e 18 de Maio, duas sextas-feiras primaveris, há música boa a partir das 17.00, pelas mãos da Assemble Music.

Ler mais
Cais do Sodré
Publicidade

Café na Fábrica

As luzinhas com ar de enfeite de arraial e os artistas que lá tocam à tarde tornam o Café na Fábrica um dos melhores sítios da cidade para a prática do copo ao fim do dia. O sítio parece ter mel, está sempre bem composto, a imperial sai gelada e o vinho a copo da casa é agradável. Se o cenário já era apetecível nos meses frios, imagine agora que chegou a Primavera.

Ver preços Ler mais
Alcântara

Quiosque das Portas do Sol

Muitas vezes esquecida pelos lisboetas, por não quererem rodear-se de turistas, a esplanada das Portas do Sol é aquele sítio que, para um alfacinha de gema, devia fazê-lo gritar o contrário: “Olhem só aquilo que nós temos e vocês, forasteiros, não têm!” Um sítio que continua a tirar-nos a respiração, quer lá vamos ao fim do dia beber um cocktail ou só picar qualquer coisa e aproveitar os 60 minutos extra de luz natural.

Ler mais
Castelo de São Jorge
Publicidade

Mais Primavera em Lisboa

Sete corridas de Primavera em Lisboa

Não são só as alergias que a Primavera traz, com ela vêm também as corridas, aquelas para as quais treina todo o ano para agora cortar a meta depois de palmilhar uns bons quilómetros. Declaramos a abertura oficial da época dos dorsais, da roupa de licra e das barrinhas energéticas. 

Ler mais
Por Francisca Dias Real
Publicidade

Comentários

0 comments