A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Terrieiro
© DRMarisco do Terreiro

As melhores marisqueiras no distrito do Porto

Temos a sorte de viver numa zona com bom peixe e bom marisco. Aceitámos, por isso, o trabalho árduo de eleger as melhores marisqueiras no distrito do Porto.

Escrito por
Editores da Time Out Porto
Publicidade

Qualquer altura é boa para comer marisco, é certo, mas no Verão, com cervejas e praia à mistura, o programa é ainda mais irresistível. Se quer aproveitar o tempo livre para fazer um rally pelas melhores marisqueiras no distrito do Porto, este artigo é para si. Desde ostras, lavagantes, lagostas, percebes, lagostins, mexilhões, amêijoas, gambas e até zamburinhas da Galiza, vai poder provar isto tudo à beira-mar, em Vila do Conde, Póvoa de Varzim ou Matosinhos, ou até mesmo em terra, no Porto. Marisqueiras, por aqui, não faltam.

Relacionados: Os melhores restaurantes de peixe no Porto e arredores

As melhores marisqueiras no Porto e arredores:

  • Restaurantes
  • Grande Porto
  • preço 3 de 4

Aproveite uma visita a Vila do Conde para reservar uma mesa no Caximar, assente desde os anos 1960 sobre o areal da praia das Caxinas e perdido de amores pelo mar desde então. Começou por ser um snack-bar, mas em 1993 reinventou-se, fez obras e apresentou-se como restaurante especializado em peixe e marisco. E não fez outra coisa desde então: aprimorou a arte de bem servir mistos de mariscos com lagosta, camarão grelhado, sapateira recheada, amêijoa à Bulhão Pato, gambas ao natural, arroz com camarão, mexilhão e berbigão, que alimentam quatro ou cinco pessoas com fome (cerca de 187€). Mas há outras opções mais em conta, claro, igualmente boas.

  • Restaurantes
  • Galerias
  • preço 3 de 4

Apesar de não ter mar por perto, na Baixa do Porto também se come bom marisco e peixe fresco. O Ostras & Coisas que o diga. A especialidade da casa está no nome: as ostras nacionais que são servidas de diferentes formas — ao natural (2€/uni.), ao vapor (2,20€/uni.), grelhadas com manteiga clarificada e alho (2,80€/uni.) ou em tempura (12,90€/uni.). O menu conta ainda com opções como mexilhão em molhenga de natas (6€), caril de marisco (16€) e vieira com caviar em molho de açafrão (8€). Também pode pedir marisco ao quilo. Navalheiras, lavagantes e lagostas estão à sua espera. Fresquinhas, fresquinhas.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Grande Porto
  • preço 3 de 4

Quem passa na Estrada Nacional 13, na Póvoa de Varzim, pode admirar o néon azul do Marinheiro. O nome não deixa margem para dúvidas e o formato menos ainda: de um barco. Por dentro e por fora. A banca de marisco está sempre bem recheada e nada melhor do que começar por experimentar uma das especialidades, as amêijoas à Bulhão Pato, vindas da costa algarvia. Depois, siga para o misto de marisco (cozido ou grelhado), com lavagante, mexilhão e gambas. E, no final, se ainda tiver fome, peça o tamboril à Marinheiro, um dos pratos fortes no campeonato do peixe.

  • Restaurantes
  • Frutos do mar
  • Matosinhos
  • preço 3 de 4

Em Matosinhos é fácil encontrar restaurantes onde o marisco é rei, como é o caso da Marisqueira A Antiga, de portas abertas desde 1957. Aqui pode provar, por exemplo, camarão da nossa costa cozido (entre 120€ e 150€/kg), percebes cozidos no momento (entre 70€ e 120€/kg) ou santola da costa portuguesa cozida com ou sem recheio (49,50€/kg). Tudo fresco e pronto a comer. Aproveite também para provar o arroz de marisco “à antiga” (30€/meia dose) e os carabineiros do Algarve grelhados com azeite, alho e malagueta (120€/kg). Existe ainda um menu semanal, que é publicado regularmente no Facebook do restaurante. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Matosinhos
  • preço 3 de 4

Espumantes, mariscos e pão-de-ló: eis a tríade para uma refeição perfeita. O Gaveto, restaurante de Matosinhos com quase 40 anos de serviço, é um dos mais conhecidos do Grande Porto e exímio na arte da confecção destes frutos do mar. Da santola recheada (42,50€/duas pessoas) às amêijoas à Bulhão Pato (22,50€), passando por travessas de camarão tigre grelhado (95€/kg) e pelos percebes fresquinhos (22,50€/500g), há muito para petiscar neste espaço bem perto da praia – o mar fica a cerca de 300 metros. Peça uma cerveja gelada ou uma garrafa de espumante, se estiver com tempo, e remate a refeição com uma fofa fatia de pão-de-ló.

  • Restaurantes
  • Frutos do mar
  • Matosinhos
  • preço 2 de 4

Com a casa aberta numa zona de pescadores, junto ao Porto de Leixões, a Marisqueira dos Pobres, como é hoje conhecida, começou por servir mexilhões apanhados no mar ali perto à malta trabalhadora, que apreciava o petisco, acompanhado por um copo de vinho (ou dois), à hora de almoço. Mais de meio século depois, a clientela e o menu cresceram. Hoje há gambas, percebes, navalheiras, lavagantes, lagostas, camarão da costa, búzios, canilhas, ostras e mexilhões, grandes panelas de arroz de marisco e uma simpática diversidade de peixes na brasa.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Matosinhos

Localizado em Matosinhos, o restaurante Os Lusíadas dispõe de uma cozinha essencialmente de mar. As especialidades da casa são os mariscos e o peixe fresco, com destaque para o robalo ao sal. Neste restaurante, o serviço é de qualidade e o ambiente é calmo, acolhedor e simpático.

  • Restaurantes
  • Restaurantes
  • Ribeira
  • preço 2 de 4

Com três restaurantes espalhados pelo Porto, o grupo Casa Coelho – que inclui a Adega São Nicolau e a Taberna dos Mercadores – é também responsável pelo Terreiro, local onde pode provar uma grande variedade de produtos do mar. Quando lá chegar, sente-se na esplanada com vista para a Ribeira e para entradas peça o camarão ao alho (8€) e as ostras ao natural (12€/seis unidades). Quando chegar a hora do prato principal, atire-se ao arroz ou à açorda de mariscos (ambos a 36€/duas pessoas), à massada de gambas (14,50€) ou ao camarão tigre grelhado com batata palhinha (27,50€).

Publicidade
  • Restaurantes
  • Matosinhos
  • preço 2 de 4

É um clássico da cidade, muito requisitado para jantaradas e por quem gosta de comer bem. É que da cozinha d’A Marisqueira de Matosinhos saem, desde 1978, muitas lagostas, caranguejos, sapateiras, canilhas, búzios, quilos e quilos de camarão da nossa costa, e muitas outras coisas boas. Se tem dúvidas sobre o que escolher, nós ajudamos. Aposte no arroz de marisco (54€/duas pessoas), no camarão tigre grelhado (85€/kg), nas amêijoas à Bulhão Pato (28€/dose) e no arroz de lavagante (75€/duas pessoas).

  • Restaurantes
  • Grande Porto
  • preço 2 de 4

Comer marisco fresco com vista para a Praia da Aguda é o que pode fazer se reservar uma mesa no Zizi, em Vila Nova de Gaia. Entre as especialidades da casa estão o arroz de mariscos (a partir de 22,50€) e a cataplana de polvo com camarão (47,50€/duas pessoas). Todos os dias está ainda disponível uma boa variedade de mariscos frescos, como mexilhões, amêijoas, camarões, percebes e por aí fora, cozinhados de diferentes maneiras. Preparam, por exemplo, camarão frito com cerveja (27,50€) e mexilhão à Bulhão Pato (16,50€).

Publicidade
  • Restaurantes
  • Restaurantes
  • Grande Porto
  • preço 2 de 4

Instalado numa casinha com paredes de pedra com vista para a Praia de Angeiras, este é o restaurante ideal para os fins de tarde dos dias quentes de Verão. O menu da Casa Guripa dá destaque ao melhor que vem do mar, como a paella com tamboril, lulas, gambas e bivalves (38€/duas pessoas) ou o risoto de gambas com espumante e lima (16€). Também merecem a sua atenção os cornetos de sapateira (6€) e as gambas em tempura com molho agridoce (9€), bons para petiscar.

  • Restaurantes
  • Frutos do mar
  • Vila Nova de Gaia

Há duas coisas neste The Blini que o vão deixar de boca aberta e a babar várias vezes ao longo da refeição: a comida do chef Cordeiro e a maravilhosa paisagem sobre o Porto e o rio Douro. Instalado nas margens de Vila Nova de Gaia, apresenta uma cozinha tradicional de autor e serve, entre muitas coisas, parrilhadas de peixes e mariscos (75€/duas pessoas) e doses bem servidas de arroz de peixe malandro com gambas e coentros (18,50€). Tudo a saber muito a Verão, como se quer.

Mais para comer:

  • Restaurantes
  • Restaurantes

Feitos com diferentes tipos de pão e diferentes carnes, às vezes servidos também com fiambre e queijo, ou com ingredientes mais invulgares, os melhores pregos em pão no Porto são um snack ideal a qualquer hora do dia. Para comer ao balcão, à boa maneira portuguesa, ou confortavelmente sentado à mesa, só para enganar a fome ou para devorar depois de uma mariscada digna desse nome, nesta lista tem uma mão cheia de opções para ir pregar a várias freguesias. Dica: peça-o mal passado e acompanhe-o com uma cerveja bem tirada.

Recomendado: Os melhores restaurantes de carne no Porto

  • Restaurantes

Os restaurantes e cafés da Invicta sabem o que fazem quando o assunto são sandes, pregos, francesinhas e tudo o que seja servido em pão. E os míticos cachorrinhos, com salsicha fresca, linguiça e um molho picante q.b., pincelado por cima de uma baguete fininha e estaladiça, não são excepção. Tidos como uma das imagens gastronómicas da cidade, são perfeitos para petiscar a meio da tarde, com uma cerveja a acompanhar, ou para safar uma refeição mais rápida. Nesta lista encontra os melhores cachorrinhos no Porto. Pode ir à confiança, são todos de comer e chorar por mais.

Recomendados: Os melhores bares de cerveja no Porto

 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português

Apetece-lhe um prato farto, cheio de sabor e com ingredientes de alta qualidade? E qual é que preenche todos estes requisitos, qual é? O cozido à portuguesa, obviamente, um dos maiores clássicos da nossa gastronomia. Como encontrar um bom cozido pode ser uma tarefa difícil, nós decidimos dar-lhe uma ajuda, com esta lista de bons sítios para comer cozido à portuguesa no Porto. Todos eles restaurantes bem tradicionais, cada um com a sua versão do prato, onde se vai poder deliciar com uma variedade de carnes, legumes, mas também de enchidos. Dica: vá com apetite e leve companhia.

Recomendados: Os melhores restaurantes de comida tradicional no Porto

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade