Paragens obrigatórias em Belém

Além dos óbvios museus e restaurantes, há outras paragens obrigatórias em Belém que não pode perder

Fotografia: Ana Luzia

Um passeio por Belém implica uma passagem pelos melhores museus e restaurantes. Deverá ainda tirar uma selfie com um batalhão de turistas como pano de fundo e paragem em alguns pontos de referência, como se andasse a descobrir a cidade pela primeira vez. 

Paragens obrigatórias em Belém

Nannarella

A Nanarella ganhou outro poiso no Verão passado em Belém. Além dos clássicos de morango ou chocolate, a gelataria da romana Costanza Ventura, tem outros bons sabores, como o gelado de avelã, o de pistácio de Bronte DOP, que vem da Sicília, e o de amêndoa DOP importada de Piemonte. Nos preços, um cone – também de uma marca italiana, a Coni – ou um copo custa 2€ (pequeno), 3€ (médio) ou 3,50€ (grande), com os sabores que quiser. Uma caixa de quilo custa 16€ e de meio quilo custa 9,50€. Pode ainda pedir para lhe fazerem um bolo de gelado. Sim, leu bem. Original e troppo buono.

Ler mais
Belém
Publicidade

Pastéis de Belém

Não podíamos fugir a este clássico. Se não houver fila à porta, é possível que esteja a cair o Carmo e a Trindade. A pastelaria é ponto de paragem mais do que obrigatório para turistas mas as bonitas salas interiores, cobertas de azulejos azuis e brancos, tendem a estar cheias também de lisboetas. Há motivo para o histerismo e adoração, mas a história destes pastéis de Belém é antiga. O seu fabrico começou em 1834, quando o Mosteiro dos Jerónimos pôs à venda uns pastéis doces. Tiveram sucesso e três anos depois começou o fabrico dos Pastéis de Belém como são hoje conhecidos – a receita secreta mantém-se inalterada.  

+ 20 coisas que os turistas fazem e todos os lisboetas devem experimentar

Ler mais
Belém

Jardim Botânico Tropical

O Jardim Botânico Tropical (JBT) está situado na zona monumental de Lisboa, em Belém, junto ao Mosteiro dos Jerónimos. Ocupa uma área de cerca de sete hectares, integrando um Jardim Botânico com cerca de cinco hectares, que inclui uma estufa com aquecimento, e outros abrigos de vários tipos.

Ler mais
Belém
Publicidade

Pastelaria Restelo - “O Careca”

O desvio de Belém é mínimo, mas é inevitável que o faça. Os croissants de massa folhada do Careca vêm quentes e polvilhados de açúcar cristalizado. A receita é mantida em segredo há mais de 30 anos e a fama traz até ali visitantes, além de gente do bairro, que usa o espaço para reuniões e ponto de encontro. Não desdenhe também os palmiers, muito finos e estaladiços. 

Ler mais
Belém

Mais em Belém

Os melhores restaurantes em Belém

Esta lista dos melhores restaurantes de Belém começa numa estrela Michelin e muita atenção ao produto e acaba numa tasca com a estrela benfiquista nas paredes e muito foco na dobrada. Recomendado: 10 museus a não perder em Belém e arredores

Ler mais
Por Catarina Moura

Andar às voltas por Belém Monumental

Eis que arrancou nova experiência feita à medida dos turistas para a zona de Belém. O objectivo é melhorar a experiência de quem visita uma das zonas mais amplas da cidade, onde tudo o que parece perto... não é. 

Ler mais
Por Renata Lima Lobo
Publicidade

Comentários

0 comments