O melhor da Zambujeira do Mar

As melhores praias, os melhores restaurantes, os melhores petiscos e o que fazer na Zambujeira do Mar, que é muito mais do que o festival MEO Sudoeste
Fotografia:Ana Luzia Praia do Tonel
Publicidade

A zona mais a sul da Costa Alentejana foi abençoada por areais paradisíacos. Mas há muito mais do que praias de águas cristalinas, areias soltas e formações rochosas imponentes na Zambujeira do Mar: há restaurantes para petiscar ou para comer até fartar, com peixe fresco e marisco ou uma boa carne, há um festival que todos os anos atrai milhares de pessoas (descubra já os cinco concertos que não pode perder no MEO Sudoeste) e há coisas para fazer entre mergulhos e garfadas: que tal uma partida de futebol no novo campo do Cabo Sardão? 

Recomendado: Os melhores hotéis da Costa Alentejana

1
costa alenteja
Fotografia: Arlindo Camacho
Atracções, Praias

Praia dos Machados

Quase todas as praias secretas da costa alentejana são pequenas e sofrem do mesmo mal: tornam-se diminutas com a maré cheia. A dos Machados não. Tem muita areia para estender a toalha e umas rochas do lado norte onde se formam piscinas naturais. Para lá chegar deixe o carro ao pé da Herdade do Carvalhal da Rocha, à saída da Praia do Carvalhal, siga pelo caminho de terra batida a pé, sempre com o zoo ao lado, até chegar ao mar. São 30 minutos a andar e a descida faz-se ou por uma corda ou por um trilho do lado sul da praia. 

2
Praia da Amália
Fotografia: Arlindo Camacho
Atracções, Praias

Praia da Amália

Deve o nome à fadista mais famosa do mundo, detentora de uma casa mesmo em cima da praia, com acesso directo à areia. É parte desse trilho que percorre quem para ali vai apanhar banhos de sol, num sítio que, apesar de conhecido de todos, continua a só encher na altura do MEO Sudoeste. Caminho? Na estrada do Brejão para a Azenha do Mar, virar à direita assim que encontrar uma grande flor amarela e deixar o carro perto da casa com o muro branco. Seguir pelo trilho da esquerda, entre canaviais, e já está. 

Publicidade
3
Praia do Cavaleiro
Fotografia: Arlindo Camacho
Atracções, Praias

Praia do Cavaleiro

É linda, pequenina e raramente tem muita gente. A última praia antes de chegar ao Cabo Sardão, não é vigiada, mas a mão humana já lhe tocou. Por uma boa causa, note-se. Construiu umas escadas que ajudam à descida. Na estrada que vai para o Cabo Sardão, poucos metros depois das setas a indicar Almograve e Milfontes, virar numa estrada de terra batida à direita e seguir sempre em frente.

4
praia da pedra da bica
Fotografia: Ana Luzia
Atracções, Praias

Praia da Pedra da Bica

Fica entre a Zambujeira do Mar e o Cabo Sardão e é uma grande praia na maré vazia, e uma pequenita amostra na maré cheia. Ainda assim, é das mais selvagens que pode encontrar, porque descer até à areia não é para qualquer um – ou seja, deixe toda a tralha em casa. Na estrada entre a Zambujeira e o Cabo Sardão, parar o carro junto aos primeiros bancos de madeira que aparecem do lado esquerdo, andar em frente e, assim que a praia aparecer à direita, começar a descer com cuidado.

Publicidade
5
Praia do Tonel
Fotografia:Ana Luzia
Atracções, Praias

Praia do Tonel

Por cima do kit banhista, leve roupa desportiva e calçado de trekking. É tudo o que recomendamos para chegar sem arranhões ao areal do Tonel. A dificuldade na descida torna-a imprópria para cardíacos, por isso costuma ter pouca gente. Como chegar? Saindo do Porto das Barcas em direcção a Almograve, virar na estrada que leva à Herdade do Touril e seguir sempre na direcção poente até à ravina.

