Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right 19 brunches para toda a família
Brunch do Stanislav
Duarte Drago

19 brunches para toda a família

Domingo é dia de brunch. E domingo é dia de estar com os miúdos. Resolvida a equação: domingo é dia de brunch para toda a família

Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

O brunch está definitivamente entre os programas preferidos dos lisboetas, mas a verdade é que nem todos são children friendly. Aqui reunimos uma lista onde miúdos e adultos ficam entretidos, brunches com animações para os mais pequenos, com menus pensados especialmente para eles ou simplesmente com comidas sem grandes modernices porque as crianças não vão de modas. Se não quer abrir mão da refeição das mil e uma possibilidades, mais cool do fim-de-semana, e quer manter os miúdos entretidos e felizes, opte antes por um destes brunches para toda a família. Sem birras. 

Recomendado: Os melhores brunches em Lisboa

19 brunches para toda a família

nicolau lisboa
nicolau lisboa
Fotografia: Manuel Manso

Nicolau Lisboa

Restaurantes Cafés Baixa Pombalina

Chegou, mostrou e venceu. O Nicolau trouxe à rua homónima filas de espera, trouxe aos lisboetas e turistas um manancial de bonitos cenários para as redes sociais e aos amantes de panquecas, uns dos melhores exemplares da cidade. Como não podia deixar de ser, elas fazem parte do brunch, servido a qualquer dia e a qualquer hora – só tem de arranjar mesa, uhm… O menu traz também uma taça de iogurte, uma tosta de abacate ou de salmão, um sumo de laranja, café ou chá. Ficou com fome? Acrescente 3€ à conta em troca de uns ovos mexidos ou 5€, o valor dos Benedict. Ficou com sede? Por mais 3€ tem uma mimosa. Para os miúdos, há uma mesa XS com lápis e jogos. 

Brunch Topo Chiado
Brunch Topo Chiado
©DR

Topo Chiado

Restaurantes Chiado

O que é que uma esplanada com bons cocktails está a fazer nesta lista de brunches para toda a família? É que o Topo Chiado é muito mais do que um bar e conta com três menus de brunch todos os fins-de-semana: o Chiado é o mais clássico e tem um cesto de pães e croissants, queijos e enchidos a acompanhar, sumo natural, bebida quente, ovos (mexidos, estrelados ou Benedict), iogurte com granola, salame de chocolate e madalenas; a opção vegetariana troca os enchidos por salada de rúcula e cogumelos e remata com brownie de batata doce; o terceiro menu é para miúdos e tem sumo, pão de deus, ovos e doces.

Publicidade
Wish Slow Coffee House
Wish Slow Coffee House
© Ana Luzia

Wish Slow Coffee House

Restaurantes Cafés Alcântara

Lá em casa todos gostam de panquecas? Troque o fogão pela Wish Slow Coffee House e descubra as poffertjes (3€): panquecas holandesas pouco maiores do que uma moeda de dois euros. Comem-se bem quentes e cobertas de açúcar em pó e fazem parte do brunch, entre os 7€ e os 24€, com iogurtes, pão, croissants, Nutella, queijo, fiambre, sumo de laranja, leite ou sopa.

Brunch no Museu do Oriente
Brunch no Museu do Oriente
©Ana Luzia

Museu do Oriente

Museus Estrela/Lapa/Santos

Fomentar as ligações entre Ocidente e Oriente, entre a Ásia e Portugal, é a missão do Museu do Oriente. Entre muitas outras coisas, todos os sábados e domingos há um brunch buffet no quinto piso no Salão Macau, com uma vista de cortar a respiração para o rio Tejo. O brunch tem dois turnos das 12.00 às 14.00 ou das 14.30 às 16.30 com serviço de entretenimento para os mais pequenos (25€ para adultos, 10€ para crianças dos 3 aos 10 anos). 

Publicidade
a minha cozinha
a minha cozinha
©DR

A Minha Cozinha

Restaurantes Pastelarias Campo de Ourique

Um bairro tão familiar quanto Campo de Ourique, tinha que ter uma oferta alargada de brunches familiares. Mas, quando A Minha Cozinha chegou foi o bebé-proveta, o primeiro café de brunch neste bairro. O brunch, servido aos fins-de-semana, funciona em regime buffet, perfeito para agradar a todas as idades: tem ovos mexidos, panquecas, sumos naturais e, claro, bolos. Bom para os miúdos de Campo de Ourique, e arredores criarem a clássica memória da "cozinha" com o cheiro a bolo acabadinho de fazer. 

