Ideias para aproveitar o dia mais curto do ano (e viver uma noite longa)

Está aí o solstício de Inverno. E se o dia promete ser curto, com poucas horas de sol, a noite tem tudo para ser longa. Ora consulte a agenda
linda martini
©Dunya Rodrigues Linda Martini
Por Maria Ramos Silva |
Publicidade

É de noite que este dia começa. Não é que não deva aproveitar ao máximo as mínimas horas de luz de dia 21, mas é o serão deste solstício de Inverno que promete. O Coliseu transforma-se num ringue, há alfaiates em modo pré-natalício, pés de dança à beira Tejo e sabe-se lá mais o que pode aparecer pelo caminho. 

Coisas para fazer no dia mais curto do ano

ZdB
© Ana Luzia
Arte, Galerias

Cafetra na Zé dos Bois

icon-location-pin Bairro Alto

O cancioneiro Cafetra presta-se a sonorizar o Natal, oferecendo assim Um Outro Espectáculo de Natal. Dispensa bolas e luzes e despacha a festa. À mesa, reúne a sua família musical e distribui malhas para todos, a partir das 22.00. Há quanto tempo não ia ao Bairro Alto a uma quinta-feira? Isso. E leve seis euros.

Publicidade
noiserv
©Vera Marmelo
Teatro

Noiserv no Teatro Ibérico

icon-location-pin Xabregas

A Associação Teatro Ibérico instalou-se na Igreja do Convento de Xabregas em 1981 e hoje é também a casa da Companhia João Garcia Miguel. Graças às excelentes condições acústicas do espaço, a sala é também palco de concertos e a única sala dedicada ao teatro lírico para além do São Carlos. Por lá, a partir das 21.30, passa esta noite Noiserv. 

Tito Paris
©Pedro França
Noite

22 anos de B. Leza

icon-location-pin Cais do Sodré

Depois do Conde Barão, o Cais do Sodré, e se a aura mudou, a boa música continua a ser servida como sempre. É a 21 que o B'Leza faz 22. Anos de vida, com direito a festa de entrada livre a partir das 22.30, e muitos convidados, como Calú Moreira, Celina Pereira, Dany Silva ou Tito Paris. Ainda bem que o dia é pequeno para sobrar mais para a noite.

 

 

Mais coisas para fazer na cidade (antes de o sol se por)

Jardim da Gulbenkian
©Pedro Ribeiro Simões
Coisas para fazer

Os melhores parques e jardins em Lisboa

O sol pede programas e passeios ao ar livre. Em Lisboa há parques e sombras para todas os gostos e nós escolhemos os melhores para brincar com os miúdos, ler um livro ou fazer um piquenique nos intervalos dos dias de praia.

The  Mill
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Cafés

Cafés em Lisboa para se abrigar do frio

É tempo de pôr uma camisola mais quentinha, esquecer as idas à praia e procurar abrigo em cafés acolhedores. Damos-lhe ideias para todos os dias da semana.   Recomendado: As esplandas mais quentes de Lisboa

Publicidade
Home_Stretch_Jeff Drongowski
©Jeff Drongowski
Coisas para fazer

10 sítios para correr em Lisboa

Matas, parques, zonas ribeirinhas. Basta escolher o cenário mais apelativo para começar, ou continuar, a correr em Lisboa. Decore as dez paragens que se seguem e fique em forma num instante. 

Museu do Oriente
©Museu do Oriente
Museus

20 museus que tem mesmo de visitar em Lisboa

Edifícios relativamente novos, com linhas que são uma perdição para a fotografia, e clássicos da cidade que patrocinam autênticas viagens no tempo. Destaque-se ainda os inúmeros e regulares workshops e eventos que promovem para adultos e crianças, ou mesmo as cafetarias e brunches que também são pequenas obras de arte. Deixamo-lo com uma visita guiada aos melhores museus em Lisboa, dando razões para redescobrir endereços obrigatórios e ideias para explorar colecções surpreendentes.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com