Bons Sons: o que fazer em Cem Soldos e Tomar

Já que está a assistir ao Bons Sons, siga as nossas cinco sugestões de coisas para fazer quando não houver música a tocar.
Cem Soldos
Publicidade

O cartaz do Bons Sons junta alguns dos grandes nomes da música nacional. Salvador Sobral actua a 9, quinta-feira, seguido por Selma Uamusse e Slow J. Na sexta, entram em palco João Afonso, Mazgani e Sara Tavares, enquanto que o sábado é do açoriano Zeca Medeiros, de Sean Riley & The Slowriders, dos PAUS e do homem do momento, Conan Osiris.

O Bons Sons encerra no domingo com Luís Severo, Rodrigo Amado, Dead Combo, o aguardado concerto de Lena D'Água e Primeira Dama com a Banda Xita, e os Linda Martini. 

Para que não lhe faltem ainda mais motivos para conhecer Cem Soldos e Tomar, temos cinco sugestões de coisas para fazer nos entretantos.

Recomendado: Guia completo dos Festivais de Verão

Bons Sons: o que fazer em Cem Soldos e Tomar

1
Casa das Ratas
Restaurantes

Casa Matreno e Casa das Ratas

icon-location-pin Grande Lisboa

Na possibilidade de corar com o segundo nome, chame pelo primeiro, casa matreno. Um clássico de Tomar, é uma taberna convertida em restaurante de gastronomia regional, com destaque para as afamadas burras (um outro nome para designar bochechas de porco). Se não houver (uma forte possibilidade) peça por entrecosto com migas de feijão, safio com ervilhas e ovo escalfado ou ensopado de borrego.

2
Museu dos Fósforos
Coisas para fazer

Museu dos Fósforos

icon-location-pin Grande Lisboa

Como a própria palavra indica passatempo é uma maneira de se passar o tempo e há quem seja mais metódico com aquilo que faz com os seus minutos. Aquiles da Mota Lima, por exemplo, dedicou-se a reunir 43 mil caixas de fósforos e 16 mil etiquetas vindas de 127 países, uma saudável obsessão que começou em 1953 quando, a caminho de Londres para assistir à coroação de Elizabete II, conheceu uma americana que lhe pediu que comprasse caixas de fósforos alusivas ao evento. Desde então, não mais parou.

Publicidade
3
Cem Soldos

Conhecer todos os habitantes de Cem Soldos

O que pode parecer descabido torna-se exequível numa aldeia com mil habitantes, a maioria a participar activamente no Bons Sons. Pode fazer disso uma tarefa a longo prazo e regressar na Festa da Juventude (ainda este mês), na Festa da Aleluia (na Páscoa) ou no Natal.

4
Cem Soldos

Jogos do Hélder

É já um clássico da programação além-música do Bons Sons: Hélder Sucena enche o largo central com os seus objectos em madeira e corda movidos a energia infantil (ou graúda, caso queira entrar em brincadeiras). Até agora, Hélder já construiu cerca de cem brinquedos e jogos que usa como ferramentas de trabalho em acções sociais com crianças e idosos.

Largo S. Pedro 58 A/B, (Cem Soldos)

Publicidade
5

Mergulhar na Praia Fluvial de Montes

Existem três praias fluviais por perto: Alverangel, Vila Nova - Serra  e Montes. Esta última não é a mais próxima de Cem Soldos, fica a pouco mais de meia hora, mas é das mais bonitas e sossegadas da zona. Além de ser reconhecida pela Quercus com a classificação de Ouro, fica mesmo no limite da paradisíaca albufeira de Castelo de Bode.

Montes, 2300 Olalhas, (Tomar)

Mais música para os próximos dias

MEO Sudoeste
© Nuno Fontinha
Música

Cinco concertos a não perder no MEO Sudoeste

Como qualquer marca que muda de abordagem, o MEO Sudoeste mudou de vida. Está hoje transfigurado num parque de diversões para gente mais nova em busca de novas experiências, de preferência longe dos pais. Em vez de PJ Harvey, Beck, Moloko ou Portishead de outras edições, temos uma festa entre o novo hip-hop e a música house. Mac Miller, Crystal Fighters, Lil Wayne ou Two Door Cinema Club são outros destaques num cartaz que tem Jamiroquai como grande atracção capaz de mobilizar uma ou outra grupeta de adultos. 

Caetano Veloso
©Marcos Hermes
Música

Concertos em Lisboa em Agosto

Entra Agosto e escasseiam os concertos em Lisboa. Mas nem está tudo perdido. Nunca está tudo perdido. O Jazz em Agosto – este ano com um cartaz de luxo, sob o signo de John Zorn, um dos grandes nomes do jazz e da música experimental ao longo das últimas décadas – e outros festivais, como por exemplo o Sol da Caparica, estão aí para quem quiser ver e ouvir música ao vivo. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com