Amélia Lisboa
Amélia Lisboa
©Arlindo Camacho

Amélia Lisboa

Restaurantes Cafés Campo de Ourique

A família do Nicolau tem crescido, mas na hora de escolher onde abancar com a família, aconselhamos o Amélia Lisboa, com mais espaço, menos filas, menos turistas e um agradável pátio interior. As panquecas estão sempre a sair – vão bem ao pequeno-almoço, no lanchinho da manhã, ao almoço ou ao lanche e fazem parte do brunch, que também se serve todos os dias e a qualquer hora e tem ainda uma taça de iogurte com fruta e granola, sumo de laranja, tosta de abacate ou ovos mexidos, café, chá ou chocolate quente. Os pais podem – e devem – acrescentar uma flute de Mimosa (mais 3€).

Publicidade
Pestana Palace
Pestana Palace
© Lydia Evans / Time Out

Pestana Palace

Hotéis Alcântara

Se a sua família é adepta de pequenos-almoços de hóteis, este é o brunch para si. Dentro do Pestana Palace, um palácio do século XIX tranformado em hotel, que aos domingos a partir das 12.30 até às 16.00, servem um buffet-brunch digno de rei, que inclui tudo o que se possa imaginar, de pratos quentes a sushi, passando por queijos, carnes, ovos, saladas, panquecas, sumos de fruta natural e mais frutos secos. É necessário fazer uma pré-reserva que além do brunch terá acesso aos jardins do palácio. Perfeito para entreter os miúdos enquanto desfruta de uma refeição de pequeno-almoço tardio (35€ para adultos, 17,50€ para crianças dos 8 aos 14 anos e grátis para crianças até aos 7 anos). 

Pois Cafe
Pois Cafe
© Lydia Evans / Time Out

Pois, Café

Restaurantes Cafés Santa Maria Maior

Se os miúdos são uns selvagens naqueles restaurantes muito chiques, leve-os a um que faz lembrar uma casa confortável, com almofadas espalhadas pelos sofás, livros e revistas empilhadas, filmes que se podem trocar, colecções de bules coloridos e brinquedos de madeira. É assim o Pois Café, o café austríaco na Sé com quatro tipos de brunch: um é composto por uma bebida quente, um sumo natural de laranja, um prato de queijo e carnes frias, doces variados e um cesto de pão e manteiga, outro acrescenta saladas de frutas, iogurte e cereais. O Egg Brunch traz dois ovos estrelados e pão ciabatta com manteiga e o brunch Croissant traz uma bebida quente e um croissant com um dos seguintes recheios: Nutella, doce, queijo ou fiambre.

Publicidade
Brunch no La Boulangerie
Brunch no La Boulangerie
Fotografia: Arlindo Camacho

La Boulangerie

Restaurantes Francês Estrela/Lapa/Santos

E eis que depois de encher as medidas a todos os fanáticos do pequeno-almoço almoçarado da cidade, a La Boulangerie mudou o seu menu. O quê? Nada temam, foi para melhor. Continuam a ter um croissant, um pain au chocolat, um pão rústico e um de cereais, a compota, a manteiga e a Nutella (leu bem), a tábua de queijos, enchidos, salmão fumado e salada, além dos ovos mexidos ou estrelados. Mantêm-se as bebidas quentes e o sumo. Mas agora há também iogurte com mel e granola, salada de fruta e, por mais 4€, pode juntar outro sumo e outra bebida quente. O que o torna o menu perfeito para dois. E dois menus perfeitos para uma família. 

Maria Limão
Maria Limão
Fotografia: Manuel Manso

Maria Limão

Restaurantes Cafeteria São Vicente 

Primeiro veio o carrinho de limonadas, estacionado no Miradouro da Senhora do Monte. Depois veio um café simpático na Graça, com uma oferta alargada, à base de produtos frescos e locais – as limonadas vieram também, claro está – e um brunch servido todos os dias da semana. O que leva? Um iogurte grego com granola e fruta do dia, panquecas com mel, Nutella ou frutos vermelhos, uma tosta de abacate, de salmão, de presunto e queijo ou de mozzarella e tomate, uma bebida quente e, como não podia deixar de ser, uma limonada do dia (muito boa a de morango). Por mais 2€, vêm os ovos estrelados ou mexidos.

