A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Yard of Greens
Gabriell Vieira

As melhores panquecas em Lisboa

Redondas, fofas, leves ou densas, suplicam por mel, açúcar, doce ou chocolate. Eis as melhores panquecas em Lisboa, prontas para chegarem ao conforto do lar.

Escrito por
Inês Garcia
Publicidade

Acha que a sua receita de panquecas é a melhor do mundo? Dê folga à frigideira lá de casa e, se não lhe apetecer rumar até um destes cafés especialistas em pequenos-almoços e brunches, encomende. Fique a conhecer boas panquecas, redondas, fofas, leves ou densas, mais altas ou mais baixas, das doces e carregadinhas de chocolate às novas versões fit, feitas com aveia e com muita fruta. Para um grande pequeno-almoço (olá brunch), um almoço diferente (que estas torres de panquecas são bom alimento para o resto do dia e existem até em versões salgadas) ou um lanche como deve ser. Em casa, ou na rua, vale tudo.

Recomendado: Como fazer café de especialidade em casa

Sítios para comer panquecas em Lisboa

  • Restaurantes
  • Europeu
  • Chiado/Cais do Sodré

Se apanhar um dia de sol, pode sentar-se na iluminada mesinha à janela do Seagull Method Café, no Príncipe Real, o segundo projecto dos donos do minimalista Heim, de Santos. Para as boquinhas doces há duas opções de panquecas, as For Emma, com creme de chocolate, morangos frescos, granola, xarope de milho, nozes e merengue (7,50€) ou as Spice Girls, com creme caseiro de nozes, mirtilos, amoras e banana (7,50€). Para quem prefere começar o dia antes com salgados, há as salty pancakes, com ovos escalfados, puré de abacate, espargos e molho de queijo (8,50€). Também pode encomendar.

  • Restaurantes
  • Dinamarquês
  • São Sebastião

O Hygge (hue-gah, em bom dinamarquês) tem mini panquecas dinamarquesas de vários sabores, das mais simples só com compota caseira e mel (5€) às versões de red velvet (6,50€) ou matcha (6,50€). Há também com cobertura de ganache de chocolate com avelã (6€), frutos vermelhos (6€) ou vegan com nutella caseira (6,50€). E pode sempre pedir extra-chantilly. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Avenida da Liberdade/Príncipe Real

O Local tem uma carta recheada de opções saudáveis e muito saborosas para qualquer hora do dia. No menu de pequeno-almoço e brunch, disponível também nas plataformas de entrega, há três opções de panquecas: as simples (5€), as de cacau, servidas com banana, nutella caseira e mel (7,50€) ou as cor-de-rosa, com frutos silvestres, doce de amoras e manteiga de amêndoa (7,50€).

  • Restaurantes
  • Grande Lisboa

O Charlie, um restaurante, café e pastelaria com uma vertente saudável e opções para pequeno-almoço, almoço, lanche e brunch, tem duas casas em Lisboa, uma perto da Avenida e outra em Alvalade. Não usam processados, a maior parte dos produtos são biológicos, é tudo o mais natural possível e feito no momento. À escolha tem as panquecas red velvet ou de aveia e banana, que vão em torre e com dois toppings à escolha entre manteiga de amendoim, nutella, compota ou cream cheese para besuntar à vontade.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Grande Lisboa

O Cotidiano, espaço de all day food no Chiado ou seja, comida que se come a toda a hora, independentemente de ser um prato de ovos, uma torre de panquecas, em versões vegan ou normais, sem esquecer opções sem glúten transformou-se rápido e bem no primeiro confinamento, começando a vender cabazes de frescos. Isso mantém-se e tem até um site dedicado a tudo o que é Cotidiano em casa, com o menu completo. Servem panquecas daquelas altas e bem empilhadas (a partir de 7€) – das sugar mummy, com manteiga e xarope de ácer, às monster chocolate, com molho de chocolate e caramelo, banana caramelizada e grué de cacau ou as badass, uma versão salgada com bacon, ovo estrelado e maple syrup. Há também as sugar daddy, com maple syrup e banana caramelizada em açúcar de coco ou as rebel, com manteiga de amendoim caseira, banana caramelizada, granola e flocos de coco. Todas podem ser vegan, com baixo teor de glúten e, por isso, fácil digestão.

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa Pombalina

Altas, fofas e muito leves. Ou gulosas, viciantes e perfeitas. São assim as panquecas do Nicolau e da Amélia Lisboa, o casal responsável pelos cafés mais instagramáveis da cidade, na Baixa e em Campo de Ourique, respectivamente. Tem a panqueca Amélia, com chocolate, avelã, bananas e morangos (7,80€), as banoffee lovers, com doce de leite, banana e cacau (7,80€) ou a fit de trigo sarraceno, com fruta da época (7,80€). Também pode ir para a básica, simples com mel, à qual pode acrescentar os toppings desejados (a partir 4,50€). Todas são altas e bem generosas. Está disponível no Uber Eats ou através do site do Kitch, com entrega gratuita.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cais do Sodré

O Comoba, no Cais do Sodré, serve panquecas de matcha, smoothie bowls ou burritos, sem distinções horárias. E é tudo orgânico. As panquecas são feitas com uji matcha, importada do Japão e utilizada também para lattes ou cheesecake, e servidas numa torre com mirtilos ou framboesas biológicas, creme de caju caseiro, umas quantas flores comestíveis e xarope de ácer (9,60€).

  • Restaurantes
  • Português
  • Estrela/Lapa/Santos

Serve pequenos-almoços, almoços e brunches a la carte e é grande apologista do brinner (o pequeno-almoço ao jantar), tanto na primeira loja no eixo Madragoa-Santos, como na segunda, nos Anjos. As panquecas são as grandes estrelas da carta e tem sete versões, todas  altas e fofas: há as de aveia e banana com iogurte grego e compota caseira de maçã (7,50€), as de frutos vermelhos com doce de leite (8€), com manteiga de amendoim, banana, frutos secos torrados e chocolate quente (8€), com doce de abóbora, gengibre, canela, creme de requeijão e nozes pecan (8€) ou de matcha com lemon curd (7,80€). Há também uma versão salgada, com bacon crocante, ovo estrelado, maple syrup e cebola caramelizada (7,80€).

Publicidade
  • Restaurantes

O grande objectivo do Dear Breakfast é prolongar (e melhorar) as manhãs, com ovos de todas as maneiras e feitios, tostas e sumos naturais. Há dois tipos de panquecas, as doces, mais tradicionais, com creme de caramelo, banana e amendoim cristalizado (7€), ou uma versão salgada, com bacon, ovos fritos, abacate e maple syrup (9€). 

  • Restaurantes
  • Cafés
  • Avenidas Novas

O Choupana é uma padaria e pastelaria, com fabrico próprio. As panquecas estão disponíveis todos os dias, agora num menu no Uber Eats: por 4,50€ tem direito a uma panqueca, um sumo de laranja e uma bebida quente. Pode escolher  com Nutella, com mel, mais básicas com açúcar em pó e canela, com frutos vermelhos ou outra fruta do dia. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Pastelarias
  • Alcântara

A loja de Carolina Henke, na rua principal da Lx Factory, tem brigadeiros artesanais de sabores mais tradicionais, como o cacau e chocolate branco, mais crocantes como os de cobertura de avelã, amêndoa e pistácio ou picantes, com especiarias. Na esplanada servem mini panquecas com creme de brigadeiro tradicional, framboesas e mirtilos frescos. Também há boxes prontas para encomendar para casa.

  • Restaurantes
  • Cafeteria
  • São Vicente 

Mónica Santos, a Maria Limão, tem poiso fixo no bairro da Graça, onde serve as suas limonadas caseiras – afinal foi com esta bebida que tudo começou, crepes doces e salgados ou panquecas. Há várias opções, como as clássicas simples, só com mel (4,50€), com chocolate, framboesas e crumble (5,80€), com caramelo salgado, chocolate, banana e avelã (5,80€), recheadas com mirtilos, iogurte e mel (5,80€) ou uma versão salgada com salmão fumado, abacate e queijo creme (7€). 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Vai precisar de juntar, pelo menos, quatro amigos para atacar esta torre de panquecas (há opções de panquecas para quem vai sozinho, não se preocupe). A dose tem oito panquecas arco-íris, intercaladas com fruta, que são tão boas e saborosas quanto bonitas (25€). O pedido é capaz de demorar, uma vez que são feitas e montadas no momento, mas vale a espera: a amarela leva curcuma na massa, a rosa tem beterraba em pó, a verde é feita com matcha e a azul com spirulina azul. Antes de as atacar ou besuntar com toppings como manteiga de amendoim, compota, mel ou creme de mascarpone, imortalize-as nas redes, que estas são daquelas em que vale a pena usar e abusar das hashtags: #foodporn, #pancakelover, #yolo.

  • Restaurantes
  • Parque das Nações

As panquecas são filhas únicas no menu de pequenos-almoços do Honest Greens, que voltou a ser agora servido no restaurante aos sábados e domingos. São altas e fofas como todas deveriam ser, feitas com aveia e spirulina e mergulhadas num sour cream feito à base de plantas e amoras e com extra-manteiga de amêndoa torrada – tudo sabores que apanha a cada garfada. Não são as mais bonitas e perfeitas desta lista, mas de sabor são das melhores. E o melhor de tudo é que são saudáveis (5,90€).

Publicidade
  • Restaurantes
  • Alcântara

É café e restaurante, serve refeições ligeiras durante a semana (com menus a preços simpáticos que podem incluir ora pratos do dia oura bagels com salada e crepes) e aos sábados e domingos aposta no brunch. Há panquecas de açúcar e limão, chocolate quente, com compota, mel e nozes, Nutella ou com uma bola de gelado (a partir de 4,20€).

  • Restaurantes
  • Português
  • Campo de Ourique
  • preço 2 de 4

O Ela Canela, em Campo de Ourique, usa produtos biológicos e sazonais, não há alimentos processados e o método de cozinha saudável resulta em pratos verdadeiramente gulosos. Há duas opções de panquecas, na categoria das "gulodices, mas das boas, daquelas sem açúcares refinados": a ban'queca, uma panqueca de banana e quinoa com manteiga de avelã, agave e canela (5€) ou uma versão com a mesma base mas com toppings freestyle, onde pode deixar-se levar pela inspiração do momento (6€).

Publicidade
  • Restaurantes
  • Estrela/Lapa/Santos

Na Avocado House, todos os pratos levam abacate, dos doces aos salgados. Há três panquecas à escolha, disponíveis das 09.00 às 18.00: a avocado pancake, com geleia de abacate, bacon crocante, ovo frito e flores comestíveis (6,60€), a yummy avo, com manteiga de amendoim, banana, abacate, nozes, sementes de abóbora e ganache (6,70€) ou as happy farm, uma panqueca de trigo sarraceno com aveia e matcha, frutos vermelhos, abacate, banana, requeijão, maple syrup e flores (6,80€).

Brunch e pequeno-almoço em Lisboa

  • Restaurantes

De um momento para o outro deixámos, outra vez, de ir aos nossos sítios preferidos para comer e beber. Restaurantes, cafés, bares, discotecas. Mas aprendemos duas coisas: ora podemos pôr mãos à obra e tentar reproduzir as suas receitas e homenageá-los, ora mantê-los bem perto do nosso coração (e estômago) com entregas ao domicílio e take-away. Por esta altura já deverá ter passado a fase de ficar horas na cozinha a experimentar novas receitas e o que mais quer é um bocadinho de normalidade. Se está a ressacar por aquele brunch de fim-de-semana que nunca falhava, siga as nossas recomendações. Listámos os melhores para devorar em casa, com direito a ovos, panquecas e mais opções não convencionais mas deliciosas. 

  • Restaurantes
  • Padarias

Pão é um daqueles bens essenciais pelos quais ainda pode e deve sair à rua. Durante a gestão das idas ao supermercado, não se deixe levar pela opção mais fácil dos pães embalados e comerciais, sem grande sabor, e mantenha as rotinas e a escolha do pão artesanal, feito com recurso a massas-mãe. As melhores padarias artesanais lisboetas mantêm as portas abertas, em regime de take-away e com entregas ao domicílio, para que não lhe falte nada e continue a alimentar-se bem. Com mais ou menos variedade, com extras para acrescentar ao carrinho da entrega, e manter o cheirinho a pão quente acabado de fazer, explore a reformulada oferta destas padarias e padeiros em Lisboa. Pão fresco em casa nunca vai faltar.

Publicidade
  • Compras
  • Mercearias

Alternativa mais saudável aos cereais mainstream de pequeno-almoço, a granola é, regra geral, uma mistura de aveia, frutos secos e sementes. Mas, quando bate a criatividade, tanto podem ter quinoa, lascas de coco, pepitas de chocolate negro, framboesa como figo desidratado. Se ainda não se atreveu a fazer em casa (e é um projecto bem mais simples, em comparação com o do pão de massa mãe, que pode descobrir como fazer aqui), descubra abaixo algumas das marcas portuguesas que lhe permitem comprar granola online. Com diferentes texturas e ingredientes, todas são perfeitas para iogurtes, panquecas e outras malgas, até salgadas.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade