MEO Sudoeste: seis coisas para fazer enquanto o seu filho dança

Já que teve de levar o filho ao festival MEO Sudoeste, damos seis sugestões para que se divirta tanto quanto ele
praia do alvorião
Fotografia: Arlindo Camacho Praia do Alvorião
Por Ágata Xavier |
Publicidade

Longe vão os tempos em que contava os escudos para ir ver Portishead, PJ Harvey, Sonic Youth, Therapy, Blur, Suede — ou até mesmo Marilyn Manson ou os Rio Grande ao Sudoeste. Em que se enchia de pó de livre vontade, mergulhava num canal que irrigava as plantações da Herdade da Casa Branca, ligava aos pais das poucas cabines telefónicas que estavam à porta do recinto e comia numa das duas roulottes que existiam para alimentar a trupe de gente que rumava a sul. 

Perto estão os tempos em que acompanha o filho ao seu primeiro festival (o MEO Sudoeste, pois claro) e o deixa a dançar enquanto vai à sua vida na Zambujeira do Mar e redondezas. Para que esta não seja monótona, siga as nossas sugestões. 

Recomendado: Cinco concertos a não perder no MEO Sudoeste

MEO Sudoeste: seis coisas para fazer enquanto o seu filho dança

1
Rocamar
Restaurantes, Português

Comer comida caseira e não festivaleira

O Rocamar fica na localidade de Cavaleiro, ao lado do farol do Cabo Sardão, e é um sítio com comida caseira, uma humilde mas fresca montra de peixe e uma ementa onde entram algumas açordas – prove a de bacalhau com grossas fatias de pão e ovo escalfado – e um polvo frito inesquecível. Junta os dois B’s: bom e barato. Peça o polvo frito e depois diga-nos o que achou. 

+ Os melhores restaurantes na Zambujeira do Mar

2
praia do alvorião
Fotografia: Arlindo Camacho

Ir dar um mergulho

Esqueça as praias próximas do recinto, vão estar apinhadas de dúvidas existenciais, expressões tipo “tipo” e alguma acne. Vá até à praia do Alvorião, mais a sul, colada à do Carvalhal, que parece difícil de descer, e é, mas vale cada gota de suor.

Recomendado: As melhores praias na Costa Alentejana

Publicidade
3
Vila Nova de Milfontes
Fotografia: Arlindo Camacho

Ir dar um mergulho ainda mais profundo

Não se fique só por umas braçadas ligeiras, vá mais fundo com a Ecoalga, empresa que promove baptismos de mergulho, mergulho arqueológico, mergulho em apneia, científico ou de lazer, a partir de 30€, entre Sines e Vila Nova de Milfontes.  

4

Use uma app para descobrir Odemira

Para quê ter Odemira apenas debaixo dos pés quando pode segurá-la na palma das mãos graças a uma nova app lançada pelo turismo local? “Descubra Odemira” dá dicas de hotéis, monumentos, curiosidades e de agenda. Importante: funciona em modo offline.

Publicidade
5
São Luís

Ponha-se a andar

Se os gaiatos passam horas aos saltos a comer pó no recinto, porque não pôr-se a caminhar entre pomares e quintas? Sabemos que está calor e que não faz exercício desde 1998, por isso escolhemos um percurso de 3,5 km: o das hortas de São Luís (que pode encontrar em rotavicentina.com).

6
O Barca Tranquitanas
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Empaturrar-se de peixe e marisco

Um dos restaurantes icónicos nos arredores da Zambujeira do Mar, está ali de portas abertas desde os anos 70, altura em que os pescadores vinham do Porto das Barcas e aqui faziam os petiscos. Hoje, infelizmente, o ritual n'A Barca Traquitanas não é o mesmo, mas a cozinha continua a oferecer excelentes pratos de sabor a mar, sejam os simples peixes e mariscos, sejam outras especialidades como o choco à Barca, com amêijoas e batatas. 

Mais Costa Alentejana

Sobreiras
©DR
Hotéis

Os melhores hotéis da Costa Alentejana

Da Comporta à Zambujeira do Mar o que não faltam são motivos para ir e ficar, nem que seja só por uns dias. Turismos rurais, hotéis de charme e até um glamping no meio do nada mas perto de tudo. 

Priaia Vizinha das Furnas
Fotografia: Arlindo Camacho
Viagens

O melhor de Vila Nova de Milfontes

Não se fala do melhor da Costa Alentejana sem mencionar Vila Nova de Milfontes, seja pela praia e pelo rio, como pela gastronomia – e que bem que se come aqui. 

Publicidade
Praia da Samoqueira - Porto Covo
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

O melhor de Porto Covo

Tornou-se tão cliché como inevitável cantarolar a “Porto Covo” de Rui Veloso quando passamos por aqui. É um clássico, tal como é um clássico não falhar uma ida a banhos na Ilha do Pessegueiro ou parar no Zé Inácio para comer um bom peixe grelhado. 

Publicidade