A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Televisão, Séries, Comédia, Crime, Drama, Homicídios ao Domicílio (2021)
©DRHomicídios ao Domicílio

Steve Martin e Martin Short reúnem-se para investigar ‘Homicídios ao Domicílio’

Os dois veteranos actores carregam esta série do Disney+ às costas.

Publicidade

★★★☆☆

De entre a ficção cinematográfica e televisiva em que detectives amadores investigam, à revelia da polícia, crimes no prédio, no bairro ou na terra em que vivem, avulta O Misterioso Assassínio em Manhattan, de Woody Allen (1993). É este filme que vem logo à cabeça perante a série Homicídios ao Domicílio (Disney +).

Três moradores de um prédio de luxo novaiorquino, viciados em podcasts de true crime, investigam a morte de um vizinho, que a polícia classificou como suicídio – e fazem um podcast sobre o caso. Eles são Charles (Steve Martin), um actor que entrou numa série policial de sucesso nos anos 90 e nunca mais fez nada que se visse; Oliver (Martin Short), um encenador da Broadway sem cheta para pagar as despesas do condomínio; e Mabel (Selena Gomez), uma artista que vive no apartamento da tia e conhecia o morto desde pequena.

Martin e Short nunca tinham feito uma série juntos, e é um gosto vê-los rivalizar em partes gagas de média voltagem e em inépcia detectivesca nesta intriga cómica light mas bastante potável, embora Gomez destoe do conjunto. É uma actriz fracota e tem uma voz estranha, de mulher muito mais velha, e parece estar aqui só para atrair os espectadores millennials para esta série de formato e feitio old school. Que falta faz Diane Keaton...

Mais que ver

Publicidade
Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade