A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

BIP/ZIP: conheça as candidaturas mais verdes do programa municipal

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

A oitava edição do programa municipal BIP/ZIP já tem vencedores e andámos a picar os projectos que querem uma cidade mais limpa e mais verde (e também mais madura).

Lisboa Limpa, Mouraria Composta e Bela Flor Respira são três dos projectos amigos do ambiente aprovados em mais uma edição do Programa Municipal BIP/ ZIP – Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária, o programa municipal que só este ano distribuiu 1,6 milhões de euros por 39 candidaturas aprovadas (num total de 106).

De edições anteriores saíram ideias bem conhecidas, como a A Avó Veio Trabalhar ou a Rede de Artes e Ofícios de Lisboa, e há potenciais novas estrelas a caminho, também a caminho de fazer pandã com Lisboa Capital Verde da Europa em 2020. É o caso da associação Lisboa Limpa, que viu aprovada a sua candidatura para um sistema de copos reutilizáveis espalhado por várias casas de Lisboa que já marcha em espaços como a Crew Hassan ou a Renovar a Mouraria.

Por falar em Renovar a Mouraria, a associação é a promotora do projecto Mouraria Composta, que quer implementar uma rede de compostores comunitários e pelo caminho abrir uma loja de produtos relacionados com a produção agrícola doméstica.

Do outro lado da cidade, há o projecto Bela Flor Respira que propõe um sistema agroflorestal pioneiro em Lisboa trazido por uma equipa de entendidos do Brasil, país onde nasceu esta técnica. Já a Orquestra da Calçada, no Lumiar, vai nascer para ser multigeracional e com instrumentos feitos a partir de materiais desperdiçados, o mesmo que o EcoSako, uma das ideias que será concretizada pelo projecto GERAÇÃO SABER – Velhos São Os Trapos, em Alcântara.

+ O novo amarelo de Lisboa está a chegar

+ EPAL volta a ter o Pátio d’Água, mas itinerante

Últimas notícias

    Publicidade