Pequenos-almoços internacionais em Lisboa: diga bom dia em estrangeiro

Se quer acordar num país que não é o seu, mas está sem dinheiro para comprar passagens de avião, escolha um destes três pequenos-almoços internacionais em Lisboa
Irish breakfast do O'gillins
Fotografia: Manuel Manso
Por Mariana Morais Pinheiro |
Publicidade

Nem todas as manhãs têm de começar com uma carcaça e uma meia de leite. Pelo mundo fora, comem-se coisas extraordinárias ao acordar. Descubra como se armar em irlandês, mexicano ou dinamarquês em Lisboa, logo ao pequeno-almoço.

 

+ As três novas modas para pequeno-almoço em Lisboa

Pequenos-almoços internacionais em Lisboa: diga bom dia em estrangeiro

copenhagen coffe lab
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes, Cafés

Copenhagen Coffee Lab - Pequeno-almoço dinamarquês

icon-location-pin Chiado/Cais do Sodré

Há muito para louvar (além do café expresso, de saco ou de filtro) nesta cafetaria nórdica junto à Praça das Flores. Todos os dias de manhã têm pão fresco acabado de fazer, como este brioche com sementes de abóbora, compotas caseiras e manteiga dinamarquesa para acompanhar. Este pequeno-almoço, um dos mais pedidos por quem começa lá o dia, traz ainda um copo de iogurte com muesli e mel (também feito lá, claro) e uma bebida quente à escolha, até 3,30€. O que cai melhor? O flat white, muito parecido com a nossa meia de leite, por exemplo, ou um cappuccino. Outros dos bestsellers da casa são as papas de aveia com iogurte, compota e fruta (5€) e os típicos bolos de canela artesanais (1,50€/pequeno e 2,50€/grande).

6,50€

huevos divorciados mexicanos do mez cais
Fotografia: Manuel Manso
Bares

Mez Cais - Huevos divorciados mexicanos

icon-location-pin Cais do Sodré

“É um prato que os mexicanos comem muito ao pequeno-almoço. É bastante intenso, leva dois ovos estrelados em cima de tortilhas de milho, separados por um puré de feijão preto”, conta o chef Akis Konstantinidis, que também gere a cozinha do Las Ficheras, o mexicano do Cais do Sodré. Sobre um dos ovos vai um molho de tomatilho verde, ácido e picante. Sobre o ovo do lado, vai a salsa rancheira, um molho feito com tomate, cebola e coentros, previamente grelhados para ganharem gosto a fumado. Acompanha com fatias de abacate. Além deste menu, tem ainda ovos revueltos com chouriço, ovos Benedict e ovos quentes com queijo feta.

6,50€

Publicidade
Bares

O'Gilins - Irish Breakfast

icon-location-pin Cais do Sodré

Antes de se atirar a um pint logo de manhã, forre o estômago. O Irish breakfast deste bar no Cais do Sodré, servido a todas as horas do dia (muito conveniente) promete deixá-lo bem alimentado mas, avisamos já, não é para a barriga de toda a gente. Se não acredita no que lhe dizemos, fique com o desafio: acha que consegue comer dois ovos estrelados, três salsichas irlandesas, duas fatias de bacon, tomate grelhado, cogumelos salteados, baked beans (feijão cozinhado em molho de tomate), e duas rodelas de black pudding, o equivalente a uma morcela de sangue, mas em versão irlandesa? Se respondeu sim, então apareça pela fresca, com a garantia de que vai sair a rebolar.

9€

Manhãs felizes em Lisboa

Ovos benedict da Tartine
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes

Os melhores ovos Benedict de Lisboa

Está oficialmente aberta a época do brunch. Com ele vêm os croissants, as panquecas, os iogurtes com granola, os queijos, as compotas, as carnes frias – é a única altura em que nos permitimos chamar carnes frias ao fiambre e ao presunto – e, como não podia deixar de ser, os ovos. 

Publicidade
sumos
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Onde beber os melhores sumos naturais em Lisboa

Tempo quente pede bebidas frescas e nós estamos cá para o ajudar: seja para lhe tratar da saúde (e da forma física) ou simplesmente para refrescar a meio do dia, estes são os melhores sítios para beber sumos naturais em Lisboa. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com