A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Mulher ao poder
Bernardo Majer

Há muitas coisas para fazer em Lisboa no Dia da Mulher

O Dia Internacional da Mulher é celebrado a 8 de Março em vários pontos da cidade. Estes eventos que merecem uma visita.

Mauro Gonçalves
Raquel Dias da Silva
Escrito por
Mauro Gonçalves
e
Raquel Dias da Silva
Publicidade

O Dia Internacional da Mulher, celebrado a 8 de Março, é mais do que uma simples oferenda de coloridos bouquets. Foi oficializado pela ONU em 1975, mas já era celebrado por todo o mundo, tendo origem no movimento operário feminista dos EUA. Uma data tão importante pede reflexões, debates, manifestações (e há Greve Feminista Internacional marcada), mas também eventos que mesmo que não sirvam para alimentar o pensamento, alimentam o estômago e a alma. Pelo meio há cinema, pintura ou fotografia que em comum têm a mesma fonte de inspiração: as mulheres.

Recomendado: “Em nome da mulher”, Penguin reedita obras com apelido materno dos autores

 

Coisas para fazer no Dia da Mulher

  • Coisas para fazer
  • Vida urbana

O Dia Internacional da Mulher assinala-se a 8 de Março. Para celebrar a efeméride, a Junta de Freguesia de Santo António e a Penguin Random House vão oferecer 696 livros escritos por mulheres, que estarão disponíveis em 232 bancos de jardim: Avenida da Liberdade, Jardim Alfredo Keil, Jardim Camilo Castelo Branco, Jardim do Torel e Jardim Marcelino Mesquita. Quartos de Final e Outras Histórias, de Cláudia Andrade; Luanda, Lisboa, Paraíso, de Djaimilia Pereira de Almeida; O Prazer, de María Hesse; e No Jardim do Ogre, de Leïla Slimani, são alguns dos títulos que poderá encontrar.

  • Coisas para fazer
  • Vida urbana

O Dia Internacional da Mulher celebra-se todos os anos a 8 de Março. Em Portugal, há programação especial nos museus, monumentos e palácios geridos pela Direcção-Geral do Património Cultural. Entre as iniciativas previstas, todas de entrada livre, há concertos, sessões de cinema, exposições, conferências, visitas orientadas e visadas animadas, entre outras actividades para toda a família.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Italiano
  • São Sebastião

O Sublime Lisboa vai oferecer sessões fotográficas profissionais a quem for almoçar ao Davvero na quarta-feira, 8 de Março, entre as 12.30 e as 15.30. Mas, atenção, não se esqueça de reservar mesa antes. Se nunca foi ao Davvero, fique a saber que para o chef italiano Isaac Kumi a composição de um prato é um assunto sério, muito sério. É um conjunto de dicotomias pensadas ao pormenor, conceitos quase antónimos que funcionam: requinte e simplicidade, tradição e inovação, e uma explosão de sabores num mínimo de ingredientes.

A força no feminino

  • Compras

Da cosmética biológica aos kimonos e soutiens, sem esquecer as festas e as aulas de bodyboard. Juntámos oito negócios inspiradores com mulheres ao comando. Não é uma selecção sexista, apenas um constatar óbvio da mudança dos tempos em Lisboa – afinal, é normal haver mulheres em lugares de liderança, a criar, a mandar e a fazer. Em Lisboa e em todo o lado. E é precisamente isso que acontece na Organii, no Time Out Market, na Rosa Pomar ou na Dama de Copas, que nos pôs a falar de mamas e soutiens sem qualquer vergonha.

  • Filmes
  • Terror

Foram sobretudo os homens que, historicamente, se sentaram na cadeira de realizador de filmes de terror (e não só). Mas, ao longo das últimas décadas, esse desequilíbrio começou a esbater-se, o género perdeu a conotação caricata, continuou a ganhar fãs, a qualidade das produções subiu, e hoje são várias as obras assinadas no feminino que nos fazem saltar do assento. Por isso, e porque um bom filme de terror não serve apenas para engatar descaradamente, deixamos-lhe uma lista de filmes de terror realizados por mulheres.

Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade