A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Ursula Reading Club
© Francisco Romão Pereira / Time OutBeatriz Rodrigues é a fundadora do Ursula Reading Club, que se reúne uma vez por mês na Tigre de Papel

Gosta de livros? Descubra os clubes de leitura e tertúlias em Lisboa

Ler não tem de ser uma actividade solitária. Descubra os melhores clubes de leitura e tertúlias em Lisboa e arredores.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Há muitos clubes de leitura por onde escolher (e mesmo para ir variando). São para adultos, são para jovens ou crianças, são para gente dos 8 aos 90, e estão por todo o lado, em Lisboa e nos arredores. Desde o novo Ursula Reading Club, que promove ficção científica feminista, até ao clube de leitura do Instituto Cervantes, para quem faz questão de ler na língua de nuestros hermanos, o importante é encontrar um onde se sinta bem-vindo. Vai ver que ler não tem de acontecer só entre trocas de metro, à noite, antes de ir dormir, ou nas férias de Verão. E não, também não precisa de o fazer sozinho. Palavra.

Recomendado: As melhores livrarias em Lisboa

Clubes de leitura e tertúlias em Lisboa

  • Coisas para fazer
  • Belém

No ano em que se assinala o 50.º aniversário da Revolução de 1974, o Centro Cultural de Belém promove um ciclo de leitura focado no conceito de liberdade, a falta dela e a forma como a vivemos. Com orientação da crítica literária Helena Vasconcelos e a primeira sessão marcada para 7 de Março, a proposta é começar por revisitar os acontecimentos de há cinquenta anos, com Revolução, o romance de Hugo Gonçalves que acompanha esses tempos de exaltação, bem como tudo o que se seguiu na construção da nossa democracia. Seguem-se várias análises sobre os traumas ligados à escravatura, com A Estrada Subterrânea, de Colson Whitehead (14 Mar); ao vício, com O Jogador, de Fiódor Dostoiévski (4 Abr); à falta de liberdade provocada pelo totalitarismo, com História de uma Serva, de Margaret Atwood (18 Abr); pela incapacidade física, com As Primas, de Aurora Venturini (9 Mai); e pela pressão da religião numa comunidade, com Se o disseres na Montanha, James Baldwin (23 Mai). A participação custa 7€ por sessão ou 33€ o conjunto.

  • Coisas para fazer
  • Eventos literários
  • Lisboa

Beatriz Rodrigues esteve envolvida no movimento anarquista durante anos. A certa altura, afastou-se para arejar as ideias e ficou a pensar como poderia juntar o interesse pelo activismo social e político à paixão pela “ficção especulativa libertária, esperançosa e cozy”. Agora que descobriu a pólvora e fez nascer o Ursula Reading Club, a ambição é juntar pessoas para conversar sobre como a literatura feminista também é uma ferramenta para projectar futuros. A proposta é simples. Todos os meses define-se um tópico inspirado na obra de Le Guin e, a cada encontro (há sempre um online e um presencial, que se tem realizado na Tigre de Papel), apresentam-se textos de ficção-científica ou de não-ficção que se relacionem com o tema em discussão. Pontualmente, pode haver uma ou outra sugestão de contos ou ensaios curtos para reflexão conjunta. Para participar, basta estar atento ao site do clube, onde encontra mais informações, inclusive sobre as datas dos próximos encontros.

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Baixa Pombalina

O grupo ILGA-te à Leitura reúne-se mensalmente para conversar sobre livros e partilhar ideias. Não existe um único livro que todas as pessoas leem: cada pessoa lê o que quiser e, depois, em cada sessão, partilham-se as respectivas leituras e visões. Os encontros são dinamizados por Ana Vicente e ocorrem presencialmente no Centro Comunitário LGBTI+ e, simultaneamente, online na plataforma Zoom, quase sempre nas primeiras quintas-feiras de cada mês, das 19.00 às 20.30. Todas as pessoas são bem-vindas e a entrada é livre, mas a inscrição é obrigatória, através do formulário online.

  • Compras
  • Livrarias
  • Grande Lisboa

Se já ouviu falar das “festas de leitura” que andam a fazer sucesso em bares nova-iorquinos, talvez a ideia de um Clube do Livro Silencioso não lhe pareça assim tão estranha. Mas, por via das dúvidas, nós explicamos. O objectivo é pôr pessoas a ler em conjunto, mas em silêncio. “A ideia surgiu em conversa entre clientes e amigos sobre a falta de tempo para ler. Achámos que poderíamos criar o espaço ideal para parar, para ler, mas em comunidade, uns com os outros”, diz à Time Out Rosa Azevedo, co-proprietária da editora e livraria Snob, de portas abertas no 32A da Travessa de Santa Quitéria. A leitura é livre, a participação também. Que é como quem diz: não custa nada. As sessões acontem todos os quartos sábados de cada mês, das 11.00 às 12.30.

Publicidade
Clube de Leitura de Poesia
© Francisco Romão Pereira / Time Out

Clube de Leitura de Poesia

Numa colaboração entre a Biblioteca/ Espaço Cultural Cinema Europa e a Casa Fernando Pessoa, inaugurado em 2023 no âmbito da Feira do Livro de Poesia, o Clube de Leitura de Poesia funciona mensalmente até Junho na Casa Fernando Pessoa e posteriormente, de Setembro a Dezembro, na Biblioteca / Espaço Cultural Cinema Europa. As sessões são mediadas por Isabel Machado, coordenadora da Biblioteca/Espaço Cultural Cinema Europa, acompanhada por Teresa Monteiro, bibliotecária da Casa Fernando Pessoa. As inscrições são feitas por e-mail (info@casafernandopessoa.pt) ou telefone (21 391 3270).

  • Coisas para fazer
  • Avenida da Liberdade

A LeYA tem um clube de leitura juvenil, para miúdos entre os 12 e os 14 anos. O nome, A Culpa é dos Livros, é uma referência brincalhona ao título do livro de John Green A Culpa é das Estrelas. O objectivo é contrariar a lógica das leituras obrigatórias e promover uma dinâmica de grupo proactiva, que permita aos participantes escolher, em conjunto, o que querem ler ou abordar em cada sessão. No âmbito do clube, vai haver encontros uma vez por mês, sempre aos sábados de manhã, na livraria Buccholz. A participação é livre, mas está sujeita a inscrição online e a lotação máxima é de 20 participantes.

Publicidade
  • Teatro
  • Princípe Real

Promovido pelo Teatro da Cidade em parceria com os Artistas Unidos, Um Clube de Leitura de Peças de Teatro tem lugar no Teatro da Politécnica, no Príncipe Real, e chega a juntar até 40 pessoas (a veterana é Joana Terlica, com mais de 70 anos, que a seguir à primeira sessão já estava a enviar um e-mail a agradecer). A ideia é descobrir, em conjunto com o público, textos da dramaturgia universal e os encontros acontecem sempre na última segunda-feira de cada mês, das 19.00 às 21.00. Para participar, basta inscrever-se online.

  • Restaurantes
  • Chiado/Cais do Sodré

Melyssa Griffin abriu o Fable, um café-livraria no Príncipe Real, em Novembro de 2023. Entretanto, já inaugurou uma data de clubes de leitura em inglês, nomeadamente o Modern Fiction Book Club, dedicado a ficção contemporânea; o Book Therapy Book Club, dedicado a livros de psicologia e desenvolvimento pessoal; o Queer Book Club, para quem quer ler mais literatura LGBTQIA+; Neurodivergent Voices Book Club, para discutir livros de autores ou com representação neurodivergente; e Social Justice in Science Fiction Book Club, focado em leituras de ficção científica que abordem temas relacionados com justiça social. Todos os clubes contam com uma sessão presencial por mês e é possível reservar o seu lugar através da plataforma Eventbrite (encontra tudo o que precisa no linktree do Fable).

Publicidade
  • Coisas para fazer
  • Centros culturais
  • Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Costuma ler em espanhol? Se sim ou se nem por isso, mas adorava começar, o Clube de Leitura do Instituto Cervantes reúne-se todos os meses para falar sobre um livro. Trata-se de um espaço de diálogo e intercâmbio cultural, onde todos são bem-vindos. Moderados por Karla Suárez, os encontros são gratuitos e têm uma duração aproximada de duas horas. Para mais informações, envie e-mail (biblis1@cervantes.es).

Clubes de Leitura O Vilarejo
©Joana Freitas

Clubes de Leitura O Vilarejo

O Vilarejo é um projecto de organização e mediação de clubes de leitura, com curadoria pautada por “bibliodiversidade”. Além de um clube de leitura em Lisboa, o Giro pelos Livros (inscrições por telefone: 912 251 876), promovem outros dois em Cascais, o Indie, uma quinta-feira por mês, às 19.00, na Livraria Dèjá Lu (20€, inscrições por e-mail: vilarejoleitura@gmail.com); e o Clube Sobre Adolescência, em parceria com Luísa Dias e a Escola Aprendizes, que se realiza uma terça-feira por mês, às 18.30, na Biblioteca da Escola Aprendizes (20€, inscrições por e-mail: vilarejoleitura@gmail.com).

