Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As melhores lojas da Avenida da Liberdade

As melhores lojas da Avenida da Liberdade

Palmilhámos os 1273 metros mais caros da cidade para descobrir as melhores compras para todas as carteiras

Louis Vuitton
©STEPHANE MURATET
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

O encanto da 10.ª rua mais luxuosa do mundo está nas lojas que enchem as belíssimas montras de peças de roupa, sapatos, jóias e relógios com preços com mais de quatro dígitos. Junte-se aos turistas mais ricos para ver as modas, cumprimentar o segurança à porta e estoirar o ordenado sem culpas, se por acaso é isso que lhe apetece fazer. Mas saiba que entre as melhores lojas da Avenida da Liberdade também se encontram espaços acessíveis e até algumas pechinchas. Não acredita? As provas estão aqui mais a baixo.

Recomendado: Os melhores sítios para fazer compras na cidade

As lojas da Avenida

1
Louis Vuitton
©Louis Vuitton
Compras

Louis Vuitton

Avenida da Liberdade

É famosa pelas carteiras, mas a verdade é que não é para todas as carteiras. E a loja cheira a fresco. A Louis Vuitton apareceu de cara lavada – o espaço é maior e consegue albergar uma oferta também maior de todas as categorias de produtos. Tem ainda, pela primeira vez, a colecção ready-to-wear da Maison, a par das míticas carteiras, acessórios, viagem, sapatos, fragrâncias, livros, relógios e jóias. Também há espaço para a arte na nova loja: no piso térreo pode olhar para o quadro do artista português José Luís Neto, no piso de cima há uma obra de Anselm Reyle e, ambos os pisos estão interligados por três cadeiras Coccon criadas por Fernando & Humberto Campana para a colecção Objects Nomades Louis Vuitton. 

2
Costa Nova
Inês Félix
Compras

Costa Nova

Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Esta marca nacional de louça em grés fino, que exporta grande parte da sua produção, chegou a Lisboa para conquistar os lisboetas. Entre mobiliário antigo, arranjos florais, velas e louça (sobretudo), encontra agora na Rua Castilho as colecções Costa Nova, assim como o universo criativo da marca – presente nos moldes e nas luvas, que foram usadas para produzir estas peças e que vieram directamente da fábrica, onde a marca ainda possui o seu primeiro ponto de venda ao público. Para além da característica louça de grés fino, há também talheres, copos de vidro, e têxteis para o lar. Objectos feitos a partir dos melhores recursos naturais nacionais e a celebrar a arte de bem servir e o amor pela gastronomia mediterrânica partilhada com família e amigos (diz a própria marca).

Publicidade
3
Loja das Meias (avenida da liberdade)
Fotografia: Arlindo Camacho
Compras

Loja das Meias

Avenida da Liberdade

120 anos depois de abrir pela primeira vez no Rossio, a Loja das Meias chegou à avenida mais chique da cidade com dois nomes de peso em destaque no primeiro piso: Dior e Céline. Mas há muito mais – Moschino, Pucci, Marc Jacobs, Lanvin e Ferragamo são apenas alguns exemplos.

4
Overcube/Instagram
Compras

Overcube

Avenida da Liberdade

A Overcube abriu a sua primeira loja física na Avenida e guarda o maravilhoso mundo do calçado lá dentro. Surgiu online em Março de 2018 com o objectivo de ser um motor de inovação que redefinisse o papel da indústria do calçado no universo digital, sendo que agora o passo foi consolidado dentro de quatro paredes. Na loja conjugam o retalho tradicional com a inovação do comércio online, sempre a piscar o olho ao calçado português. Na nova loja é possível encontrar modelos das marcas Fly London, Softinos, ASPORTUGUESAS e Foreva. Os clientes podem ainda comprar modelos das mais de 50 marcas disponíveis na loja online através de quiosques interactivos.

Publicidade
5
Boggi Milano
Boggi Milano
Compras

Boggi Milano

Avenida da Liberdade

É uma estreia em Portugal e fica na Avenida, esta que é a primeira loja da marca italiana de moda masculina. Tem 290m2 e apresenta as linhas Formal e Easy Formal da marca, num espaço clean e bem modernaço, que conta com uma área lounge, onde os clientes podem relaxar e pensar bem no que vão comprar. A Boggi Milano é feita para aqueles senhores cosmopolitas que gostam de envergar aquele look de "vou trabalhar, mas depois tenho um jantar de amigos e preciso de ir bem mas confortável". Está a ver o tipo? A Boggi Milano abriu também um outro espaço, ainda que seja em formato outlet, no Freeport.

6
Compras

Freakloset

Avenida da Liberdade/Príncipe Real

É aqui que a magia acontece. São portugueses e têm a etiqueta da Freakloset, uma das marcas de calçado que 2016 trouxe ao mundo. Estes sapatos e ténis cheios de pinta reinventam-se a cada estação e, o melhor de tudo, são personalizáveis – é o que os torna especiais. A sola de uma cor, os cordões de outra, o calcanhar com mais uma, enfim, os Freakloset podem dar-lhe um andar colorido ou mega sóbrio, como muitos gostam. Pode comprá-los online ou no showroom da marca. 

Publicidade
7
Juliana Herc - Avenida da Liberdade
@DR
Compras

Juliana Herc

Avenida da Liberdade

O espaço é da responsabilidade do arquitecto da vizinha Cartier, as peças são sofisticadas e os preços são altos, mas não tão proibitivos como os de algumas lojas da Avenida. Descubra o design brasileiro, 100 % produzido em solo nacional, que invadiu o número 250 da Avenida da Liberdade.

8
PERFUME RITUALS
Compras

Rituals Avenida

Avenida da Liberdade

Aqui há presentes para toda a família, da mãe ao pai, da avó à tia, todos gostam de um creme cheiroso ou de uma vela perfumada. A Rituals tem uma gama extensa para eles e para elas do creme de mãos ao perfume, e vale também pensar na casa – um difusor de pauzinhos ou de spray, escolha. A vantagem está nos coffrets especiais que facilitam as compras.    

Publicidade
9
Prada - Avenida da Liberdade
@Mario Ciampi
Compras

Prada

Avenida da Liberdade

Esteve em lista de espera para conseguir um poiso na Avenida durante dois anos, mas lá conseguiu encontrar 650 metros quadrados, divididos por dois andares, para se instalar. O ambiente é sóbrio e elegante, com colunas, chão preto, alcatifa cinzenta e paredes espelhadas, e condiz na perfeição com as peças cujo preço chega a ultrapassar os 10 000 euros.

 

10
©Zadig&Voltaire website
Compras

Zadig & Voltaire

Avenida da Liberdade

Declarou a sua paixão pela cidade na última edição da Vogue Fashion Night Out, ao estampar em 12 carteiras exclusivas “Zadig loves Lisboa”. É a marca francesa mais rebelde da Avenida e gosta de acrescentar às peças básicas em pele ou caxemira umas caveirinhas.

Publicidade
11
©Facebook COS
Compras

Cos

Avenida da Liberdade

Era uma das lojas mais desejadas pelos lisboetas (Top Shop, Urban Outfitters ou Anthropologie continuam por lá, para tristeza de muita gente) mas desde 2014 que habita o 67C da Avenida, com os seus cortes minimalistas espalhados por três andares. Pertence à gigante H&M mas não partilha dos seus preços simpáticos.

12
Colar da Guess
©DR
Compras

Guess

Avenida da Liberdade

“Não tomámos nenhuma vacina anticrise”, disse Ronald Bordheim, CEO do grupo internacional a que esta loja pertence, para explicar que não escolheu a Avenida da Liberdade para conquistar propriamente clientes estrangeiros com plafond ilimitado. O 14º espaço da marca em Portugal é o maior de todos, com dois andares cheios de roupa justa e sedutora, e conta com a colecção Jeans, mais jovem, descontraída e barata.

Publicidade
13
Fashion Clinic Men
DR
Compras

Fashion Clinic

Avenida da Liberdade

É a meca do luxo em Lisboa. Na concept store Fashion Clinic há todas as marcas de moda de topo, de das solas vermelhas de Louboutin a Dior, Kenzo, Saint Laurent, Givenchy, Jimmy Choo e Balmain.

14
Pinko (avenida da liberdade)
Fotografia: Manuel Manso
Compras, Vestuário feminino

Pinko

Avenida da Liberdade

A primeira loja da marca italiana em Lisboa abriu na Avenida da Liberdade e trouxe de Parma alguns clássicos como o fato preto, o blazer de corte ultra-feminino, os folhos, a blusa de laçada, o blusão de pele, as rendas e as peças de inspiração desportiva. 

Publicidade
15
Massimo Dutti, Avenida da Liberdade
Duarte Drago
Compras

Massimo Dutti Avenida

Avenida da Liberdade

Esta é uma loja única no mundo da marca do grupo Inditex, e não é por ter um atendimento personalizado com provadores inteligentes ou até um corner da editora alemã Taschen. É única porque o espaço é que ditou o que seria esta Massimo Dutti. O edifício, classificado como Monumento de Interesse Público desde 2012, foi recuperado com um projecto do arquitecto André Caiado (Contacto Atlântico). Já a decoração interior ficou a cargo do estúdio de Lázaro Rosa-Violán.  Aqui não há nada que destoe, cada peça, cada cor combina com a sala onde está. Dois exemplos: na Sala Flores, piso 0, talvez a mais pitoresca, estão as cores mais vivas, enquanto na Sala Noite, no piso 1, reinam os tons mais escuros. E há ainda um pequeno jardim nas traseiras do palacete, que por agora ficará fechado, mas a ideia é que seja aberto aos clientes. Percebeu agora porque precisa de tempo para vir a esta loja?

16
Andre Opticas
©Facebook Andre Opticas
Compras

André Opticas Avenida

Avenida da Liberdade

Jardim com um lago, zona lounge e café gourmet. Três coisas essenciais para quem precisa de comprar… óculos. O oculista com mais pinta da cidade tem aqui o seu maior espaço e marcas como Bulgari, Céline, Chloé, Cutler and Gross e Dita. Para ver bem e com estilo.

Publicidade
17
Boutique dos Relogios Plus - Av Liberdade
@Plano Focal
Compras

Boutique dos Relógios Plus

Avenida da Liberdade

Esqueceu-se do relógio em casa? Aqui encontra um dos pontos da Avenida onde pode ver as horas – e este é um deles, com um relógio Breguet à porta. Lá dentro, o investimento de 1,5 milhões de euros está à vista: além de relojoaria e joalharia, há um bar com garrafeira inteligente, uma zona lounge e uma sala privada escondida atrás de uma parede que abre automaticamente, com isolamento de som e atendimento personalizado. 

18
Stivali
©Stivali website
Compras

Stivali

Avenida da Liberdade

Bem pode procurar pela montra desta loja , que não vai encontrar assim tão facilmente. No antigo Centro Comercial Guerin e mesmo ao lado do Holmes Place, vende marcas internacionais como Balenciaga, Dolce Gabbana, Valentino e Donna Karen e tem um corner exclusivo da Chanel, com móveis desenhados pelo arquiteto Peter Marino, responsável pela imagem da grife francesa.

Publicidade
19
Fly London - Bota
@DR
Compras, Moda

Fly London

Avenida da Liberdade

A história é velhinha e já foi contada centenas de vezes: era uma vez uma marca de sapatos nacional que adoptou um nome estrangeiro e fez sucesso lá fora muito antes de começar a calçar os pés dos portugueses. Instalou-se na Avenida no mesmo ano em que abriu uma loja em Covent Garden (Londres). Por cá, não há como não dar pela loja. À semelhança da fachada, a Fly London levou todas as modernices lá para dentro.

20
Michael Kors - Avenida da Liberdade
@DR
Compras

Michael Kors

Avenida da Liberdade

Muitos só conhecem o nome do programa de televisão Project Runway, mas estamos a falar de um designer com mais de 30 anos de carreira e para cima de 50 lojas em todo o mundo. A da Avenida da Liberdade foi a primeira a abrir em Portugal e faz suspirar as adeptas dos padrões animais e do estilo urbano-chique. O forte são os acessórios, mas também há roupa – e da linha menos cara do criador nova iorquino.

Publicidade
21
Miu Miu - Avenida da Liberdade
@Mario Ciampi
Compras

Miu Miu

Avenida da Liberdade

A filha mais nova da Prada é menos elegante e clássica e mais espalhafatosa e colorida. Aqui brinca-se com padrões sem olhar a preços e perde-se a cabeça logo à entrada, onde estão expostos os óculos de sol.

22
Montblanc - Caneta
@DR
Compras

Montblanc

Avenida da Liberdade

Se o entusiasmo passar os limites num passeio pelas lojas da Avenida, talvez tenha de passar um cheque. E na hora de assinar, aqui não vale usar Bic. Na centenária Montblanc pode encontrar canetas que mais parecem jóias, além de relógios, óculos e perfumes.

 

Publicidade
23
Stivali - Avenida da Liberdade
@DR
Compras

Stivali

Avenida da Liberdade

Bem pode procurar pela montra desta loja que não a vai encontrar assim tão facilmente. No antigo Centro Comercial Guerin e mesmo ao lado do Holmes Place, vende marcas internacionais como Balenciaga, Dolce Gabbana, Valentino e Donna Karen e tem corners exclusivos da Chanel, Saint Laurent e Valentino, que preferiram assentar arraiais na Stivali em vez de abrir loja em nome próprio na avenida mais cara de Lisboa.

24
Burberry
©DR
Compras

Burberry

Avenida da Liberdade

Faça um ar superior e carregue no "accent" britânico que esta é a verdadeira loja para inglês ver (inglês aristocrático, leia-se). Faça chuva ou faça sol, aposte na clássica gabardine (ou trench coat), bege com forro de xadrez, na loja que a Burberry reabriu em 2014.

Publicidade
25
Ermenegildo Zegna - Avenida da Liberdade
@DR
Compras

Ermenegildo Zegna

Avenida da Liberdade

O alfaiate italiano mais conhecido do mundo tem dois andares ao seu serviço em Lisboa. É no primeiro do número 177 da Avenida que os empresários podem fazer fatos à medida, com direito a consultoria de imagem. E ainda levam umas belas malas de negócios para complementar a indumentária. 

26
Longchamp - Jeremy Scott Le Pliage Zodiac
@Oliver Mesnage
Compras

Longchamp

Avenida da Liberdade

Quem disse que o tamanho interessa? A Longchamp do principal eixo da cidade é pequenina mas tem tudo o que interessa lá dentro, das icónicas Le Pliage (as mais pequeninas de todas, onde não cabe muito mais do que um telefone e um porta-moedas e custam a partir de 95 euros) às ousadas colaborações anuais com outros designers ou artistas.

Publicidade
27
Gucci - Avenida da Liberdade
@DR
Compras

Gucci

Avenida da Liberdade

Ganhou casa própria em Lisboa aquando das comemorações do seu 90º aniversário. Nas prateleiras e demais recantos do número 180 encontram-se relógios, óculos de sol, perfumes, cintos, sapatos, malas de viagem e carteiras, como o icónico modelo Jackie, desenhado por Jacqueline Onassis (entre 1500 e 3500 euros).

28
sapato Luis Onofre
©DR
Compras

Luís Onofre

Avenida da Liberdade

Paris Hilton, Letizia Ortiz, Penélope Cruz, Naomi Watts e Michelle Obama já andaram com ele nos pés. Se tem um fetiche por celebridades, rume ao número 247, já quase no Marquês de Pombal, e perca-se na entre as sandálias de tiras, as botas de salto agulha e os ténis felpudos deste designer de Oliveira de Azeméis.

Publicidade
29
Torres Joalheiros
©DR
Compras

Torres Joalheiros

Avenida da Liberdade

Seguranças à porta e muitos milhões de euros lá dentro. Se os diamantes são os melhores amigos de uma miúda, a Torres Joalheiros – com 500 metros quadrados espalhados por dois andares e uma montra que ataca em duas frentes do quarteirão (é aliás, a maior montra da Avenida) – é um antro de amizade. Na artéria com mais joalharias e relojoarias da cidade, a casa portuguesa com mais de 100 anos tem corners da Rolex, Chopard e Jaeger-LeCoultre.

30
Levis Restauradores
©Inês Félix
Compras

Levi's – Print Bar

Santa Maria Maior

Não precisa de muitos minutos até ter nas mãos uma camisolinha personalizada – o serviço de print bar da Levi’s chegou finalmente a Lisboa e veio à boleia da nova loja da marca, na Praça dos Restauradores. Este serviço, que até agora era exclusivo da loja Levi’s Norteshopping, chega pela primeira vez a Lisboa e permite criar t-shirts, sweats e hoodies personalizados em minutos. Basta chegar e começar a mexer no ecrã touch para fazer a sua escolha de personalização. Há dois prints fixos: um com a palavra Lisboa estampada no símbolo da Levi’s, cujo padrão de fundo pode ser alterado, e outro com o mesmo símbolo mas onde pode escrever por cima o seu nome. A ideia é que sempre que haja uma colaboração especial da Levi’s com outras personagens e sagas, esta vá direitinha para um edição especial do print bar. Além do print bar, a tailor shop da Levi’s sai do Colombo e muda-se para esta loja. Todas as peças podem ser submetidas a este serviço: pode escolher fazer uma aplicação em tecido (5€), um emblema (entre os 3,50€ e os 8€), acrescentar um ou outro pin (2,50€) ou, se for mais radical, uns rasgões (entre os 2,50€ e os 10€).

Mais do melhor das lojas de Lisboa

Latte
Fotografia: Inês Félix
Compras, Moda

As melhores lojas para comprar ténis em Lisboa

A moda rebentou e ainda não deu sinais de abrandamento. Basicamente, o mundo percebeu que os ténis são calçado para toda a obra. Dão para ir trabalhar, para ir jantar fora, para sair à noite e até para dar nas vistas numa festa (e o melhor de tudo é que servem para palmilhar Lisboa e as suas sete colinas).

quartosala
©QuartoSala
Compras, Decoração

As melhores lojas de decoração em Lisboa

Lisboa tem algumas das melhores lojas de decoração mesmo à mão de semear. Dos candeeiros às cadeiras, do vintage às linhas mais contemporâneas, as novas tendências já espreitam e se a missão dos próximos tempos é mesmo redecorar então prepare-se para abrir os cordões à bolsa. 

Publicidade
Isto Embaixada
©Isto
Compras, Moda

As melhores lojas para homem em Lisboa

Da alfaiataria ao streetwear, as lojas de roupa e acessórios exclusivamente dedicadas ao universo masculino estão a crescer a olhos vistos. Com a vaidade aumenta a exigência, por isso neste roteiro pelas melhores lojas para homem em Lisboa também vai encontrar algumas das mais bonitas, além daquelas famosas concept stores onde apetece perder a cabeça e comprar tudo.

Publicidade