A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Open House
©João GuimarãesCasa na Estrela

Oito sítios que tem de visitar durante o Open House Lisboa

O festival que convida à descoberta da arquitectura de Lisboa chega este ano também à margem sul. Estes são os espaços em que tem mesmo de visitar.

Escrito por
Joana Moreira
Publicidade

Pela primeira vez, o Open House Lisboa estende-se além do Tejo e chega a Almada. Durante o fim-de-semana, vai ser possível conhecer 68 espaços, públicos e privados. As visitas a sítios históricos destas cidades, além de casas particulares e locais menos conhecidos em que a arquitectura se destaca, são gratuitas, mas a pandemia obriga à inscrição prévia. E há tantos lugares para visitar – é a segunda maior edição de sempre – que planos não faltarão. Dizemos-lhe o que é imperdível. O programa completo encontra no site do Open House.

Recomendado: Está aí o Open House Lisboa e pela primeira vez chega à margem sul

Portas que o Open House abriu

Antigos estaleiros da Lisnave
Hugo David

1. Antigos estaleiros da Lisnave

Inaugurada em 1967, esta antiga base naval foi desactivada no final do ano 2000. Desde então já foi palco de um concerto dos Moonspell e alvo da intervenção de Vhils (Alexandre Farto) – a visita vale também para contemplar as muitas obras do artista que ocupam as paredes.

Avenida Aliança Povo MFA, 1, Almada. Visitas: Sáb-Dom 10.00-18.00

Casa na Estrela
©João Guimarães

2. Casa na Estrela

É uma casa toda em betão na zona da Estrela, um projecto do ateliê Aires Mateus (2017). A piscina, no piso superior, tem a forma de uma taça e tem vista, por um lado, para a Basílica da Estrela e, por outro, para o rio Tejo. A casa permite fazer dois circuitos independentes, um interior e outro exterior, facilitando a deslocação entre divisões.

Rua de São Bernardo, 22. Visitas: Sáb-Dom 11.00-13.00 e 15.00-18.00

Publicidade
  • Arte
  • Lisboa

As Carpintarias de São Lázaro foram devolvidas à cidade, mas agora enquanto pólo de criação multidisciplinar e contemporâneo. O edifício, que funcionou com uma carpintaria industrial desde 1928, pode ser descoberto livremente ou com um especialista durante o fim-de-semana.

Rua São Lázaro, 72. Visitas: Sáb-Dom 10.00-19.00

Apartamento na 24 de Julho
Gonçalo Valente

4. Apartamento na 24 de Julho

É mais uma casa que o Open House permite descobrir. Este apartamento luminoso na 24 de Julho tem quatro quartos e uma sala central que revela a estrutura em madeira da cobertura. A reabilitação aconteceu em 2014 pelas mãos do ateliê SIA Arquitectura.

Avenida 24 de Julho, 84. Visitas: Sáb 10.00-19.00, Dom 10.00-14.00

Publicidade
  • Atracções
  • Grande Lisboa

A uma viagem de cacilheiro de distância está a Fragata D. Fernando II e Glória, uma embarcação à vela do século XIX que serviu a Marinha Portuguesa. Foi lançada à água pela primeira vez em Outubro de 1823 e hoje permanece na doca seca em Cacilhas. 

Largo Alfredo Dinis, Cacilhas. Visitas: Sáb-Dom 10.00-17.45

  • Arte
  • Grande Lisboa

Estando em Almada, porque não aproveitar para conhecer a Casa da Cerca? Esta antiga quinta de recreio setecentista foi convertida num centro de arte contemporânea em 1993. Hoje tem uma galeria, um jardim botânico (inaugurado em 2001) e uma cafeteria. 

Rua da Cerca, Almada. Visitas: Sáb-Dom 10.00-19.00

 

Publicidade
  • Museus
  • História
  • Alcântara
  • preço 1 de 4

Perto do rio também está o Museu do Macau, onde a história da cidade e as relações históricas entre Portugal e China estão em destaque no espaço expositivo. O Open House é a desculpa para descobrir o edifício, os núcleos de exposições e a completa biblioteca.

Rua da Junqueira, 30. Visitas: Sáb-Dom 10.00-19.00

  • Museus
  • Beato

É de aproveitar a entrada gratuita neste museu dedicado ao azulejo que é um dos mais visitados de Lisboa. A sua arquitectura tem elementos manuelinos, barrocos e rococó e o edifício inclui uma igreja em talha dourada com painéis de azulejos de grande escala, em azul sobre branco. 

Rua da Madre de Deus, 4. Visitas: Sáb-Dom 10.00-13.00, 14.00-18.00

Outras coisas para fazer este fim-de-semana

  • Filmes

Se é daqueles que não deixa passar uma estreia, pode espreitar os filmes em cartaz esta semana. Mas, se é um verdadeiro cinéfilo (ou um aspirante a), deve ter em mente que algumas pérolas do cinema escapam às grandes salas. São clássicos para ver e rever – ou apenas filmes fora da rota comercial e por isso fora dos grandes centros comerciais. Para não perder nada, todas as semanas damos-lhe as melhores sugestões de cinema alternativo em Lisboa, em salas muito especiais.

  • Coisas para fazer

Escolher um sítio para uma refeição incrível, assistir a uma performance, fazer um passeio, explorar um festival da cidade onde se pode perder, ou assistir a um concerto num espaço perto de si. Parece simples, mas às vezes é uma grande trabalheira. Ou não tivesse Lisboa muito por onde escolher. Não dê mais voltas à cabeça a decidir o que fazer no fim-de-semana, que nós damos uma ajuda para que tenha três dias perfeitos de actividades. Tem dúvidas? Então espreite esta lista que lhe deixamos, com propostas para todos serem mais felizes.

Publicidade
  • Arte

Acha que não se passa nada em Lisboa este fim-de-semana? Qual quê. Há muitas exposições para provar que está bem enganado, até porque a cultura precisa de ser reanimada. Portanto, torne os próximos dias mais culturais, sozinho ou com a família toda atrelada (há exposições kids friendly). Com tantos museus e galerias na cidade, é impossível não ter o que ver. Mas não queremos que se perca e, por isso, dizemos-lhe quais as exposições a que deve prestar atenção em Lisboa. Não há desculpas, só precisa é de ter cuidados: leve o álcool-gel e a máscara e mantenha o distanciamento.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade