Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Uma sombra de Arsène Lupin
Televisão, Séries, Crime, Lupin (2021)
©DR Omar Sy em Lupin

Uma sombra de Arsène Lupin

Há uma série chamada ‘Lupin’ na Netflix. Mas o título convida ao engano: o “ladrão cavalheiro” Arsène Lupin não se encontra aqui.

Por Eurico de Barros
Publicidade

★☆☆☆☆

A série francesa Lupin (Netflix) tem como subtítulo Na Sombra de Arsène Lupin. Será mais exacto chamar-lhe “Uma Sombra de Arsène Lupin”, de tal forma é ampla e estrondosamente falhada esta tentativa de modernização da personagem do “ladrão cavalheiro” criada por Maurice Leblanc em 1905 e interpretada, entre vários outros, no cinema por Robert Lamoureux em dois excelentes filmes nos anos 50, e na televisão por Georges Descrières na década de 70.

O simpático matulão Omar Sy é Assane Diop, um francês de origem senegalesa que se vai inspirar nos livros do herói de Leblanc para vingar o pai, que se matou na cadeia após ter sido preso por um crime que não cometeu, e Lupin passa o tempo a impingir-nos um enredo que carbura a situações feitas com barbas bíblicas, povoado de estereótipos com pernas e que colecciona inverosimilhanças gritantes, desde um assalto ao Louvre onde os ladrões entram como se fosse a casa da sogra, até uma grotesca simulação de suicídio por parte de Assane. Que antes conseguiu trocar de lugar com um preso numa penitenciária, sem que absolutamente ninguém lá dentro desse por isso ao longo de vários dias. Se as séries pagassem imposto por abusar da credulidade dos espectadores, Lupin estava pesadamente sobretaxada e os seus autores falidos.

Mais que ver

WandaVision chega em Janeiro à Disney+
Disney+

As melhores séries no Disney+

Filmes

É um dos serviços de streaming com mais subscritores no mundo. Casa da Fox, da National Geographic e da Lucasfilm, mas também das produções da Disney, da Pixar ou da Marvel, o Disney+ tem um catálogo cada vez mais diversificado. Além de produções próprias, como The Mandalorian, um spin-off de Star Wars, ou WandaVision, uma sitcom psicadélica com a chancela da Marvel, agora encontram-se lá uns quantos clássicos modernos e sucessos de audiências como Perdidos ou Uma Família Muito Moderna.

Zero Zero Zero
DR

As séries da HBO que tem de ver

Filmes

Desde que chegou a HBO ficou ainda mais complicado gerir a agenda – e não falamos apenas da vida social, mas do calendário de estreias de séries. A pensar nisso, fizemos-lhe uma selecção das séries na HBO que vale a pena ver e que nunca o farão perder tempo. Recuperamos os clássicos que não pode perder e as novidades que têm dado que falar. De Os Sopranos a Euphoria, estas são as séries que tem de ver na HBO.

Publicidade
The Witcher
©Netflix

As melhores séries na Netflix

Filmes

Começou timidamente em Portugal, com uma mão cheia de bons conteúdos e algumas apostas menos conseguidas. Com o passar dos anos, ganhou terreno, fez muitos de nós trocar as noitadas na rua pelas noites no sofá e na cama, e é difícil imaginar a vida sem saber que a temos ali. Filmes, séries, documentários, docusséries, há muito material para ver, em casa ou fora dela. Junte-se à febre do streaming e conheça as melhores séries para ver na Netflix.

Fleabag
Amazon

As séries na Amazon Prime Video que valem a pena

Filmes

A Amazon Prime Video ficou disponível em Portugal, em 2016, para gáudio dos amantes da arte de fazer streaming. Há clássicos a fazer parte do cardápio e títulos mais recentes que justificam um mergulho demorado pela plataforma. É certo que a escolha agora é grande, e a concorrência faz-se de apostas cada vez melhores no que diz respeito ao conteúdo original, mas a Amazon Prime Video não quer ficar para trás e tem pescado bons títulos pelo caminho. Prova disso são estas séries.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Também poderá gostar

        Publicidade