A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Televisão, Séries, Drama, The Shrink Next Door (2021)
©DRThe Shrink Next Door de Georgia Pritchett

‘The Shrink Next Door’: a crónica de um incrível caso real

A série da Apple TV+, com Will Ferrell e Paul Rudd, conta a história de uma relação abusiva – de controlo total – entre paciente e psicanalista.

Escrito por
Eurico de Barros
Publicidade

★★★☆☆

No filme Que se Passa com Bob?, de Frank Oz (1991), Bill Murray interpreta um neurótico que persegue obsessivamente o seu terapeuta (Richard Dreyfus), chegando a interromper-lhe as férias em família. Na série The Shrink Next Door (Apple TV+) sucede algo inverso. Mas não estamos perante uma ficção mas sim um incrível caso real, contado no podcast homónimo de Joe Nocera. Durante quase 30 anos, Isaac Herschkopf, um psicanalista de Nova Iorque que, começando por o ajudar, tomou de tal forma conta da vida do seu inseguríssimo doente Marty Markowitz, que o isolou da pouca família que tinha, tornou-o completamente dependente de si, imiscuiu-se no seu negócio de tecidos a retalho, ocupou com a família a sua casa de campo e extorquiu-lhe mais de 3 milhões de dólares. The Shrink Next Door é a crónica detalhada (e por vezes, redundante) deste lento processo de controlo absoluto da vida de um paciente pelo seu analista, um manipulador socialmente deslumbrado, oportunista e invejoso. Will Ferrell é um actor dramático limitado, mas não precisa de fazer muito para compor o passivo e desgraçado Marty, deixando Paul Rudd brilhar no muito mais suculento papel de Isaac, o tirano com rosto de afabilidade e disponibilidade. Que filme Woody Allen teria tirado desta história.

Mais que ver

Publicidade
Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade