Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Ava, a Caçadora de Demónios
Filme, Cinema, Warrior Nun (2020)
©DR Warrior Nun de Simon Barry

Ava, a Caçadora de Demónios

A portuguesa Alba Baptista interpreta Ava na série 'Warrior Nun' da Netflix. É mais um título para o limbo do streaming

Por Eurico de Barros
Publicidade

★☆☆☆☆

Na série Buffy, a Caçadora de Vampiros, Sarah Michelle Gellar interpreta uma liceal que é escolhida por forças superiores para se tornar numa matadora de vampiros, demónios e outras criaturas sobrenaturais maléficas. Buffy é ajudada por um mentor, o Vigilante, e acompanhada por um grupo de amigos, o Scooby Gang. Em Warrior Nun (Netflix), baseada num comic, a portuguesa Alba Baptista interpreta Ava, uma adolescente órfã e paraplégica que se vê ressuscitada pela acção de forças superiores para se tornar numa matadora de criaturas demoníacas, tutelada por um sacerdote, o padre Vincent, enquadrada por um comando secreto de freiras caçadoras de demónios e acompanhada por um grupo de amigos (tudo com casting cuidadosamente woke).

No streaming, tal como na televisão, pouco se inventa e tudo se recicla. Assente numa colecção de situações feitas, personagens tipificadas e estereótipos narrativos do terror, da fantasia e da ficção científica, que vão desde a heroína relutante e trapalhona à empresa high tech mancomunada com as forças do mal, servida por efeitos digitais de segunda divisão (aquele risível demónio incandescente e empalador evadiu-se de uma série Z de Hollywood) e povoada de actores desenxabidos, Warrior Nun é mais um título para o limbo do streaming.

Mais que ver

Publicidade
Publicidade
Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade