Sítios para sair ao domingo em Lisboa

Bem sabemos que segunda, por norma, é dia de trabalho. Mas também ninguém disse que era proibido sair ao domingo em Lisboa. Siga as nossas sugestões

LUISA FERREIRARive-Rouge

À noite, ou até à tarde, festas temáticas ou mera aberturas de portas, estes sítios que sugerimos a seguir dão-lhe a possibilidade de sair quando por norma poucos o fazem – habitualmente sem encontrões desmedidos, filas para os lavabos ou para o bar. Dos clássicos Musicbox, Lounge ou Copenhagen, que não tiram folga, até ao Rive Rouge ou Bartô. Estes são os sítios para sair ao domingo em Lisboa. É só escolher. E talvez a segunda-feira seja menos entediante. Talvez. 

Recomendado:
+ Discotecas em Lisboa. Quando cai a madrugada na cidade

 

Europa's Sundaes

3 /5 estrelas

Todos os domingos, das 23.00 às 04.00, o Europa, o histórico clube do Cais do Sodré dá-nos os Europa’s Sundaes. E mesmo aqui, onde durante anos a fio as afters-party foram a prata da casa, a coisa acaba às 04.00, para que não precise, necessariamente, de ir de directa trabalhar. É quase uma simpatia, tem mais do que tempo para ir a casa dormir. Por norma, Ramboiage e James Warren estão na cabina.

 

23.00-04.00.

Ler mais
Cais do Sodré

Bartô: Domingos no Mundo

4 /5 estrelas

O bar do Chapitô é sempre uma boa opção para dar um passo de dança ao ar-livre, enquanto se respira música diversa. Chamam-lhe Domingos no Mundo e a programação pode variar entre música africana, cumbia colombiana e outros ritmos latinos, tudo sonoridades que promovem o baile, a diversão, para combater essa segunda-feira madrasta.

 

22.30-01.50.

Ler mais
Castelo de São Jorge
Publicidade

MusicBox: Leather Night

5 /5 estrelas
Escolha dos críticos

Todos os domingos, o DJ A Boy Named Sue assume as rédeas do MusicBox, outro dos bares para quem ter um dia de descanso é coisa dispensável. A Leather Night arranca às 01.00 e aposta forte no rock’n’roll, aquele de casaco pesado e pronto para testemunhar uma série quase infinita de air-guitars. Na descrição do evento pode ler-se: “Para uns dia de limpezas, para outros é dia de ressaca”. Pois é, e então? Dá para limpar a casa, estar de ressaca e apanhar outra. A Leather merece.

 

01.00-06.00.

Ler mais
Cais do Sodré

Roterdão: JukeBox's Sundays

Além do novo horário alargado do Roterdão, que à sexta-feira e ao sábado fecha agora às 05.00 (ou seja, uma hora mais tarde), o clube do Cais do Sodré tem apostado num conceito interactivo ao domingo: JukeBox’s Sundays. A ideia é que durante a semana publique na página do evento a música que gostava de ouvir, depois é chatear os amigos com aquelas mensagens-ameaça: “Se não fizeres like nisto vais ficar amaldiçoado nos próximos 15 anos”. Isto porque as cinco músicas com mais gostos vão mesmo passar no Roterdão.

 

22.30-04.00.

Ler mais
Cais do Sodré
Publicidade

B. Leza

São 22 anos de B.Leza, ou seja, 22 anos de bom ambiente, boa música africana, no fundo, 22 anos em bom. E é gente que trata o domingo com carinho, de tal forma que depois folgam às segundas e terças, porque o descanso é merecido. Numa onda mais de matiné, o B.Leza funciona das 18.00 às 02.00 e muitas vezes com workshops de dança africana antes de um set ou de música ao vivo para pôr os ensinamentos em prática.

 

18.00-02.00.

Ler mais
Cais do Sodré

Lounge

4 /5 estrelas

Ao domingo, o Lounge veste-se segundo o look sunday house sunday. No fundo, transpor e energia domingueira, preguiçosa e molenga para o clube que em 2017 celebrou a chegada à maioridade. Ora se há 18 anos aqui vamos e continuamos a ir, nada como ir lá parar ao domingo, sabendo que o Lounge será sempre igual a si próprio, com enorme cuidado na programação e uma atmosfera positiva.

22.00-04.00.

Ler mais
Cais do Sodré
Publicidade

Rive Rouge

Também no registo de matiné, ao domingo o Rive Rouge abre a pista às 17.00. É o único dia da semana em que o faz e acreditamos que aquilo que o justifica é preocupação, funcionando das 17.00 às 01.00, e não das 22.00 às 04.00 como habitualmente. O bar fundado por Manuel Reis, com gerência de Miguel Ângelo Fernandes (que além de já ter sido porteiro do Lux gere os bares do Casino de Lisboa) e Nuno Faria, do 100 Maneiras, não quer que durma pouco. E isso fica-lhes bem.

17.00-01.00. 

Ler mais
Cais do Sodré

Copenhagen

3 /5 estrelas

Hip-hop sete dias por semana. Quer melhor proposta que esta que o Copenhagen faz? E portanto ao domingo o que é que temos? Hip-hop, pois claro. Por norma é CLP, iniciais para Cláudio Lopes Pinto, o DJ que habita os domingo no Copenhagen, com doses valentes de hip-hop recente, hits mais old-school e com espaço para r&b e dancehall.

22.00-04.00.  

Ler mais
Cais do Sodré
Publicidade

Sair à noite em Lisboa

Os melhores bares de cerveja em Lisboa

A cevada alimenta e uma pesquisa rápida no Google vai levá-lo a sites (alguns mais duvidosos que outros) que lhe apontam alguns benefícios: para a pele, para os intestinos e até para os ossos, imagine-se. Mas se pensa que o consumo deste néctar é uma actividade demasiado banal, desengane-se. Aqui dispensamos os copos de plástico, as imperais mal tiradas e todos os parentes pobres do consumo rápido e sem grandes preceitos.  Não estamos a arranjar-lhe desculpas para beber cerveja, mas deixamos aqui vários sítios ara o fazer: são os melhores bares de cerveja em Lisboa. Do Delirium Café, no Chiado, com um número recorde de torneiras na cidade, ao tap room das Dois Corvos, com cerveja feita ali mesmo, em Marvila, é escolher um sítio para beber uma cerveja artesanal ao final do dia. Continua com sede? Tente os melhores bares de gin, os melhores bares de hotel ou um destes cocktails lindos de morrer.

Ler mais
Por Editores da Time Out Lisboa

Os melhores terraços em Lisboa

Subimos aos melhores terraços de Lisboa e, entre ver as vistas, beber um copo e dançar, ainda tivemos tempo para escrever este artigo, com 25 destinos para quando a temperatura sobe na cidade.

Ler mais
Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer

A noite lisboeta, volta não volta, ganha novos hóspedes. Bares das mais diversas espécies (ou mais orientados para os cocktails ou mais virados para a cerveja artesanal ou até aqueles generalistas, que fazem tudo) que merecem a nossa visita e eventual recomendação. Nesta página espere sempre isto: as novidades mais frescas da cidade no que a bares diz respeito. Confie. 

Ler mais
Por Editores da Time Out Lisboa

Comentários

0 comments