Os melhores cafés para trabalhar em Lisboa

Eis uma lista obrigatória para qualquer freelancer alfacinha, de portátil debaixo do braço: transforme os melhores cafés para trabalhar em Lisboa no seu escritório particular.

Fotografia: Manuel MansoHello, Kristof

Instale-se confortavelmente e junte ao pedido de café, o da password da internet: é que estes são os melhores cafés para trabalhar em Lisboa.

Recomendado: Três bebidas quentes para aquecer a alma nos dias frios

Os melhores cafés para trabalhar em Lisboa

The Mill

Um dos grandes atractivos do The Mill dá pelo nome de tomada eléctrica. No plural, aliás. Por isso, o sítio enche cedo, mas a rotatividade é alta. Vale a pena esperar por um lugar à mesa mesmo que seja só para beber um café – há três tipos, todos arábica, torrados a lenha em Lisboa – ou uma bebida ‘à base de’, daquelas que saem prontas para o Instagram. Servem deliciosas taças para pequenos-almoços, vários tipos de pães com manteiga e doces, sanduíches a fazer as vezes de refeições e várias receitas com ovos.

Café: 0,90€

Rua do Poço dos Negros, 1. 21 157 5220. Seg-Sex 08.00-18.00, Sáb e Dom 09.00-17.00

Ler mais
Chiado/Cais do Sodré

Hello, Kristof

É de louvar a renovação do Poço dos Negros e a pinta (encontrem melhor termo se conseguirem) dos vários negócios que por lá têm aparecido. Este Hello, Kristof, assumidamente de inspiração escandinava, é um misto de cafetaria com espaço para consulta de revistas independentes. O café é 100% arábica e moído na hora e todas as bebidas derivadas são recomendáveis – o latte parece veludo, acredite. Se tem um computador portátil a precisar de conhecer novos ares, é o sítio certo para ir – agora a sério, é um óptimo café para trabalhar.

Café: 1,20€

Rua do Poço dos Negros, 103. Seg-Sex 09.00-18.00 

Ler mais
Chiado/Cais do Sodré
Publicidade

A Luz Ideal

Fica numa zona pouco dada a este tipo de negócios, a Estrada da Luz, por isso é um achado para aproveitar. De que forma? A trabalhar, a aproveitar a tranquilidade do espaço e a boa música que passa (de Sufjan Stevens a Paul Simon logo de manhã); a provar o iogurte com granola, os scones ou as torradas de pão alentejano ao pequeno-almoço e os menus de almoço a preços de amigo (5,30€ a 6,30€); a fazer fotossíntese, graças a uma luz tão ideal que serviu como cenário de capa da última Time Out Lisboa dedicada aos cafés.

Café: 0,65€

Rua General Schiappa Monteiro, 2A. Seg-Sex 09.30-20.00, Sáb 09.30-14.30

Ler mais
Sete Rios/Praça de Espanha

Friendly Flamingo

Há flamingos à vista em terra. O novo café de Campo de Ourique tem aves cor-de-rosa desenhadas nas paredes (todas muito instagram friendly, diga-se de passagem) e opções para quem conta as calorias à risca e para quem se está a borrifar: há sempre taças de açaí com iogurte, granola e fruta (5€), parfaits com granola caseira ou waffles com tantos toppings quanto desejar (a partir de 2,5€). Todos os dias há bolo caseiro diferente ao balcão, quiches ou saladas, e aos domingos têm menu de brunch em buffet por 12€.

Café: 1€

Rua 4 de Infantaria, 3 A. 21 601 8184. Ter-Sáb 09.00-20.00, Dom 10.00-14.00

Ler mais
Campo de Ourique
Publicidade

Heim Café

Apesar de talentosas na arte de aproveitamento do espaço, as mentoras deste simpático e verdejante café da fronteira de Santos com a Madragoa, ainda não conseguem dar vazão à quantidade de gente que todos os dias se planta à porta do Heim a ver passar waffles, omeletes, saladas e sumos, à espera de conseguir lugar. Se é um dos que já descobriu aqueles idílicos três assentos virados para a janela e não se importa de estar na montra, pode passar ao texto seguinte. Se apenas ouviu falar deles agora, não divulgue o nosso segredo.

Café: 0,75€

Rua de Santos-o-Velho, 2-4. 21 248 0763. Qua-Seg 09.00- 18.00

Ler mais
Santos

Vertigo Café

A acompanhar há vários anos o crescimento do Chiado sem nunca perder a alma, o Vertigo é aquele café intimista onde se pode ir em modo de beber um chá e dissertar sobre a vida, em modo de copo de vinho e festejá-la, num almoço a puxar para o tarde ou para matar aquela vontade súbita de comer uma boa sobremesa (o crumble de maçã, sempre). Cumpre tão bem a função de café descontraído para se sentar a trabalhar, como de restaurante com boa comida, a servir bons bagels logo de manhã e óptimas batatas assadas com salmão pelo dia fora.

Café: 0,90€

Travessa do Carmo, 4. 21 343 3112. Seg-Sáb 08.00-10.00

Ler mais
Chiado
Publicidade

Café Tati

É um dos melhores sítios da cidade para trabalhar ao computador – a boa música é um óptimo substituto dos headphones – e a prova disso é que num dia de semana encontrar um lugar vazio começa a tornar-se difícil. Tal pode dever-se à simpatia de quem atende, à qualidade do que se serve, das saladas às tibornas, dos petiscos aos bolos ou às exposições nas paredes. Fora do horário de expediente, há uma oferta cultural variada a encher a agenda do polivalente Tati. Jam sessions, música ao vivo, workshops e o que mais couber.

Café: 0,90€

Rua da Ribeira Nova, 36. 21 346 1279. Ter-Dom 11.00-01.00

Ler mais
Cais do Sodré

Café com Calma

Ser, por enquanto, exemplar único da sua espécie em Marvila tem sido uma das razões de sucesso do Café com Calma. Mas não é seguramente a única. A comida despretensiosa e a preços baratos ajuda (8€ um menu de almoço), ser aquele espaço estilo armazém ocupado por cadeiras e mesas desirmanadas dá-lhe charme, e a qualidade dos bolos é um bom convite para atravessar a cidade. O wi-fi funciona, a banda sonora dá para todos os gostos – num recente lanche apanhou-se Dire Straits e Shakira – e quem atende é tão descontraído quanto quem lá vai.

Café: 0,60€.

Rua do Açúcar, 10. 21 868 0398. Seg-Sex 08.00-19.00, Sáb 10.00- 18.00

Ler mais
Marvila
Publicidade

Café Boavida

O novo (e bonito) inquilino do Poço dos Negros fez uma abertura discreta – e é discreto que se quer manter – mas vem cheio de ideias. À excepção do pão de fermentação lenta e dos croissants folhados, é tudo feito ali, numa linha de cozinha 100% sustentável presente nas tibornas e saladas, nos pratos e sopas do dia, assinados pela chef Ana, do Banana’s Kitchen; o café é 100% arábica, torrado a lenha em Lisboa; no andar de cima há um espaço de exposições dinâmico que também pode receber workshops; e às quintas é dia de concerto.

Ler mais
Chiado/Cais do Sodré

Mais café

As melhores lojas de chá e café em Lisboa

Quando terminar este texto a balança pode acusar uns quilos extra. É que as misturas de chá e café não seriam as mesmas sem a companhia de bolachas, rebuçados, amêndoas, frutas caramelizadas, doces regionais e outros deliciosos demónios para a linha. Esqueça as preocupações, porque estas casas merecem mesmo uma visita. 

Ler mais
Por Mariana Correia de Barros

Cafés em Lisboa para se abrigar do frio

É tempo de pôr uma camisola mais quentinha, esquecer as idas à praia e procurar abrigo em cafés acolhedores. Damos-lhe ideias para todos os dias da semana.

Ler mais
Por Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Comentários

0 comments