A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Miradouro Panorâmico do Monsanto
©Francisco Santos

Veja as vistas nestes miradouros em Monsanto

Partimos à descoberta de Monsanto e descobrimos que a melhor vista para Lisboa está lá em cima.

Escrito por
Luís Leal Miranda
e
Francisca Dias Real
Publicidade

Monsanto é, sem discussão possível, o pulmão da cidade. Mas podemos vê-lo também como o pulmão extra que ajuda a respirar os lisboetas em todas as idades. Arena de piqueniques, megapavilhão polidesportivo sem tecto, destino de eleição para apreciadores de baloiços e escorregas. E é nestes 1000 hectares de natureza que se escondem, como quem diz, miradouros com algumas das melhores vistas em Lisboa. Do novíssimo Panorâmico de Monsanto (na verdade com quase meio século), ao meio escondido miradouro Keil do Amaral, vale a pena descobrir as vistas sobre Lisboa sem sair do pulmão verde da cidade.  

Recomendado: Celebre a Primavera com um pé em casa e outro na rua

Miradouros em Monsanto

  • Atracções
  • Torres e miradouros
  • Benfica/Monsanto

Este miradouro de Lisboa tem quase meio século. Foi restaurante de luxo, bingo, discoteca, edifício de escritórios e armazém. Este ovni desenhado pelo arquitecto Chaves da Costa ganha uma nova vida – uma vida bem mais pacata: faz de miradouro, aquela que
 foi sempre a sua vocação secundária. A vista de 360 graus para toda a cidade e a localização privilegiada, no Alto da Serafina, fazem deste prédio devoluto o melhor sítio para ver as vistas em Monsanto. Para quê mentir? É a melhor vista de toda a cidade. Abandonado desde 2001, o Panorâmico recebia apenas a visita esporádica de exploradores urbanos, turistas, curiosos ou pessoas munidas com latas de tinta para fazer aquilo que as pessoas munidas com latas de tinta fazem. Tem sido palco do Festival Iminente 
que tem intervencionado o espaço com arte urbana, que está bem de saúde para aqueles lados.

  • Atracções
  • Torres e miradouros
  • Alcântara

Fica semiescondido entre a floresta, na colina do auditório com o mesmo nome, e tem vista para a ponte e o rio. Actualmente está decorado com graffitis de um tal Partido das Lésbicas Portuguesas, grupo que não parece ter como prioridade a limpeza das paredes de Lisboa.

Publicidade
  • Atracções
  • Torres e miradouros
  • Sete Rios/Praça de Espanha

Tem a vista certa para a parte errada de Lisboa – o lado Nordeste de Monsanto. Fica no Parque Recreativo do Calhau, perto das ruínas de um moinho e dali vê-se bem se há ou não muito trânsito no Eixo Norte-Sul. É conhecido por todos como Miradouro do Calhau, mas não é o sítio certo para avistamentos de grandes cenários verdes. Daqui avista-se mais o betão da cidade que outra coisa, mas vale a visita pela caminhada que tem de fazer para chegar até lá. 

  • Coisas para fazer
  • Ajuda

Antes foi casa de chá, projectada por Francisco Keil do Amaral, mas agora deu lugar a um espaço para eventos, sem nunca terem desaparecido os famosos jardins e miradouros dos Montes Claros. O passar do tempo fez com que muita da vegetação acabasse por tirar algumas das vistas daquele miradouro, devido à altura das árvores, mas que, ainda assim, vale a pena pelo envolvente quase idílico daquele espaço.

Publicidade
  • Atracções
  • Parques e jardins
  • Benfica/Monsanto

Na ponta mais isolada (e sossegada) do Parque da Serafina está um miradouro, protegido até com um telheiro, com um telescópio apontado para Lisboa: 0,50€ dá-lhe para 2 minutos de contemplação. Se não quiser tocar em instrumentos, pode usar as suas capacidades visuais para apreciar as vistas nesta clareira num plano mais elevado. A este observa-se a zona de Benfica e a sul, lá ao longe, vê-se a Ponte 25 de Abril arqueada sobre o Rio Tejo. 

  • Coisas para fazer
  • Alcântara

Este está bem escondido entre arvoredos, mas fica mesmo junto à falésia do Parque de Merendas da Escarpa, onde há mesas para piquenicar e ver as vistas enquando come, que dão para o bairro de Campolide. 

Dê nas vistas

  • Atracções
  • Atracções turísticas

Não é exagero se dissermos que Lisboa é uma das cidades europeias com mais miradouros. Todos com vistas espectaculares sobre os telhados da cidade, os monumentos mais imponentes, o Tejo, a Ponte 25 de Abril ou a outra margem. E sem ter de pagar por isso (excepto no Castelo de São Jorge, caso não resida no concelho de Lisboa). Posto isto, só tem de escolher um dos melhores miradouros em Lisboa e se a decisão se revelar difícil, a maioria não vai a lado nenhum e espera por si num dia de sol (ou de chuva).

  • Coisas para fazer

São pouco mais de meia dúzia de sítios onde o pôr-do-sol não desilude e onde não vai encontrar grandes multidões. Aliás, são sítios onde poderá fazer “aquela” foto do pôr-do-sol que é um sucesso garantido nas redes. Seja num terraço com vista para Lisboa, seja à beira rio ou rio adentro, o que importa é não perder o fenómeno. Ora imagine o seguinte: a luz de Lisboa, o Tejo e um cocktail na mão. Junte a isto um grupo de amigos e tem tudo o que precisa para aproveitar o fim do dia. 

Publicidade
  • Atracções
  • Atracções turísticas

Fomos de departamento em departamento da Time Out Lisboa perceber quais os edifícios que, pela sua beleza, conquistam mais adeptos. O resultado final está aqui: varremos Lisboa de uma ponta à outra (que é como quem diz do Parque das Nações a Belém) e ainda damos um saltinho a Cascais (dois, na verdade). O Mosteiro dos Jerónimos é uma escolha óbvia; a partir daí, começa o debate do gosto.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade