Três sítios para comer farófias

Fofas, leves e mergulhadas num género de leite-creme: assim se querem as farófias. Saiba onde comer nuvens como sobremesa em Lisboa
farófias da casa do bacalhau
Fotografia: Manuel Manso Farófias da Casa do Bacalhau
Por Inês Garcia |
Publicidade

Três sítios para comer farófias

casa do bacalhau
Fotografia: Francisco Santos
Restaurantes, Português

A Casa do Bacalhau

icon-location-pin Alfama

Não há intrujice nesta casa: depois de uma boa refeição tradicional e portuguesa com bacalhau (aqui há-o de todas as maneiras e feitios), há este belo prato de farófias, o doce feito de claras de ovos batidas em castelo, cozidas em leite e cobertas com uma calda feita de leite, açúcar, maisena e gemas de ovo. Por cima leva um pozinho de perlimpimpim, que é como quem diz, de canela.

Preço: 5€.

Tasquinha do Lagarto
© Arlindo Camacho
Restaurantes, Português

Tasquinha do Lagarto

icon-location-pin Campolide

Nesta tasca, casa de sportinguistas, a lista de sobremesas equipara-se ao restante menu, que privilegia a cozinha portuguesa (e tem uma boa vitela maronesa no tacho ou um arroz de garoupa malandro sempre no ponto): há farófias caseiras mas também sericaia ou encharcada de ovos.

Preço: 2€.

Publicidade
self service centro de arte moderna
©DR
Atracções

Fundação Calouste Gulbenkian

icon-location-pin São Sebastião

Há quem não conheça este self-service dentro da Fundação Calouste Gulbenkian, ofuscado pela Cafetaria agora com curadoria do chef Miguel Castro e Silva. Mas o buffet está sempre bem recheado de pratos frios e quentes, e doces, muitos doces. As farófias são servidas à fatia, bem polvilhadas com canela, 
e em doses bem generosas.


Preço: 1,95€.

Lisboa, doce Lisboa

lxeesecake
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Três sítios para comer cheesecake

Base de bolacha, recheio com muito queijo e um toppings que vão do clássico morango e frutos vermelhos aos mais criativos. O que há para correr mal num cheesecake? Garantidamente nada se for a estes três sítios em Lisboa. 

bola de berlim da sacolinha
Fotografia: Manuel Manso
Restaurantes

Três sítios para comer bolas de Berlim

Não é preciso estar num areal à espera de ouvir a cantiga das bolas de Berlim, apregoada aos sete ventos pelos vendedores vestidos de branco e com arcas às costas. Nestes três sítios há bolas de Berlim o ano todo e não são só as tradicionais. 

Publicidade
Tarte tatin do café de s bento
©DR
Restaurantes

Três sítios para comer tarte tatin

A tarte invertida com maçã caramelizada começou por conquistar franceses na pacata cidade de Lamotte-Beuvron. Hoje é uma das sobremesas mais famosas do mundo e está bem representada em Lisboa, não só em restaurantes franceses mas também – imagine-se – num japonês.  Recomendado: Os melhores restaurantes franceses em Lisboa.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com