Publicidade
  • Atracções
  • Bibliotecas, arquivos e fundações
  • Areeiro/Alameda

Neste clube de leitura, que acontece uma vez por mês na Biblioteca do Palácio Galveias, encontrará um espaço de apresentação e partilha informal de obras destinadas ao público infanto-juvenil de acordo com diversas temáticas, bem como de partilha de impressões e experiências de leitura com pais, tutores e outros familiares. A dinamização está a cargo de Adelaide Bernardo, Maria José Leite e Natacha Lopes. A participação é gratuita, mediante marcação prévia através de e-mail (bib.galveias@cm-lisboa.pt).

  • Atracções
  • Grande Lisboa

A Biblioteca Municipal do Seixal arrancou 2024 com um novo projecto. Pensado para crianças dos sete aos 11 anos, o Clube de Leitura Livros, Pensamento e Cidadania vai decorrer durante o primeiro semestre do ano e pretende ser um tempo e um espaço para explorar temas pertinentes relacionados com a cidadania e os direitos humanos através da literatura. Além de leituras performáticas, estão previstas reflexões em grupo e momentos de leitura em voz alta. A dinamização da sessão será feita por Ana Sofia Nunes, do projeto Cultura.Educa - Pedagogia, Mediação Cultural e Criação Artística. As inscrições são feitas por telefone (210 976 100) ou e-mail (biblioteca.se@cm-seixal.pt).

Publicidade
Comunidade de Leitores de Alvalade
  • Coisas para fazer
  • Alvalade

Promovida pela Biblioteca Manoel Chaves Caminha, a Comunidade de Leitores de Alvalade reúne-se todas as terceiras quarta-feiras de cada mês no Centro Cívico Edmundo Pedro. As sessões são temáticas e têm início às 18.30, para as quais se propõe a leitura de um livro relacionado com o tema seleccionado. Para mais informações e pré-inscrições (para recenseados na freguesia de Alvalade, a partir dos 13 anos), deverá inscrever-se neste formulário online.

Grupo de Leitores das Bibliotecas de Oeiras
DR

Grupo de Leitores das Bibliotecas de Oeiras

Todos os meses, uma vez por semana, as Bibliotecas de Oeiras promovem um encontro entre leitores. Para saber mais, basta contactar as coordenadoras dos eventos na Biblioteca Municipal de Algés (maria.cruz@oeiras.pt), na Biblioteca Municipal de Carnaxide (josefina.melo@oeiras.pt) e na Biblioteca Municipal de Oeiras (rute.a.oliveira@oeiras.pt).

Publicidade
  • Museus
  • Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

O Clube do Livro de BD surge de uma vontade já antiga. Com participação gratuita, mediante inscrição prévia, a iniciativa realiza-se uma vez por mês e o objectivo é criar — com a colaboração de autores, especialistas e entusiastas – um espaço de conhecimento e discussão de BD. Cada sessão será dinamizada por uma pessoa diferente, que indicará um livro que deverá ser lido antes pelos participantes. “Os livros seleccionados são sempre livros disponíveis no mercado e na rede de bibliotecas de Lisboa”, esclarece Tiago Guerreiro. A participação é gratuita, mediante inscrição prévia (bilheteira@museubordalopinheiro.pt).

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Chiado

Promovido pela Mensagem, o Clube de Leitura de Lisboa reúne-se com todos os seus leitores uma vez por mês. Os livros seleccionados destacam-se por terem sempre alguma relação com a cidade de Lisboa – seja ela paisagem de uma personagem ou a personagem principal – e o escritor ou escritora deverá estar presente para uma conversa com a obra. Para participar, deverá inscrever-se online.

Publicidade
Heróides
DR

Heróides

Foi em 2021, na sequência do Prémio Revelação Teatro Nacional D. Maria II/ Ageas, que a actriz e encenadora Sara Barros Leitão decidiu fundar uma estrutura artística onde pudesse desenvolver os seus projectos. Da Cassandra nasceu o Heróides, um clube do livro feminista, que convida a conhecer e a debater obras que se afastem do cânone masculino, branco e europeu. O calendário para 2024 já está disponível online. E, como é habitual, no último sábado de cada mês, os participantes encontram-se para conversar sobre a respectiva leitura. A participação é gratuita e há sempre tradução em Língua Gestual Portuguesa.

Leituras e livrarias

  • Compras
  • Livrarias

Entre livrarias mais conhecidas ainda sobrevivem na cidade outras independentes, onde por vezes se sacode o pó das prateleiras. Romances, policiais, biografias, livros de história e de arte, de fotografia ou de banda desenhada, Lisboa está cheia de boas páginas para serem lidas e levadas para casa. Ora deite o olho na lista abaixo e descubra as melhores livrarias da cidade.

Recomendado
    Também poderá gostar
    Também poderá gostar
    Publicidade