Publicidade
Varanda do Ritz - Buffet
Varanda do Ritz - Buffet
©Janine Silva

Varanda do Ritz

Restaurantes São Sebastião

A vista desafogada sobre Lisboa ninguém lhe tira. Este terraço do Ritz Four Seasons é a varanda mais exclusiva de Lisboa e percebe-se porquê. No brunch que acontece todos os fins-de-semana vai encontrar um buffet recheado. Este é kids friendly e ainda mais amigo dos pais, inclui uma estação de live cooking de ovos (incluindo os famosos benedict), crepes, waffles, gyozas, massas e entre outras iguarias, uns pratos mexicanos. O buffet possui uma estação de marisco, ceviche e sushi, e ainda pizzas, uma seleção de pães, pastelaria, charcutaria, compotas várias e para terminar uma mesa recheada de sobremesas. Para os mais pequenos, tem mini-hambúrgueres, mini-pizzas e outras coisas em ponto pequeno. O brunch acontece todos os sábados e domingos das 12:30 às 16:30 e fica por 68€ por adulto sendo que, as crianças dos 8 aos 14 anos pagam 23€ e até aos 7 anos é gratuito. 

Estufa Real
Estufa Real
©DR

Estufa Real

Restaurantes Ajuda

É provável que já lá tenha ido 
a um casamento/baptizado/
anos do avô (outros_______). E 
é provável que não saiba que durante a semana a Estufa Real funciona como restaurante com pratos de inspiração portuguesa. Aos domingos há um senhor brunch-buffet, muito completo 
e a pedir um passeio no jardim para esmoer a refeição. Nada melhor que uma grande estufa com um jardim para impressionar os miúdos, que aqui só pagam metade (adultos 37€, crianças até aos 10 anos 18,40). 

Publicidade
BRUNCH MARTINHAL
BRUNCH MARTINHAL
©Michael Reusse

Martinhal Cascais Family Hotel

Hotéis Cascais

O nome diz tudo: o Martinhal Cascais Family Hotel foi pensado para as famílias – e não é só para as que fazem check-in e ficam lá a dormir. As que vão brunchar também. Os miúdos podem brincar no Kids Clubhouse, cheio de actividades e no parque infantil com trampolins e baloiços, além de terem um brunch só para eles. Em formato buffet, conta com uma mesa com pães, croissants, saladas, mariscos, sopas e uma grande variedade de pratos quentes. Há ainda uma outra com sobremesas e um carrinho da gelataria Davvero. O brunch funciona todos os sábados e domingos, entre as 12.00 e as 17.00 e custa 35€ (as crianças entre os 3 e os 9 anos pagam 15€ e até aos 12 anos, 20€).

Chef Nino
Chef Nino
©Leonardo Ribeiro

Chef Nino

Restaurantes Alcântara

Já vai longa a história de vida do Chef Nino, café-restaurante da LX Factory pelo qual foram passando alguns formatos de brunch ao longo dos anos, mas que agora estabilizou num modelo diferente dos congéneres lisboetas. Parte da ementa é fixa, com pão, croissant, compota e manteiga, iogurte com muesli, fruta e mel, uma sopa e uma salada ibérica; parte da ementa é rotativa, pelo que pode apanhar uma frittata ou uns ovos cozidos com algum molho e outro prato, como legumes assados ou lasanha ou panquecas; e ainda há queijos e carnes, carnes frias e doces à escolha para juntar. No copo vai um sumo e uma bebida quente.

Publicidade
Okah
Okah
Arlindo Camacho

ŌKAH

Restaurantes Asiático contemporâneo Estrela/Lapa/Santos

Tem vista de rio e funciona em formato buffet livre, por isso conte com uma variedade que vai dos ovos mexidos e das panquecas ao sushi feito no momento, doces caseiros, fruta fresca e bebidas variadas. O brunch do Okah, no topo do LACS, em Santos, começou em Outubro e mantém-se desde então todos os domingos. É bom para levar a criançada – tem um espaço para os mais pequenos brincarem e desenharem, com supervisão, e tem música ao vivo. A conta fica nos 22,50€ por pessoa, sendo que crianças dos 4 aos 11 pagam metade.

Selllva
Selllva
©Manuel Manso

Selllva

Restaurantes Grande Lisboa

Nesta Selllva urbana há um menu de jet lag, que se traduz em opções de brunch para qualquer altura do dia, esteja a apetecer-lhe encher o estômago logo às 08.00 com taças de fruta e torradas e panquecas (de aveia e banana ou uma espécie de nutella) ou lá mais para o meio da tarde. Os ovos são presença forte: pode escolher pão biológico, sem glúten, ou batata doce para a base e depois ovos escalfados com creme de abacate e molho holandês (8€), estrelados com creme de feijão e tortilhas numa versão mais mexicana (7€) ou mexidos com abacate, tomate e bacon ou salmão fumado (8€). Se os mais pequenos não acharem graça a nada isto, tem sempre opção de escolhar frango ou hambúrguer. 

Publicidade
Pão de canela
Pão de canela
Fotografia: Ana Luzia

Pão de Canela

Restaurantes Cafés Chiado/Cais do Sodré

A esplanada sobre o jardim da Praça das Flores é um dos pontos altos do espaço. Com boa pastelaria, com destaque para os croissants, tem ainda um interior simpático e familiar, a fazer lembrar uma sala de chá. Também ali vão turistas, mas o ambiente de café de bairro ainda não se perdeu. Há famílias que ali chegam, grupos de conversa amena e tomam-se cafés tardios, a acompanhar o jornal. Ao fim-de-semana, o brunch de buffet é concorrido. 

Lisbon Marriott Hotel

Hotéis Hotéis de grandes cadeias Sete Rios/Praça de Espanha

Fixe esta informação: no novo brunch do Lisbon Marriott Hotel, há uma fonte de chocolate, rodeada de fruta fresca e marshmallows. Com esta imagem em mente, guarde espaço para o doce, mas não deixe de aproveitar todas as zonas do brunch, disposto de forma muito semelhante a um pequeno- -almoço de hotel, afinal estamos num, mas com várias opções de pratos quentes. Para beber, tem opções quentes e sumos naturais, mas também cerveja ou vinho. É como quiser e sem pressas, para poder aproveitar o sossego do jardim, à beira da piscina. No Verão, voltará o Pool Brunch. Sim, isto tudo que lhe escrevemos em cima, mas com opção de ir a banhos (28€, crianças até aos 6 não pagam, entre os 7 e os 12 só pagam metade).  

Publicidade
Brunch do Stanislav
Brunch do Stanislav
Duarte Drago

Stanislav Café

Restaurantes Avenida da Liberdade/Príncipe Real

No Stanislav há quatro menus de brunch, com dois ovos, estrelados ou mexidos, comuns a todos. Um tem iogurte com granola e tosta de hummus, outro tem salsichas do Kaffeehaus e gaufres doces, e há uma opção com salmão marinado e panquecas e ainda uma com salada fresca, bacon e abacate. Arranja sempre opção para os miúdos mas se eles estiverem já fartos de estar à mesa, a sala interior tem uma casinha de brincar com brinquedos, livros e canetas. O melhor de tudo é que aqui não levam palmadas se levarem os desenhos para as paredes. 

Brunches em Lisboa

Ovos benedict do Delidelux
©Inês Félix

Os melhores sítios para comer ovos Benedict em Lisboa

Restaurantes

Ovos são a estrela de qualquer brunch ou mesa de pequeno-almoço farta, sejam eles na versão estrelada, mexida ou escalfada. Os ovos Benedict, escalfados e banhados depois com molho holandês, vieram dos Estados Unidos e instalaram-se nos menus de uma série de restaurantes e cafés em Lisboa. Há dúvidas acerca da origem deste prato, mas a primeira receita que existe destes ovos é de 1894. 

Chérie Paloma
©Manuel Manso

Os melhores brunches alcoólicos em Lisboa

Restaurantes

Brunches há muitos. A cidade recebeu a refeição de braços abertos, primeiro ao domingo, depois alargando-a a outros dias da semana. Primeiro com as mais tradicionais panquecas e ovos (mexidos, estrelados ou Benedict), depois com sabores internacionais a atirar mais para o almoço completo. A acompanhar, sempre bebidas quentes e frias tradicionais, do cappuccino e lattes com muita espuminha aos sumos naturais e chás frios caseiros. Mas porque não acompanhar esta refeição com um cocktail? 

Publicidade
Panquecas do Stanislav
Duarte Drago

Os melhores sítios para comer panquecas em Lisboa

Restaurantes

Acha que a sua receita de panquecas é a melhor do mundo? Dê folga à frigideira lá de casa, rume a um destes cafés especialistas em pequenos-almoços e brunches e fique a conhecer boas panquecas, redondas, fofas, leves ou densas, mais altas ou mais baixas, das doces e carregadinhas de chocolate às novas versões fit, feitas com aveia e com muita fruta. Para um grande pequeno-almoço (olá brunch), um almoço diferente (que estas torres de panquecas são bom alimento para o resto do dia e existem até em versões salgadas) ou um lanche como deve ser. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade