Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Três sítios para comer english breakfast

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

The George - English Breakfast
©Manuel Manso English Breakfast do The George

Três sítios para comer english breakfast

Esqueça a tosta de abacate e comece o dia com o prato cheio. Eis três sítios para comer english breakfast em Lisboa

Por Inês Garcia
Publicidade

Os ingleses tratam-se bem logo de manhã  não há cá só torradas e um galão, precisam de uma refeição quase completa. O english breakfast, tradicional em Inglaterra e Irlanda mas importado para todo o lado, não é para estômagos sensíveis. É pequeno-almoço para campeões sem medo de calorias: um prato cheio com salsichas, ovos estrelados, bacon, tomates assados, cogumelos e feijão, acompanhados por fatias de pão e chá ou café. Em Lisboa há variações ao prato tradicional e há quem o prefire para um almoço em vez de começar o dia assim. Prove-o nestes três sítios.

Recomendado: Pequenos-almoços e brunches internacionais em Lisboa

Três sítios para comer english breakfast

The George pub
The George pub
©Nuno Ramos

The George

Bares Baixa Pombalina

É um ilustre representante de sua majestade em Lisboa. Um bom sítio para ver a bola, mas não só. O movimento começa pela fresca, com o english breakfast, um prato cheio com bacon, cogumelos, ovo estrelado, salsichas, feijão, tomate e batatas fritas. Acompanhe com lattes e capuccinos, mas se quiser ou precisar de algo mais pesado, espreite as torneiras de cerveja à pressão e a extensa carta de cocktails.

Preço: 11,95€

Heim Café
Heim Café
Fotografia: Arlindo Camacho

Heim Café

Restaurantes Cafés Santos

Os donos do Heim Café vieram da Ucrânia com a vontade de criar um sítio onde todos se sentissem em casa. Por isso o menu, além de french toast, panquecas e tostas, tem um prato de pequeno-almoço com ovos estrelados, bacon, salsicha, tomate, cogumelos e feijão e panquecas. Têm quatro menus de brunch, um deles inglês.

Preço: 8,90€

Publicidade
Bar do Clube LRC
Bar do Clube LRC
©DR

Lisboa Racket Centre

Desporto Alvalade

O Lisbon Racket Centre já tinha um bar de apoio, mas a gerência mudou e as propostas cresceram para todos, sócios e não sócios. Além de um menu de brunch para uma ou duas pessoas que lhe vai confortar o estômago toda a tarde, há um prato de english breakfast bem completo, disponível das 09.00 às 15.30, com ovos estrelados, salsichas de porco, pão, feijão manteiga com molho de tomate e bacon.

Preço: 8,90€

Pequeno-almoço e brunch em Lisboa

Brunch do Raffi's Bagels
Duarte Drago

Os melhores brunches em Lisboa

Restaurantes

De um momento para o outro apareceu a palavra brunch e com ela um maravilhoso mundo de possibilidades. Muito por culpa, também, de séries como O Sexo e a Cidade, com mimosas ao pequeno-almoço e mesas fartas. Este mundo novo tornou-se mais uma refeição normal, especialmente aos fins-de-semana em que não apetece ter horários para pequeno-almoço, almoço, lanche ou jantar. Entretanto deixaram também de haver regras: há quem prefira esta refeição com ovos Benedict, com torres de panquecas, à boa maneira americana, inglesa, mais ou menos saudável, com sumos naturais, batidos ou outras bebidas quentes. 

Chérie Paloma
©Manuel Manso

Os melhores brunches alcoólicos em Lisboa

Restaurantes

Brunches há muitos. A cidade recebeu a refeição de braços abertos, primeiro ao domingo, depois alargando-a a outros dias da semana. Primeiro com as mais tradicionais panquecas e ovos (mexidos, estrelados ou Benedict), depois com sabores internacionais a atirar mais para o almoço completo. A acompanhar, sempre bebidas quentes e frias tradicionais, do cappuccino e lattes com muita espuminha aos sumos naturais e chás frios caseiros. Mas porque não acompanhar esta refeição com um cocktail?

Publicidade
Dacquoise
©Manuel Manso

Oh la la! Os melhores croissants em Lisboa

Restaurantes

Folhados, brioche, mais ou menos cozidos e caramelizados, simples, recheados, mais doces, menos doces. Um bom croissant consola ao pequeno-almoço, ao lanche e a qualquer hora. É um aconchego para o estômago e para a alma, nas versões mais simples ou naquelas pecaminosas, bem recheadas, com chocolate e doces caseiros assim bem docinhos, mistos com queijo e fiambre ou presunto e queijo da Serra para uma gula salgada máxima. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade