A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
The Fabelmans
©DROs Fabelmans, de Steven Spielberg

Spielberg e ‘Abbott Elementary’ entre os vencedores dos Globos de Ouro

A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood distinguiu os melhores filmes e séries do ano. Houve confirmações, surpresas e pelo menos um momento muito bonito.

Renata Lima Lobo
Escrito por
Renata Lima Lobo
Colaborador
Luís Filipe Rodrigues
Publicidade

Depois da atípica edição de 2022, que se realizou à porta fechada, sem transmissão televisiva e com os vencedores anunciados apenas online, a cerimónia de entrega dos Globos de Ouro da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood voltou a ser transmitida pela NBC. E, sem grandes surpresas, Os Espíritos de Inisherin, de Martin McDonagh, e a série Abbott Elementary, transmitida em Portugal pela FOX Comedy, que já tinham sido as produções mais nomeadas, foram as maiores vencedoras, com três prémios cada. Mas foi Os Fabelmans, de Steven Spielberg, que arrecadou os dois principais galardões nas categorias de cinema: Melhor Realizador e Melhor Filme Dramático.

Já o Melhor Filme Cómico ou Musical foi Os Espíritos de Inisherin, que se estreia em Fevereiro em Portugal e é outro dos favoritos para os Óscares. Escrito e realizado pelo britânico Martin McDonagh (Três Cartazes à Beira da Estrada), o filme recebeu ainda os Globos de Ouro para Melhor Argumento e Melhor Actor num Filme Cómico ou Musical, entregue a Colin Farrell. A maliana Michelle Yeoh foi considerada a Melhor Actriz num Filme Cómico ou Musical, pela sua prestação noutro dos filmes sensação de 2022, Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo, dos Daniels Kwan e Scheinert, que valeu ainda o prémio de Melhor Actor Secundário num Filme a Ke Huy Quan.

No cinema destacaram-se ainda Austin Butler, votado Melhor Actor num Filme Dramático por fazer de Elvis Presley em Elvis (HBO), de Baz Luhrmann; e Cate Blanchett, considerada a Melhor Actriz num Filme Dramático pelo seu papel em Tár, de Todd Field. Angela Bassett venceu ainda o prémio de Melhor Actriz Secundária por Black Panther: Wakanda Para Sempre. Além disso, o Pinóquio de Guillermo del Toro foi eleito o Melhor Filme de Animação, e o drama histórico Argentina, 1985, realizado por Santiago Mitre, venceu na categoria de Melhor Filme Falado em Língua Estrangeira.

House of The Dragon
©DRHouse of The Dragon

Agora vamos à televisão. House of The Dragon (HBO), a prequela de A Guerra dos Tronos, dividiu opiniões dos fãs, mas acabou por ser considerada a Melhor Série Dramática de 2022. Por outro lado, Abbott Elementary (Disney+) foi a vencedora na categoria de Melhor Série Cómica ou Musical e valeu um par de galardões a dois dos seus intérpretes: a também criadora Quinta Brunson (Melhor Actriz numa Série Cómica ou Musical) e Tyler James Williams (Melhor Actor Secundário numa Série Cómica ou Musical). Já a Melhor Minissérie foi, sem grandes surpresas, The White Lotus (HBO), que também rendeu a Jennifer Coolidge, o prémio de Melhor Actriz Secundária numa Minissérie.

Nos papéis principais em séries dramáticas, o veterano Kevin Costner ganhou o Globo de Ouro pela sua interpretação em Yellowstone (SkyShowtime), enquanto que Zendaya recebeu um prémio pela sua prestação em Euphoria (HBO). Já nas minisséries, os melhores actores foram Evan Peters, que vimos em Dahmer (Netflix), e Amanda Seyfried, de The Dropout: A História de uma Fraude (Disney+). Por fim, Jeremy Allen White convenceu com o seu papel em The Bear (Disney+), considerada uma série cómica ou musical pelo júri da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood.

Conheça a lista completa de vencedores no site oficial dos Globos de Ouro.

+ Os melhores filmes de 2022

+ As melhores séries de 2022

Últimas notícias

    Publicidade