As peças de teatro em Lisboa a não perder

Em Lisboa não faltam peças de teatro que valem a pena estar nos planos de qualquer um. Organize a agenda e não perca estas peças de teatro em Lisboa
Baixa Terapia
DR
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Deixe-se de desculpas e vá ao teatro. Em Lisboa, não faltam opções, grande parte delas com preços bem apetecíveis. Até nos meses mais parados, Lisboa tem um cartaz preenchido de peças de teatro para todos os gostos. Originais, clássicos, experimentais, ou daquela estranha categoria chamada transversais. Podemos dizer que há de tudo nesta selecção, em constante actualização. Há companhias históricas, mas também emergentes. Nomes bem conhecidos e outros sobre os quais ainda vai ouvir falar garantidamente. Está à espera de quê para ir ao teatro? Estas são as peças de teatro em Lisboa a não perder.

Recomendado: Seis bares em teatros: quando os copos sobem ao palco

O melhor da agenda cultural de Lisboa

Camerata Alma Mater
©DR
Música

Concertos gratuitos de Jazz & Clássica em Outubro

Outubro, em cujo primeiro dia se comemora o Dia Mundial da Música, é fértil em concertos de entrada livre. Esta trintena de sugestões permite-lhe ouvir música ao vivo durante quase todo o mês sem gastar um cêntimo. O Festival de Sintra, o SeixalJazz e o Festival Sons de Almada Velha contribuem para esta longa lista de possibilidades. Rachmaninov, Bach, Schubert, Mozart, Prokofiev ou Brahms são nomes sonantes na clássica. Mas, para começar pela música dos vizinhos, propomos que ponha um ouvido nas canções populares espanholas. 

mallu magalhães
©Gonçalo F. Santos
Música

Concertos em Lisboa em Outubro

As temperaturas começam a baixar, as folhas começam a cair e os concertos sucedem-se. O  Verão que nos perdoe, mas não há nada como ver concertos em Lisboa no Outono. De preferência dentro de uma boa sala.  Além do OUT.FEST, logo no início do mês, destacam-se os concertos do cantor e compositor indie-folk sueco José González com The String Theory, a brasileira Mallu Magalhães ou os Kodaline, todos no Coliseu dos Recreios. Ainda há Xavier Rudd ou Unknown Mortal Orchestra, ambos na Aula Magna. Ou, entre outros, Anna Calvi, Kurt Vile & The Violators e Fausto Bordalo Dias. 

Publicidade
Tadashi Kawamata
DR
Arte

Cinco exposições em Lisboa a não perder nos próximos meses

A agenda de exposições em Lisboa vai de vento em popa. Há cinco, pelo menos, que não pode mesmo perder. Pode deitar o olho (e meter a mão na consciência) numa exposição sobre alterações climáticas e sobre poluição marítima no MAAT ou aventurar-se a descodificar as várias concepções sobre o amor no Museu Berardo. Também a marca Time Out celebra este ano meio século de vida e isso foi pretexto para uma exposição em pleno Time Out Market que tem suspensas no tecto 50 capas de revistas de várias cidades da família.  Vá, sabemos que o Outono já entrou oficialmente, mas o bom tempo ainda está aí para as romarias de fim-de-semana ou finais de tarde nos museus da cidade. Aponte já na agenda, porque estas são daquelas exposições que não inauguram todos os dias. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com