Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores brunches alcoólicos em Lisboa

Os melhores brunches alcoólicos em Lisboa

Esqueça o chá gelado ou o sumo natural e escolha antes um cocktail para acompanhar o pequeno grande almoço. Estes são os melhores brunches alcoólicos em Lisboa.

Publicidade
Chérie Paloma
©Manuel Manso

Brunches há muitos. A cidade recebeu a refeição de braços abertos, primeiro ao domingo, depois alargando-a a outros dias da semana. Primeiro com as mais tradicionais panquecas e ovos (mexidos, estrelados ou Benedict), depois com sabores internacionais a atirar mais para o almoço completo. A acompanhar, sempre bebidas quentes e frias tradicionais, do cappuccino e lattes com muita espuminha aos sumos naturais e chás frios caseiros. Mas porque não acompanhar esta refeição com um cocktail? Lá fora, os bottomless brunches, com bar aberto de bebidas alcoólicas, maioritaramente cocktails, ganhou força e por cá já se encontram vários sítios que substituem as bebidas sem álcool por bebidas de autor. Das Mimosas aos Bloody Marys, regue o seu grande-pequeno-almoço com estes brunches alcoólicos em Lisboa. 

Recomendado: Os melhores brunches em Lisboa

Os melhores brunches alcoólicos em Lisboa

Dear Breakfast, brunch, pequeno almoço
©Francisco Santos
Restaurantes

Dear Breakfast

Este querido dos pequenos-almoços é minimalista na decoração, com muito branco e mesas em mármore, mas na altura do brunch, só aos fins-de-semana, faz um all in. O menu tem torradas e doce, croissant, um prato de ovos ou panquecas. Para beber, está incluído chá ou café, as mais tradicionais bebidas da refeição, mas também inclui Aperol Spritz, Bloody Mary, Mimosas ou sumo de laranja. Isto tudo com refills sem custo extra. Se esta casa na Rua das Gaivotas estiver a abarrotar (atenção que não fazem reservas), pode ir à segunda, na Baixa, na Calçada de São Francisco.

Preço: 18,50€

Chérie Paloma
©Manuel Manso
Restaurantes, Mexicano

Chérie Paloma

icon-location-pin Santos

A lógica neste Chérie Paloma, dos mesmos donos do Dear Breakfast, é muito simples: nem todas as manhãs têm de começar com uma meia de leite ou uma bica, também pode pegar numa margarita e dar os buenos dias com sotaque. Este menu de brunch latino inclui guacamole com nachos de milho, escolha entre um prato de ovos, um burrito ou panquecas, café ou chá, e depois ou um sumo fresco ou um refrigerante latino ou um dos cocktails da casa. Há Spicy Margarita, Mimosa ou Bloody Mary. 

Preço: 18,50€

Publicidade
Smoothie bowl do Fauna&Flora
©Manuel Manso
Restaurantes, Português

Fauna & Flora

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

O concorrido Fauna&Flora, agora com uma segunda casa nos Anjos, serve pequenos-almoços, almoços e brunches a la carte e é grande apologista do brinner (o pequeno-almoço ao jantar). As panquecas, doces ou salgadas, são as grandes estrelas da carta mas tem também uma variedade grande de bowls e tostas. Acompanhe tudo isto com os cocktails da casa: além de mimosas, daiquiris ou mojitos, há o Thai Chilli Crush, com malagueta, manjericão, sumo de maçã, sumo de limão, gin e licor de maçã (7€) , o Basil Sour com vodka, sumo de limão, manjericão e clara de ovo (7€) ou ainda o Flora, com gin, tomilho torrado, sumo de lima e limoncello (7€).

Preço: À la carte

Zenith
©Arlindo Camacho
Restaurantes

Zenith Brunch&Cocktails

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

Fernando Sá e Thiago Silva abriram o Zenith no Porto em Maio de 2017 com mesas carregadas de comida em pratos instagramáveis e com cocktails a acompanhar - sem menus e com a ideia de mostrar que "brunch é mesmo uma refeição, como o almoço e o jantar, e não é um pacote" A norte foi um sucesso tal que o trouxeram para Lisboa, para o pé da Avenida da Liberdade. Portanto, aqui é só escolher a combinação ideal: panquecas (6,50€) e bellini de sorvete de morango (6€), ovos zenith (ovos escalfados panados, 8,5€) e sangria da casa (7€ o copo de gin) ou tosta de batata doce assada com abacate, coguemlos e ovo (6€) com um mojito (7€)? É só escolher a sua combinação.

Preço: À la carte

Publicidade
© Manuel Manso
Restaurantes, Árabe e Médio Oriente

Farès

icon-location-pin Cais do Sodré

Com o mote “brunch não é só panquecas”, o restaurante-bar do Cais do Sodré lançou um menu de brunch com sabores do Médio Oriente. Chega num tabuleiro de metal e inclui vários mezze e duas bebidas, tudo preparado com ingredientes frescos e com muitas escolhas difíceis para tomar, mas sempre com o preço fixo de 16€. As bebidas alcoólicas são um extra, mas assuma-o: peça a mimosa de hibiscos (mais 2€) ou o bloody mary de beterraba (mais 2€).

Café Janis
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Café Janis

icon-location-pin Cais do Sodré

Este café tem pinta parisiense, como os donos, e é perfeito para pegar numa sandes e levar para uma refeição rápida ou para aqueles finais de tarde com um copo de vinho e tábua de queijos e enchidos. Mas aos fins-de-semana a estrela é mesmo o brunch. O menu inclui bebida quente, sumo de laranja natural ou um cocktail, Mimosa ou Bloody Mary, iogurte com granola e fruta ou pão de banana e um prato à escolha entre tosta de abacate, um prato bem cheio com ovos mexidos, queijo halloumi grelhado, presunto de Parma ou abacate, torradas, tomates cereja assados e cogumelos, um bun especial da casa ou uma tábua com salmão fumado. Há vários extras e refills de cocktails.

Preço: 18€

Publicidade
O infame
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Infame

icon-location-pin Intendente

Os brunches do Infame, no Intendente, misturam influências britânicas e orientais, sem esquecer a opção vegetariana, e todos são devidamente regados. Há o inglês The Brady Brunch, com bagel, ovo estrelado, bacon grelhado, baked beans, cogumelos, abacaxi grelhado, tomate assado, crème fraîche e guacamole, e a sugestão é que o acompanhe com um Bloody Mary. O mais exótico Korma Police, que inclui pão lêvedo, ovos mexidos, chutney de manga, esmagada de grão, caril e espinafres, arroz thai com carne de porco desfiada e romã, gyosas com molho de iogurte e lima kaffir, guacamole e agrião e o cocktail Eggnog. Destaque também para o vegetariano Kale-O-Ren, mas esse com sumo detox a acompanhar. A cada sugestão acrescem os pães com compotas, bebidas quente e fria e panquecas. 

Preço: 17€

Brunches e pequenos-almoços em Lisboa

Restaurantes

Os melhores brunches buffet em Lisboa

O brunch deixou de ser refeição única de fins-de-semana, bem sabemos e apoiamos. Mas esta refeição em formato buffet pede que vá sem qualquer limitação horária e que fique almoçado, lanchado e, às tantas, até jantado para o resto do dia. Nestes restaurantes com brunch buffet em Lisboa pode começar com variedades de pães e waffles, panquecas, ovos e depois entrar numa fase mais séria da refeição – e transformá-la realmente num almoço tardio e corpulento. 

My mother's daughters
Fotografia: Francisco Santos
Restaurantes, Vegano

Oito brunches vegan em Lisboa que tem de conhecer

Numa cidade cada vez mais completa gastronomicamente, as opções de brunches vegan em Lisboa começam a crescer e a mostrar como esta refeição predilecta dos fins-de-semana e dos dias sem horários é saborosa e saciante independentemente do estilo de vida que leve. Aqui não entram produtos de origem animal mas nem por isso lhe faltam clássicos, como as panquecas ou a french toast, bowls da moda carregadinhos de fruta fresca e superalimentos ou outros pratos bem bonitos para fotografar e depois devorar. 

Publicidade
Panquecas do Stanislav
Duarte Drago
Restaurantes

Os melhores sítios para comer panquecas em Lisboa

Acha que a sua receita de panquecas é a melhor do mundo? Dê folga à frigideira lá de casa, rume a um destes cafés especialistas em pequenos-almoços e brunches e fique a conhecer boas panquecas, redondas, fofas, leves ou densas, mais altas ou mais baixas, das doces e carregadinhas de chocolate às novas versões fit, feitas com aveia e com muita fruta. 

Publicidade