6
praia do alvorião
Fotografia: Arlindo Camacho
Atracções, Praias

Praia do Alvorião

Antes de descobrirmos omseu nome ofical, já tinha sido amor à primeira vista, uma aproximação feita com cuidado, porque chegar até ela não é pêra doce. Houve até uma desilusão amorosa, quando as águas subiram e foi preciso esperar na rocha que a maré voltasse ao normal. Mas continua a ter um lugar no coração da Time Out. COMO CHEGAR: Na estrada de terra batida que vai da Zambujeira ao Carvalhal, antes de começar a descer, entrar para uma zona que tem uma casa (Quinta da Altavista do Carvalhal) e estacionar.A descida faz-se num caminho na encosta esquerda.

Publicidade
7
Praia dos Alteirinhos
DR
Atracções, Praias

Praia dos Alteirinhos

Em dias de vento, e caso não se queira aventurar por uma das praias secretas do litoral alentejano, o melhor é escolher a Praia dos Alteirinhos, do lado sul da Praia da Zambujeira do Mar. Tem uma escadaria até à areia, e muito areal para percorrer. Se está com miúdos atrás, lembre-os de levar o camaroeiro e as sandálias para brincarem nas rochas.

8
o sacas
Fotografia: Ana Luzia
Restaurantes, Português

Restaurante O Sacas

Paga-se a vista, para o Porto das Barcas, paga-se a qualidade da comida e pagam-se os anos e anos a servir bem. Mas vá descansado que tudo o que aterrar na mesa vai ser bom. Seja a feijoada de búzios, o fricassé de raia (por encomenda) ou a extensa lista de peixes grelhados. Enche sempre ao jantar, por isso a marcação é aconselhada. 

Publicidade
9
O Vicentino
Arlindo Camacho
Restaurantes, Português

O Vicentino

Abriu há dois anos, com uma ementa dita moderna, a marcar a diferença em relação ao que se faz na zona. O negócio correu bem e este ano mudou-se mesmo para o centro da aldeia, num espaço muito maior, decorado com gosto, mas com uma ementa semelhante à que havia no antigo Vicentino. Há hambúrgueres, petiscos de mar, secretos, um bife de carne maturada, tataki de atum, entre outros pratos que trazem algumas influências do mundo. “São coisas que fazemos em casa, receitas que temos e vamos usando”, conta Rodrigo, um dos sócios. Por isso tanto há um falafel como um ceviche.

10
TI vitoria
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Português

Ti Vitória

O centro da Zambujeira foi todo recuperado, o inglês vê e gosta, mas a alma de alguns restaurantes não se perdeu. Caso do Ti Vitória, onde o peixe é escolhido na vitrine à chegada e salta dali para a grelha. Sem truques, sem malabarismos, só com gente entendida a meter as mãos na matéria-prima. Também há feijoadas de moluscos e outros pitéus que tais.

Publicidade
11
O Barca Tranquitanas
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

A Barca Tranquitanas

Um dos restaurantes icónicos nos arredores da Zambujeira do Mar, está ali de portas abertas desde os anos 70, altura em que os pescadores vinham do Porto das Barcas e aqui faziam os petiscos. Hoje, infelizmente, o ritual não é o mesmo, mas a cozinha continua a oferecer excelentes pratos de sabor a mar, sejam os simples peixes e mariscos, sejam outras especialidades como o choco à Barca, com amêijoas e batatas. 

12
tasca do bernardo
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Português

Tasca do Bernardo

É um daqueles refúgios bons para dias de frio na costa alentejana, com uma ementa onde imperam as carnes feitas na grelha e servidas com molhos variados. Seja um naco de carne argentina com pimenta verde, seja uma tradicional grelhada mista de porco preto nacional. Peixes também os há, em massadas de cherne ou sopas de cação. 

Publicidade
13
miramar
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Português

Miramar

Na minúscula localidade do Brejão encontra-se esta tasquinha que só trabalha com pescadores da zona. Aqui não há aquário, por isso o que o mar dá é o que se vende – a preços bem em conta. No dia que a Time Out lá passou havia amêijoas à Bulhão Pato, linguados, sargos, salmonetes e sardinhas. No dia antes houve percebes e navalheiras. Carnívoros não desesperem que também há grelhadas mistas, bifinhos de vitela e bitoques de porco. E esta sobremesa de natas e bolacha. 

14
Rocamar
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes

Rocamar

Fica na localidade de Cavaleiro, ao lado do farol do Cabo Sardão, e é um sítio com comida caseira, uma humilde mas fresca montra de peixe e uma ementa onde entram algumas açordas – prove a de bacalhau com grossas fatias de pão e ovo escalfado – e um polvo frito inesquecível. Uma boa dica para comer muito e pagar pouco. 

Publicidade
15
I Cervejaria
DR
Restaurantes, Português

I Cervejaria

É um dos sítios mais recomendáveis do centro da Zambujeira do Mar para uma mariscada à base de produtos frescos como as bruxas, as gambas, o berbigão, as santolas, por aí fora. Dê uma vista de olhos à montra antes de se sentar à mesa, faça as suas escolhas e depois é só esperar que a cozinha trabalhe nas cozeduras e molhos. 

16
Praia do Carvalhal
DR
Restaurantes

Carvalhal Beach Nature

Bem sabemos que a maioria das pessoas escolhe a costa alentejana pelas suas praias ainda selvagens. Mas também há quem goste de praias com todos os apoios e mais alguns. A do Carvalhal tem dois bares até, um mesmo na areia, com cocktails, cervejas e bolas de Berlim, outro cá em cima, com tostas, pregos, cachorros e boas caipirinhas. 

Publicidade
17
Porto das Barcas
Fotografia: Arlindo Camacho
Restaurantes, Português

Porto das Barcas

Apesar de ficar longe do centro, tornou-se num local de romaria obrigatório para quem gosta de comer bem e com algum toque de modernidade. Ou seja, a par dos peixes e mariscos frescos, aqui já se provam ceviches de peixe fresco, torradas de sardinha, um surf and turf de carne com camarão, entre outros petiscos. Há duas semanas inaugurou uma esplanada que abre das 12.00 às 21.00, onde se servem caipifrutas e sumos naturais, se comem tábuas de queijos e um hambúrguer dos bons e que, em breve, terá sunsets com DJs.

18
Coisas para fazer, Mercados e feiras

Mercado da Zambujeira do Mar

Recomenda-se a visita à banca do senhor Alfredo Riscado – chama-se Sabores Alentejanos – para quem quer encher a despensa de autênticos produtos do Alentejo. Há enchidos, queijos, azeite, bolinhos secos, um bom pão de Pereiras e, last but not least, leitão assado.

Publicidade
19

Campo de Futebol Cabo Sardão

Inovação de 2018: o campo de futebol do Cabo Sardão, onde joga a equipa local, do Cavaleiro, ganhou umas redes altas atrás da baliza. Quer isto dizer que pode disparar à vontade que a bola não vai parar ao mar.

Mais Costa Alentejana

Praia da Vigia - Melides
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

O melhor de Melides

A pouco mais de uma hora de Lisboa, Melides oferece-nos o que de melhor podemos ter na Costa Alentejana: boa praia e bom petisco. Mas não tenha medo, há mais para descobrir nesta aldeia, mesmo que o sol não queira aparecer. 

Praia da Samoqueira - Porto Covo
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

O melhor de Porto Covo

Tornou-se tão cliché como inevitável cantarolar a “Porto Covo” de Rui Veloso quando passamos por aqui. É um clássico, tal como é um clássico não falhar uma ida a banhos na Ilha do Pessegueiro ou parar no Zé Inácio para comer um bom peixe grelhado. 

Publicidade
Priaia Vizinha das Furnas
Fotografia: Arlindo Camacho
Viagens

O melhor de Vila Nova de Milfontes

Não se fala do melhor da Costa Alentejana sem mencionar Vila Nova de Milfontes, seja pela praia e pelo rio, como pela gastronomia – e que bem que se come aqui. A verdade é que não faltam coisas para fazer em Vila Nova de Milfontes, mesmo que o sol teime em não aparecer. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com