Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Cinco exposições em Lisboa a não perder nos próximos meses

Cinco exposições em Lisboa a não perder nos próximos meses

Exposições há muitas, seus... interessados. Mas estas cinco prometem destacar-se ao longo de 2020

Por Francisca Dias Real |
Publicidade
Meet Vincent Van Gogh
©DR Meet Vincent Van Gogh

A agenda de exposições em Lisboa vai de vento em popa. E há cinco, pelo menos, que não pode perder ao longo de 2020, a começar pela primeira mostra individual de Gabriel Abrantes num museu português, passando por uma exposição interactiva dedicada a Vincent Van Gogh ou uma exibição de fotografias de viagens e espaços urbanos do austríaco Andreas Bitesnich, e terminando nos objectos e arte antiga de "Guerreiros e Mártires. A Cristandade e o Islão na formação de Portugal". Tome nota destas exposições em Lisboa que vale a pena ver.

Recomendado: Exposições em Lisboa para visitar este fim-de-semana

Cinco exposições em Lisboa a não perder nos próximos meses

Gabriel Abrantes
©DR
Coisas para fazer, Exposições

Gabriel Abrantes

MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, Belém

Pairam algumas dúvidas sobre a primeira exposição individual do cineasta e artista português Gabriel Abrantes num museu português – ninguém sabe como se vai chamar, nem quando termina. Mas já se conhece o mais importante. Isto é, que inaugura a 17 de Fevereiro no MAAT, tem curadoria de Inês Grosso e vai revisitar diferentes fases da carreira de um dos mais importantes novos artistas portugueses, apresentando um conjunto de filmes num diálogo com pinturas, aguarelas e desenhos feitos ao longo de mais de dez anos pelo autor.

O Mar é a Nossa Terra
©DR
Coisas para fazer, Exposições

Andreas Bitesnich. Lisboa e Outras Metrópoles

Museu Colecção Berardo, Belém

O austríaco Andreas Bitesnich é um dos mais respeitados fotógrafos da actualidade, com para cima de 30 anos de carreira. Depois de uma residência artística em Lisboa em 2019, vai expor no Museu Berardo em Fevereiro. Apesar de ser conhecido pelos seus retratos e nus, a exposição “Lisboa e Outras Metrópoles”, curada por João Miguel Barros, mostra fotografias de viagens e espaços urbanos. O principal núcleo expositivo centra-se na cidade de Lisboa, mas serão exibidas fotos de “outras metrópoles” como Nova Iorque, Tóquio, Paris, Viena e Berlim.

Publicidade
Meet Vincent Van Gogh
©DR
Coisas para fazer

Meet Vincent Van Gogh

Terreiro das Missas, Grande Lisboa

De Amesterdão para Lisboa, depois ter estado em Pequim, Barcelona e Seul: em 2020 será possível visitar uma mostra interactiva dedicada ao pintor Vincent Van Gogh. Haverá projecções, filmes e fotografias ao longo do percurso expositivo, que recria alguns dos principais locais da vida do artista, como o café Le Tambourim, em Paris, o hospital de Saint-Rémy, onde esteve internado, e até o seu famoso quarto, cenário de um dos seus quadros.

Esculturas Infinitas
©Carlos Azevedo
Coisas para fazer, Exposições

Esculturas Infinitas

Fundação Calouste Gulbenkian, São Sebastião

Co-produzida pelo Museu Calouste Gulbenkian e a École Nationale Supérieure des Beaux-Arts de Paris, a exposição “Esculturas Infinitas” pretende questionar a relevância das técnicas da modelagem na arte contemporânea, ao mesmo tempo que celebra as colecções históricas de réplicas em gesso de esculturas conservadas em escolas de arte. Nesse sentido, coloca, ao lado dos acervos históricos, obras de artistas contemporâneos.

Publicidade
Guerreiros e Mártires. A Cristandade e o Islão na formação de Portuga
©DR
Coisas para fazer, Exposições

Guerreiros e Mártires. A Cristandade e o Islão na formação de Portugal

Museu Nacional de Arte Antiga, Estrela/Lapa/Santos

O Museu Nacional de Arte Antiga vai assinalar os 800 anos da morte dos chamados Mártires de Marrocos, um grupo de missionários franciscanos torturados no Norte de África, com uma exposição em 2020. Comissariada por Santiago Macias e Joaquim Oliveira Caetano, reúne peças de ourivesaria, cerâmica, pintura, iluminura e têxteis, entre outros objectos que remetem para este período.

Ano novo, cidade nova

Agenda da Girly Things
©DR
Compras

As melhores agendas para planear o próximo ano

"No próximo ano é que é!" – quantas vezes já ouviu isto quando chega o fim de um ano e se começa a aproximar um outro? As promessas são sempre em grande número, sobretudo no que toca à organização. Promete sempre que é este ano que compra uma agenda para apontar reuniões de trabalho, cafés com amigos, jantares de família, enfim, todos os eventos da vida. Portanto desta vez cumpra essa resolução de ano novo: temos uma lista de agendas, para todos os gostos e carteiras, para começar a planear os eventos a que não vai faltar e tudo o que quer realmente fazer em 2020.

Lenny Kravitz
Fotografia: Nadine Koupaei
Música

Os melhores concertos em Lisboa até ao final do ano

Há sempre música entre nós, como diz a canção. O que, neste caso, quer dizer que há sempre concertos em Lisboa que vale a pena ver e ouvir. O calendário pop-rock está carregado de grandes concertos até ao final do ano, a começar em Madonna, com oito datas logo em Janeiro, e a terminar nos britânicos The 1975, em Outubro. Algumas destas datas já estão esgotadas e os outras para lá caminham, por isso sugerimos que não espere muito mais para comprar os bilhetes para estes espectáculos. Resta-nos esfregar as mãos e bater palmas.

Publicidade
josé avillez
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Os restaurantes que vão abrir em Lisboa nos próximos meses

Todas as semanas há restaurantes a abrir em Lisboa. Bons, diferentes, vegetarianos, vegan, de carnes, de peixe, de cozinha portuguesa (com ou sem twist), italianos, mexicanos... Podíamos continuar aqui a enumerar todas as gastronomias – a realidade é que a cidade está carregadinha de coisas novas todas as semanas (e para o comprovar, basta ler-nos atentamente). Mas há ainda mais mesas a caminho. Fomos conhecer os planos dos chefs e dizemos-lhe onde vai poder encher a barriga nos primeiros meses de 2020. Pelo caminho descobrimos outros projectos, sem dedo de chef conhecido, que também estão para abrir.

Publicidade