Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Proteja os outros: as iniciativas que dão uma máscara a todos
Luís Onófre, Mascaras não cirurgícas, Covid-19
©DR Mascaras não cirurgícas

Proteja os outros: as iniciativas que dão uma máscara a todos

No regresso à normalidade, várias autarquias e municípios começaram a distribuir equipamentos de protecção aos seus habitantes.

Por Sebastião Almeida e Raquel Dias da Silva
Publicidade

A pandemia aparenta estar sob controlo em Portugal, apesar da evolução da situação na região de Lisboa e Vale do Tejo, e a actividade económica está a retomar gradualmente, à medida que se experiencia um lento regresso à normalidade possível. É por isso necessário ter em conta que, mais do que nunca, a responsabilidade social será uma das maiores armas no combate à propagação da Covid-19. Além da utilização de máscara nos transportes públicos ser obrigatória, assim como no interior de vários estabelecimentos, como supermercados e farmácias, a Direcção-Geral de Saúde recomenda a utilização de máscaras sociais em locais com grandes aglomerados. A ajudar à consciencialização, algumas autarquias, de Norte a Sul do país, têm distribuído máscaras à população. Saiba como e onde.

* Em actualização 

Recomendado: NudeMask: a nova marca de máscaras para todos os tons de pele

Distribuição de máscaras

1. Lisboa

Ajuda

A Junta de Freguesia promoveu a confecção de máscaras de protecção, que foram distribuídas no mercado em Abril, após pequenas acções de formação relativas ao seu uso e manutenção.

Alvalade

A Junta de Freguesia avançou no início de Maio com a criação de um Banco de Equipamentos de Protecção para dar resposta e apoio às entidades locais que actuam na área da acção social. Num investimento total de 30 mil euros, adquiriram-se máscaras, luvas, viseiras e álcool-gel. Parte deste material tem vindo a ser distribuído aos fregueses maiores de 65 anos, identificados pelo Programa Radar da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa ou referenciados pela Junta, que também adquiriu máscaras reutilizáveis portuguesas para distribuir pelos comerciantes locais.

Areeiro

Desde 18 de Maio que a Junta de Freguesia de Arroios está a oferecer kits com dez máscaras cirúrgicas a todos os fregueses. Os levantamentos devem ser feitos na sede (Rua João Villaret, 9) ou na delegação (Rua Abade Faria, 37). Caso tenha mobilidade reduzida, pode solicitar entrega através do 910 011 092.

Arroios

Os fregueses de Arroios podem levantar as suas máscaras gratuitamente na sede da Junta de Freguesia, nos polos dos Anjos e de São Jorge de Arroios e nos mercados de Arroios e 31 de Janeiro. Mas devem fazer-se acompanhar de cartão de cidadão e indicar nome e morada.

Beato

A Junta de Freguesia está a oferecer uma máscara reutilizável por recenseado. A entrega, mediante apresentação do Cartão de Cidadão ou outro documento de identificação civil válido, é feita na sede da Junta ou no polo de atendimento da Picheleira. Mas deverá agendar previamente por telefone (218 681 107 / 218 491 389) ou e-mail (geral@jf-beato.pt)

Carnide

A Junta de Freguesia anunciou em Maio, no Facebook, a distribuição de mais de 15 mil máscaras têxteis, reutilizáveis e laváveis pelas caixas de correio dos fregueses.

Estrela

A Junta de Freguesia da Estrela começou a distribuir kits com oito máscaras cirúrgicas em Maio, mas apenas aos fregueses que o solicitaram. Caso ainda não tenha pedido a sua, pode fazê-lo através da plataforma KitCovid19. A entrega é gratuita, mas só é possível fazer um pedido por morada.

Lumiar

O acesso gratuito a máscaras de protecção individual foi anunciado pela Junta de Freguesia em Maio, no Facebook. Para pedir a sua e marcar a entrega, nos espaços da freguesia ou ao domicílio, deverá telefonar (217 541 350) ou enviar e-mail (quietinhoemcasa@jf-lumiar.pt). Deverá indicar nome, data de nascimento, número do Cartão de Cidadão e morada.

Marvila

A Junta de Freguesia está a oferecer máscaras gratuitas aos seus fregueses desde Maio. O anúncio foi feito no Facebook e para levantar a sua só tem ir à sede (Avenida Paulo VI, 60) e apresentar o Cartão de Cidadão. Caso queira levantar uma máscara para outro elemento do seu agregado familiar, deverá também apresentar o respectivo documento de identificação. Se tem mais de 65 anos, uma doença crónica ou mobilidade reduzida, deverá telefonar para 218 310 350 entre segunda e sexta-feira, entre as 08.30 e as 13.00.

Misericórdia

Numa parceria com as séniores do Projecto Envelhecimento Activo e Saudável e por jovens costureiras do Projecto Offsina, a Junta de Freguesia tem distribuído máscaras sociais artesanais e embalagens de álcool-gel pelas famílias em situação de carência económica e idosos vulneráveis ou situação de isolamento. Recentemente, foi também lançada uma campanha de produção e doação de máscaras.

Penha de França

A Junta de Freguesia está a distribuir máscaras comunitárias reutilizáveis certificadas por cada elemento do agregado familiar com idade igual ou superior a dez anos. Os pedidos devem ser feitos por e-mail (cuidar@jf-penhafranca.pt) ou telefone (800 209 171), com indicação de número de elementos do agregado e nome, número do Cartão de Cidadão, contacto e morada de residência. As máscaras são entregues ao domicílio pela junta.

Santo António

A Junta de Freguesia está a distribuir porta a porta, desde o início de Junho, o kit da Sebenta da Quarentena com máscaras comunitárias reutilizáveis. As máscaras são distribuídas consoante o número de elementos do agregado familiar.

Santa Maria Maior

Na freguesia de Santa Maria Maior, estão a ser distribuídas máscaras de protecção individual aos moradores de Alfama, Baixa, Castelo, Chiado, Mouraria e Sé desde 27 de Abril. Estes equipamentos, segundo a autarquia, são “impermeáveis e transpiráveis, com barreira microbiana e certificado para 75 lavagens”, com certificação do Infarmed. As máscaras devem ser solicitadas por e-mail (mascaras@jfsantamariamaior.pt) ou telefone (218 802 000). Os agregados familiares, recenseados na freguesia, têm direito a uma máscara por elemento.

São Domingos de Benfica

A freguesia de São Domingos iniciou primeiro a distribuição de equipamentos individuais de protecção nas instituições de solidariedade social da autarquia e depois a distribuição de 30 mil máscaras comunitárias, em conjuntos de duas, pelas caixas de correio dos residentes.

2. Almada

No âmbito do Plano Almada Solidária, a Câmara Municipal de Almada iniciou, em Maio, a distribuição de duas máscaras reutilizáveis nas caixas de correio dos bairros de habitação social e de famílias vulneráveis, identificadas pela autarquia. Mas o objectivo é chegar a toda a população.

Publicidade

3. Sintra

Depois de se ter comprometido com a distribuição de um milhão de máscaras pelas caixas de correio do concelho, a Câmara Municipal de Sintra está a distribuir mais de 250 mil máscaras nos três postos móveis de atendimento de apoio à população para fazer face à pandemia. Estas unidades, em funcionamento junto às estações de comboio da CP, distribuem, gratuitamente, material de protecção e informação para a prevenção e diminuição do risco de contágio da Covid-19.

4. Cascais

No âmbito do programa de máscaras acessíveis, a autarquia já disponibilizou 850 mil máscaras de protecção individual a instituições de solidariedade social e a outras entidades de reconhecido mérito no concelho, que as estão a disponibilizar aos cidadãos a valores muito inferiores aos que são actualmente praticados no mercado. Desde Maio que é possível adquirir em vários locais de venda, nas quatro freguesias do concelho, um pacote de quatro máscaras por apenas 1€. O limite definido é de um pacote por dia/pessoa e os munícipes deverão apresentar um comprovativo de morada e o número fiscal no momento da compra. Mas há também dispensadores automáticos em vários locais do concelho (pode consultar a lista completa aqui). Basta colocar a moeda no dispensador e o pacote é-lhe entregue instantaneamente, tal e qual como aquelas máquinas de bolas com brindes para crianças.

Publicidade

5. Mafra

Foi em Abril que a Câmara Municipal de Mafra começou a distribuir gratuitamente 500 mil máscaras pelos profissionais do concelho que estão na linha da frente e pela população, efectuando a entrega de conjuntos de oito máscaras cirúrgicas por cada habitação, através das caixas de correio. No âmbito do programa municipal de apoio extraordinário às famílias, instituições e empresas do concelho, a autarquia também forneceu um kit de sensibilização (máscaras cirúrgicas, máscaras sociais, viseiras e álcool-gel) aos estabelecimentos comerciais e ao alojamento turístico.

6. Gaia

No município vizinho do Porto, a Câmara Municipal deu início, a 11 de Maio, à distribuição à população de um total de 320 mil máscaras reutlizáveis. Devidamente certificado, o material de protecção foi entregue em conjuntos de dois, num total de 160 mil kits. A autarquia adquiriu ainda 100 mil máscaras extra para eventuais ajustes na distribuição – os agregados familiares com mais de duas pessoas, por exemplo, poderão dirigir-se à respectiva junta de freguesia para adquirir os materiais de protecção para os restantes elementos.

Publicidade

7. Matosinhos

Em Maio, a autarquia de Matosinhos começou a distribuir pela população cerca de 200 mil máscaras laváveis e reutilizáveis, sendo que cada agregado familiar receberá três exemplares. Entregues por voluntários do concelho, as máscaras são compostas por dois tecidos, um com tratamento bactericida e fungicida e outro com tratamento impermeabilizante. Entretanto a câmara pediu ajuda à cidade chinesa de Xiamen, com quem está desenvolver um processo de geminação, e estão já a ser distribuídas 50 mil máscaras cirúrgicas pelas instituições de solidariedade social.

8. Valongo

A Câmara de Valongo comprometeu-se com a distribuição de 100 mil máscaras reutilizáveis, com o objectivo de pedir a toda a população que se proteja e proteja os outros, colocando sempre e em qualquer espaço público uma máscara comunitária. A distribuição está a ser feita em conjuntos de três máscaras através da caixa de correio das cinco freguesias do concelho: Alfena, Campo, Ermesinde, Sobrado e Valongo. Se for necessário, serão feitos ajustamentos à quantidade.

Publicidade

9. Penafiel

O município de Penafiel está a entregar aos cidadãos do concelho um kit de protecção composto por três máscaras comunitárias. A iniciativa pretende ajudar a recuperar empresas que já estavam encerradas. A autarquia recorreu a empresas têxteis do concelho que se encontravam em lay-off ou em profunda crise, devido à forte quebra de encomendas provocada pelo impacto económico do novo coronavírus.

10. Batalha

A autarquia distribuiu perto de 40 mil máscaras, 50 mil luvas e cerca de 900 viseiras para as famílias e os profissionais que se enquadram nos grupos de risco. Nesta primeira fase, a iniciativa alcançou, no total, oito mil habitantes, cerca de metade da população do concelho. Fortemente mobilizada para combater a pandemia da Covid-19, em colaboração com as diversas entidades que actuam no território, a Câmara Municipal de Batalha criou ainda a plataforma “BatalhaONLife”, que proporciona a todos os munícipes a realização de pedidos de apoio e de inscrição na Bolsa de Voluntariado.

Publicidade

11. Oleiros

A Câmara de Oleiros, no distrito de Castelo Branco, ofereceu cerca de três dezenas de máscaras sociais transparentes a pessoas com problemas auditivos e familiares directos, bem como a alguns profissionais que dependem destes equipamentos para optimizar o seu desempenho.“Estas máscaras comunitárias reutilizáveis, autenticadas e produzidas em Portugal permitem uma fácil leitura labial, agilizando a comunicação com pessoas surdas ou com problemas auditivos”, explica, em comunicado, o município de Oleiros.

12. Portimão

O município algarvio comprometeu-se com a distribuição de 250 mil máscaras à população. Entre as medidas municipais implementadas, lê-se no site que todas as habitações que têm consumo de água registado nos meses do Inverno passado receberam, na caixa de correio, um kit de residente composto por seis máscaras e um folheto informativo. Mas caso não tenha recebido pode, com o seu número de cliente EMARP à mão, contactar a Linha de Protecção Civil (808 282 112). No caso dos cidadãos que não possuam contador de água em casa, nomeadamente nas zonas rurais, o kit foi distribuído pelas juntas de freguesia. Caso viva numa zona rural e não lhe tenha sido entregue o kit deve contactar a Junta de Freguesia da sua área de residência.

Onde comprar máscaras

coronavírus
Fotografia: Manuel Manso

Onde comprar máscaras sociais? Estas marcas entregam em casa

Coisas para fazer

A má utilização de máscaras é um factor de risco na propagação do novo coronavírus. Mesmo quando instaladas na face com todo o preceito continuam a dar uma falsa sensação de segurança. Falamos das máscaras cirúrgicas, que servem o propósito de não contaminarmos quem nos rodeia, mas é importante seguirmos todos os procedimentos, como manda a lei e o bom senso. Isto significa que a utilização das máscaras só fará efeito se todos as usarmos. Arranje já a sua.

Zippy
© Zippy

Onde comprar máscaras certificadas para crianças

Miúdos

As máscaras das crianças devem ser mais pequenas do que as dos adultos, para se ajustarem correctamente ao rosto. Devem ser usadas sempre que saem de casa para espaços onde terão interacção com outras pessoas. Nesta lista vai encontrar máscaras reutilizáveis de várias cores e padrões, em tamanho ajustado para crianças e aprovadas pelo CITEVE, uma das entidades que garante o cumprimento das normas das máscaras comunitárias em Portugal. 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade