A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
The Gladstone
Mariana Valle Lima

Pequenos e cheios de pinta: conheça estes ginásios boutique em Lisboa

Encolheram, ficaram mais bonitos e personalizaram o serviço prestado. Conheça estes ginásios boutique em Lisboa.

Escrito por
Mauro Gonçalves
Publicidade

Estão a encolher, a tornar o serviço mais personalizado e a trocar as grandes salas de treino por uma atmosfera mais acolhedora. Os ginásios boutique são uma tendência que tem estado a ganhar força nos últimos anos e Lisboa não escapa à nova vaga de espaços pensados, não do ponto de vista da escala, mas do serviço especializado. Dos sacos de boxe às bicicletas estáticas, do pilates à sauna, o leque de possibilidades é vasto, só tem de escolher o seu cantinho favorito. Seja ele de luxo ou mais acessível, uma coisa é certa: a imagem e os interiores também são levados muito a sério.

Recomendado: Aulas de ginásio para ficar em forma

Ginásios boutique em Lisboa

  • Desporto
  • Ginásios e centros de fitness
  • Lisboa

Inaugurado poucos dias antes do primeiro confinamento, hoje, The Gladstone funciona em pleno como clube reservado a membros, onde a experiência sensorial começa muito antes de se chegar à sala de treino principal. Há peças de arte nas paredes, e os equipamentos, quase todos com acabamentos em madeira, foram escolhidos para manter a harmonia. Nos balneários, fica um dos segredos mais bem guardados deste ginásio – paredes e chão revestidos a tijoleira portuguesa, um detalhe que se estende à sauna. Os membros, na maioria vizinhos e em parte estrangeiros a viver em Portugal, não vêm só treinar. Muitos almoçam, aproveitam o brunch ou o serviço de bar, outros fazem das mesas escritório ou simplesmente demoram-se na conversa.

  • Coisas para fazer
  • Eventos desportivos
  • Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O Amplify agrega as modalidades de cycling, bootcamp e yoga – tudo para proporcionar uma experiência física, mental e emocional durante o treino, seja a atletas experientes seja a novatos do desporto. Todas as aulas são adaptadas ao nível de exigência e experiência do cliente, que reserva as sessões online sendo a primeira de todas gratuita.

Publicidade
  • Desporto
  • Ginásios e centros de fitness
  • Avenida da Liberdade

Há mais de três anos que o hotel Tivoli Avenida abriu as portas da sala de treino a não hóspedes através de um sistema de membros. Chama-se The Shape Club e é um dos ginásios mais exclusivos da cidade. Além de estar disponível 24 horas por dia, inclui outras comodidades, como um roupão de banho, acesso à sauna e à piscina exterior do hotel ou parque para o carro.

  • Coisas para fazer
  • São Sebastião

Nestes 850 metros quadrados, o conceito de ginásio vai além do culto do corpo: a mente é uma peça chave deste puzzle. No Circle o exercício físico trabalha o potencial humano e todos os movimentos que o corpo consegue fazer, aliando a isso a tecnologia – por isso será normal não encontrar a habitual maquinaria de ginásio. Este é o primeiro espaço em Portugal a ter o método Prama, uma plataforma interactiva com estímulos sensoriais, que permite treinos de movimento, agilidade, coordenação, equilíbrio e força. Os treinos têm diferentes intensidades e são adaptados às necessidades de cada pessoa, sendo que as crianças também podem treinar. Nas outras salas, o Circle reúne equipamentos fitness como passadeiras skillmill, remos, ski, assault bikes e materiais para treino funcional livre, havendo também uma sala especial dedicada ao treinos com personal trainer que são normalmente de recuperação, prevenção ou aumento de capacidades motoras.

Publicidade
  • Desporto
  • Ginásios e centros de fitness
  • Chiado

Um ginásio no Chiado? Sim, mas à medida desta zona da cidade. Abriu no final de 2020 com o conceito de “fitness boutique” e inclui a modalidade de treino livre, mas também sessões personalizadas.

The Code
  • Desporto
  • Ginásios e centros de fitness
  • Campo Grande/Entrecampos/Alvalade

Se o que o apoquenta são as grandes enchentes e a confusão dos ginásios de grandes cadeias, aqui esse problema está resolvido. The Code define-se como um ginásio boutique, que prima por um tratamento mais exclusivo dos seus sócios, com oito modalidades: Combust, o treino intervalado de alta intensidade com passadeiras sem motor e uma box de treino funcional, Collide, praticado numa sala com 40 sacos de boxe para modalidades de combate, Suspend, treino em suspensão (TRX), yoga, pilates, Reborn e Intense, um treino intervalado usando método de tabata. A experiência de ginásio quer-se aqui mais intimista, e as pessoas até podem reservar o saco de boxe ou a passadeira através de uma plataforma. O segundo The Code abriu no piso superior do Mercado 31 de Janeiro, no Saldanha.

Manter a forma em Lisboa

  • Coisas para fazer

A primeira quarentena em 2020 obrigou os ginásios a fechar. Mudaram-se os ritmos dos treinos – e os próprios treinos – perante a nova realidade. Dois anos depois, com todos os cuidados, já é possível voltar em segurança aos ginásios e dar tudo na malhação, sem desculpas. Houve até quem não desistisse de investir nestes equipamentos e abrisse novos espaços. Portanto, liberte o stress da cidade a pedalar numa bicicleta ou a esmurrar um saco de boxe nestes novos ginásios da cidade. Qual é o seu tipo de desporto?

  • Coisas para fazer

Nunca como desde o início da pandemia o treino ao ar livre fez tão parte do cenário lisboeta. Depois de ler as nossas propostas, se vir uma grupeta à beira-rio ou gente a subir e descer bancos de jardim, já sabe de onde vem. Praticar exercício físico fora de quatro paredes pode ser a solução perfeita para tempos estranhos como estes que vivemos. A olhar para o Tejo ou para o Atlântico, tirando partido dos altos e baixos de Lisboa (e de outras geografias da Área Metropolitana) ou num dos melhores parques e jardins da cidade, conheça estes grupos para treinar ao ar livre.

Publicidade
  • Coisas para fazer

Se há meia dúzia de anos a electroestimulação era praticamente exclusiva de fisioterapeutas e de ávidos espectadores das televendas a altas horas da noite (ainda se lembra dos milagrosos cintos vibratórios?), hoje a história é outra. Os ginásios e estúdios dedicados a esta ferramenta para ficar em forma multiplicam-se como cogumelos e propõem uma boa, e inofensiva, dose de choques.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade