Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Escapadinha ao Porto: sete sugestões que valem a viagem

Escapadinha ao Porto: sete sugestões que valem a viagem

Uma loja, uma peça de teatro, concertos e várias exposições fazem-nos arrumar a trouxa e rumar à Invicta

David Bowie
David Bowie
Por Ágata Xavier |
Publicidade

São tantas as razões para uma viagem ao Porto que a dificuldade está em reduzir o leque de opções. Afunilámos a lista para sete sugestões que podem ser visitadas ou sempre, no caso da loja Banema Lab, ou quase sempre, no caso das exposições, peças de teatro e concertos. Espreite a Iconic Images — mostra fotográfica dedicada ao músico David Bowie que toma conta do Arrábida Shopping —, ou vá pelo seu próprio pé perceber se a polémica em torno da obra de Robert Mapplethorpe, artista que alargou os horizontes da fotografia de nu e que ocupa o Museu de Serralves até Janeiro, tem razão de ser. 

Recomendados: Os melhores hotéis no Porto

Sete sugestões que valem a viagem

Compras

Banema

icon-location-pin Cedofeita

Ter um showroom no Porto que complementasse o escritório que tinha em Paredes fez com que a Banema erguesse uma segunda casa na Adolfo Casais Monteiro, perto da artística (e “galerística”) Miguel Bombarda. Além das suas madeiras e de outros materiais de construção, procurou criar um espaço diferente, que juntasse marcas de design com as quais gostava de trabalhar e que “contemplasse a sua estética”. É por isso que irá encontrar, no piso superior (o Banema Lab), madeiras e objectos de decoração das marcas ccoya, Lunawood, Oberflex, Cleaf, Egger, Atmosphère et Bois, Parador Magis, Roda ou Raízes, enquanto que no inferior (o Banema Studio), que se assemelha a uma loja, repousam livros da Gestalten e da Rizzoli, peças da Menu, Native Union, Onno, Vintage Department ou Hay, objectos em madeira da Rival e artefactos em vidro da Vicara, estes dois últimos portugueses. É lá que encontra também uma grande mesa, ocupada por workshops mensais, como será o caso do que a Rival dará em Outubro, e os de macramé leccionados por Barbudo Aborrecido, em Novembro, e Diana Cunha, em Dezembro.

Onde dormir no Porto

GRAN CRUZ HOUSE
Luís Ferraz
Hotéis

Gran Cruz House, a pérola da ribeira do Porto

Lençóis imaculados, almofadas altas e fofas (de penas ou algodão), uma televisão escondida num espelho, pronta para ser ligada pelo primeiro hóspede. Na porta do wc, uma visita colorida: a interpretação de Kruella d’Enfer da famosa Mulher de Negro – que desde 1985 é a imagem de marca da Porto Cruz, o maior distribuidor de vinho do Porto, que acaba de inaugurar uma Boutique Guest House na Ribeira: a Gran Cruz House. Tem sete quartos, todos com nomes de vinho do Porto (estava lá o Pink por estrear, o White, o Ruby, o Vintage, o Tawny, o Reserve e o LBV), todos com vista de rio – e todos diferentes entre si.

Hotéis

The House of Sandeman: o Porto à janela e o Douro aos pés

À primeira vista, passa quase despercebido, ou não estivesse a marca Sandeman espalhada pelos muitos edifícios e esplanadas no Cais de Gaia, mas assim que damos com ele é inconfundível. O The House of Sandeman Hostel & Suites abriu no edifício que em tempos abrigou os escritórios desta marca histórica de vinho do Porto, mesmo por cima das caves que foram também alvo de uma remodelação, mas já lá vamos.

Publicidade
Pestana Porto - A Brasileira
©Flor Salgueiro
Hotéis, Hotéis de luxo

Porto sentido na Brasileira

A imagem padrão do ecrã gigante do quarto é a Ribeira vista do céu, a alma da cidade Invicta. E é no Porto que estamos. Num quinto andar com cheiro a canela. E numa casa que deu um cheirinho novo a Portugal.

Torel Avantgarde
© João Saramago
Viagens

Torel Avantgarde: o Porto mais à frente

Esclarecimento inicial: o título tem um duplo sentido. E isso aprende-se logo nos primeiros cinco minutos em que se entra neste novo boutique hotel no centro do Porto. Primeiro, há o letreiro néon em exposição na recepção, qual definição de dicionário, onde se lê “AvantGarde (...) All things considered to be ultramodern, advanced or ahead of its time”, olha-se à volta e há peças brutais por todo o lado; segundo com o check-in, que é feito na varanda do restaurante do hotel, com uma belíssima vista para o casario do Porto e o Douro ao fundo. Sim, pode sacar da máquina e começar a disparar.

Publicidade