A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Silêncio nível 4: atingir o nirvana
Unsplash Silêncio nível 4: atingir o nirvana

Silêncio: o nível 4 é para atingir o nirvana

Está pronto para atingir o nirvana? Bom, nem tanto. Talvez seja melhor deixar a felicidade eterna para outra altura.

Escrito por
Ana Rita Carvalho
Publicidade

Esquecer o mundo e conectarmo-nos connosco próprios e com o que estamos a sentir, não só no corpo, mas também na moleirinha, nem sempre é fácil. Muitas vezes é até, diríamos, verdadeiramente complicado. Mas é preciso. A não ser, claro, que queira dar o berro e ir passar férias para o hospital mais próximo. Pessoalmente, não recomendamos. E, para o ajudar a reencontrar uma paz de espírito que a pandemia quase aniquilou, temos muitas propostas Se a telepatia não for possível, pelo menos o silêncio e a calma.

Recomendado: Yogui, estás ligado? Há aulas de yoga para crianças online

Silêncio: o nível 4 é para atingir o nirvana

  • Coisas para fazer

Foco, foco, foco. Desligarmo-nos do mundo exige grande força de vontade, mas os resultados são animadores – ou apaziguadores, talvez. Vai é ter de deixar os preconceitos de lado, porque é provável que tenha uma ideia errada sobre o que é a meditação. Estas apps ajudam a reduzir os níveis de ansiedade, que nesta altura de confinamento atingem os píncaros.

  • Coisas para fazer

Não precisa de ser nenhum Van Gogh. Basta voltar a ser criança e atirar-se aos lápis de cor ou às tintas a óleo. Com ou sem cavalete, numa folha de papel ou numa tela de algodão, transforme a ansiedade, que tem andado a acumular sem vergonha, numa obra de arte. E, num acesso de loucura, pense em reabilitar aquela parede branca e triste, que já beneficiava de um muralzinho. Se ficar muito mal, tem bom remédio: pintar por cima. Para bons materiais, vale a pena espreitar a Craftelier, a Anamorfose e o Sítio das Artes.

Publicidade
Argila ou barro? O importante são as mãos
Unsplash

3. Argila ou barro? O importante são as mãos

Atenção: vai ter de se sujar. Mas uma coisa é certa, há poucas coisas melhores para o stress. Com um pouco de água e muito trabalho de mãos, poderá ver nascer peças de decoração incríveis ou até um pratinho onde pousar as chaves de casa no móvel da entrada. De amassar a coisa até à forma final, vai ver que o tempo passa num instante, sobretudo se aproveitar para esquecer os afazeres do dia-a-dia. E, se não sabe onde arranjar o material para modelar, espreite o Ponto das Artes, o Risco de Lápis ou a Papelaria Soares.

Coisas para fazer em silêncio

  • Coisas para fazer

Entre em modo avião – tal e qual como a postura de yoga ou a opção do telefone que permite cortar as conexões com o exterior. Sabemos que estes são tempos difíceis, mas precisa mesmo de parar para respirar, para definir prioridades, para cuidar de si e relaxar, nem que seja por breves momentos. Não precisa de dominar nenhuma técnica especial, estas dicas são para todos os que precisam de controlar as ânsias, sem excepção.

  • Coisas para fazer

Tem problemas de concentração no teletrabalho? Quer treinar em casa mas não sabe bem como? Quer aprender a ler as estrelas sem que lhe chamem astrólogo? Ou precisa de ser mais sustentável e não sabe? Bem, nesta lista de apps para tudo e mais alguma coisa encontrará as respostas a estas perguntas e mais algumas. Não precisa de agradecer.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade