Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As melhores gelatarias para levar os miúdos em Lisboa

As melhores gelatarias para levar os miúdos em Lisboa

Sabem bem nos dias mais quentes, mas ninguém lhes diz que não no pico do Inverno. Fomos às melhores gelatarias da cidade descobrir os sabores preferidos dos maiores especialistas no assunto: as crianças.

Publicidade
Genérica gelados miúdos
DMITRY LOBANOV

Eles nunca lhes dizem que não: nem quando ouvem pelos areais fora "olhó gelado", nem quando está um frio de rachar. Nem quando têm fome, nem quando não têm. Nem mesmo quando lhes dói a barriga por já terem comido um ou dois. As crianças adoram gelados. E nós fomos tentar descobrir os sabores mais populares entre a pequenada nas melhores gelatarias em Lisboa. O chocolate é, previsivelmente, o grande campeão. Mas há outros sabores com que os grandes especialistas no assunto gostam de se lambuzar. Derrata-se com as gelatarias onde tem mesmo de levar os miúdos. 

Recomendado: As melhores coisas para fazer com crianças este mês em Lisboa

As melhores gelatarias para levar os miúdos em Lisboa

Banoffee da Gelato Mú
©Duarte Drago
Restaurantes

Gelato Mú

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Mú não é apenas uma das onomatopeias mais repetidas pelos garotos: é também o nome de um continente que, tal como a Atlântida, se diz ter entrado em colapso após um cataclismo. Conte-lhes o mito num instantinho, que aqui o que importa são os gelados tradicionalmente italianos, alguns com ingredientes vindos directamente do país em forma de bota de salto alto – caso da avelã torrada de Piemonte, igualzinha à que é utilizada para fazer Nutella.

Restaurantes, Geladarias

Santini

icon-location-pin Chiado

A gelataria mais velhinha da cidade sabe bem do que as crianças gostam. Mas, mais do que isso, está atenta ao que os pais precisam. Duas ideias vencedoras: os babetes às riscas, que ajudam a combater acidentes entre lambidelas; e os minicones, perfeitos para minigulosos com minimãos. Depois, já se sabe, sabores bem docinhos de fruta de verdade, clássicos como chocolate e nata e inovações para aguçar a curiosidade, como bolacha Maria ou o gelado do Manel (a combinação de romã com framboesas que o bisneto do fundador Attilio Santini criou).

Publicidade
nannarella
Fotografia: Duarte Drago
Restaurantes, Geladarias

Nannarella

icon-location-pin Belém

Depois de abrir, foi um tirinho até ser considerada uma das melhores da cidade. Os gelados são servidos com uma espátula, de acordo com a tradição romana, e têm natas batidas no topo, mesmo a pedir uma dedada. As filas à porta, faça chuva ou faça sol, podem cansar os mais pequenos, mas são a garantia da magia que se faz lá dentro: gelados artesanais com fruta portuguesa e outros frescos. Oreo e morango são alguns dos mais populares entre a pequenada. Está a pensar numa festa de anos de sonho? Encomende aqui um bolo de gelado.

+ As melhores festas de aniversário para crianças em Lisboa

Pizpireto
©DR
Restaurantes

Pizpireto

icon-location-pin São Sebastião

Se lhes perguntarem se querem uma paleta mexicana, são capazes de torcer o nariz. Mas a um gelado de pauzinho ninguém diz que não. Estes, com base de leite ou de fruta, vão dos simples e fresquinhos morango, melancia e manga a fórmulas mais elaboradas, recheadas com leite condensado ou Nutella. Para comer à lambidela ou servidos em cima de um crepe ou de um waffle.

Publicidade
Ice Cream Roll
©DR
Restaurantes, Geladarias

Ice Cream Roll

icon-location-pin São Sebastião

Boas notícias para os indecisos: aqui não é preciso decidir entre cone ou pauzinho. E boas notícias para quem gosta de ser surpreendido: dentro dos copos da Ice Cream Roll ninguém vai encontrar bolas de gelado, mas sim rolinhos, como os que se comem do outro lado do mundo – mais especificamente na Tailândia. Foi de lá que Viki trouxe a ideia que tem tudo para fazer sucesso entre os mais novos – entre os toppings à escolha, há smarties, gomas e marshmallows.

Gelado de caramelo salgado da Artisani
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Geladarias

Artisani

icon-location-pin Lisboa

Algumas lojas Artisani são do melhor para levar os miúdos: uma fica mesmo ao lado do Jardim da Estrela, outra em pleno Paredão de Cascais, em frente à Praia da Duquesa. Já para não falar da da Álvares Cabral, com baloiços lá dentro, e da da Doca de Santo, que tem todo um parque infantil. Perante isto, eles nem querem saber dos sabores. Ou será que querem? É que o salame de chocolate, a Cerelac e o Nesquick são capazes de os deixar divididos... Em algumas moradas da marca (já são sete) também há exemplares em pauzinho, sorbets produzidos com água do Luso, bolos de gelado e uma série de outros irresistíveis para todas as idades.

Publicidade
Gelado de nata com ginja na Gelato Davvero
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Geladarias

Davvero

icon-location-pin Santos

O chamariz para a pequenada da enorme Davvero de Santos não são só os 40 sabores diariamente disponíveis: é o escorrega e a máquina de pinball de 1992 onde podem jogar como os pais faziam quando eram mais novos. A loja, com 260 metros quadrados, funciona como quartel-general da marca que já tem mais quatro espaços na cidade – e além de gelados tem pastelaria própria, com a panacota de chocolate e de framboesa, o cheesecake de lima ou de caramelo e o brownie de avelã a brilhar na carta. Pais e filhos têm queda para os mesmos sabores na hora de se refrescarem: morango, chocolate e gianduia (chocolate com avelã).

Gelatommy
Fotografia: Francisco Santos
Restaurantes, Geladarias

Gelatommy

icon-location-pin Bairro Alto

Hoje em dia, já ninguém é “criado a doces”, como foi o proprietário da Gelatommy. Mas uma facadinha na dieta saudável do dia-a-dia só faz é bem, e bem pode ser nesta gelataria no Bairro Alto, que tem gelados tipicamente italianos de sabores como tiramisù ou Baccio (sim, o bombom), que despertam a criança que há em qualquer ser humano. Se quiser levar os miúdos ao limite da gulodice, peça um brioche gelato, uma sandes que se come pela Sicília: brioche cortado ao meio e recheado com gelado.

Publicidade
Grom
©Duarte Drago
Restaurantes

Grom

icon-location-pin Grande Lisboa

Os miúdos parece que já nascem ensinados e que sabem mais de alimentação saudável e sustentabilidade do que nós, razão pela qual vão gostar de saber que dentro dos copos biodegradáveis (tal como as colheres e os guardanapos) desta gelataria não entram aromas nem corantes: o sabor e a cor do gelado são obtidos da forma mais natural possível através dos frutos e dos produtos cultivados na quinta dos donos. As variedades preferidas da garotada oscilam entre os óbvios morango, baunilha e chocolate – mas vale a pena dar-lhes a provar o gelado da casa, Crema di Grom, feito com creme custard e bolachas de chocolate. Há quatro tamanhos disponíveis, que não correspondem propriamente a idades: os mais novos tanto podem escolher o pequeno como o maxi.

Nivà - Gelado Cremoso
©Manuel Manso
Restaurantes, Geladarias

Nivà

icon-location-pin Princípe Real

Meninos, isto não é uma gelataria: é uma cremeria. E o que aqui se come não são bem gelados: são mousses geladas, com um altíssimo nível de cremosidade. Os sabores mais pedidos na Nivà são o morango e a stracciatella, mas criança que se preze nunca deixa de experimentar o chocolate. O espaço é pequenino, mas com o Jardim do Príncipe Real mesmo ali ao lado, com os seus banquinhos, escorregas e baloiços, quem é que precisa de um espaço muito grande?

Menu infantil

Miúdos

Os melhores restaurantes para crianças em Lisboa

Não se preocupe se o restaurante tem ou não menu infantil. Embora muitos tenham, isso é só um pormenor – e os miúdos nem sequer vão aguentar muito tempo sentados. Se quer comer fora, sem confusões, faça como nós: procure outros pontos de interesse e tenha em conta a facilidade de manter as pestinhas debaixo de olho. Do pequeno-almoço ao jantar, em Lisboa não faltam restaurantes amigos da família.

Friendly Flamingo
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

12 brunches para toda a família

O brunch está entre os programas preferidos dos lisboetas, mas nem todos são children-friendly. Se não quer abrir mão da refeição mais cool do fim-de-semana, opte antes por um destes brunches, perfeitos para toda a família.   

Publicidade
Academia Time Out-miudos
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

O melhor do Time Out Market para miúdos

O melhor da cidade debaixo do mesmo tecto? Os miúdos vão lá querer perder uma coisa destas. O Time Out Market, no Cais do Sodré, está preparado para todas as famílias, incluindo as que têm elementos esquisitinhos na hora de comer. 

Publicidade